Versão 3.0 - Time Break

Olhe na seção "Resumo de Tramas" para ficar por dentro de tudo o que acontece na Soul Society ou no Japão!
Corram Todos!




Versão 3.0 - Time Break


 
Portal BleachInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 O vazio da escuridão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Lorde da Lua Negra
Arrancar
Arrancar
avatar

Mensagens : 13
Data de inscrição : 19/03/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
250/250  (250/250)
Exp: Exp::
600/1000  (600/1000)

MensagemAssunto: O vazio da escuridão   Qua 28 Mar - 19:44

CAPITULO I - O Conselho dos Lordes

Havia pouco tempo que Lorde da Lua Negra havia perdido sua máscara e se tornando um arrankar, tendo ainda algumas estranhesas em relação a seu próprio corpo, mas principalmente em sua mente. Os quatro em seu interior, por mais que houvessem momentos que agissem em acordo, por vezes discutiam entre si, tentando um roubar o lugar do outro, mostrando que não apenas no Hueco Mundo o mais forte reinaria sobre os outros, mas que aquilo era uma questão da natureza hollow.

Embora em seus aposentos a escuridão reinasse, o local onde Lorde rotineiramente se encontrava era justamente no centro do grande salão vazio, abaixo da luz da Lua, meditando, tentando por uma ordem em seu caos interior. Aquele misero pedaço iluminado do chão era justamente o local de onde ele podia melhor contemplar o fruto de seu poder, pois quando esta imerso nele, não faz diferença, é apenas um vazio abissal. Daquele lugar, Lorde tornou-se capaz de visualizar em meio a escuridão cada um dos quatro dentro de si, a sua volta, falando separamente o que pensam...

-E vocês por acaso concordam em deixar aquele maldito verme do sétimo falar o que pensa bem na nossa cara !? Dizia um grande lobo negro, exaltando sua irritação, se aproximando da luz.

- Já lhe explicamos isso... Não se trata de deixar, se trata de respeitar o local... Respondia uma caveira coberta por um manto negro se aproximando.

- Se trata de saber a melhor hora de agir e pega-lo desprevenido e indefeso... Um humano de vestes negras continuou o que dizia a caveira, saindo das sombras para perto da luz.

- Se trata de ser algo exemplar, para que nenhum outro ouse nos subestimar novamente. E quem terminou foi o homem com a grande espada e cabelos alaranjados, caminhando até proximo do centro.

- BESTEIRA !!! Respondeu o grande lobo negro, rosnando para os outros. - Nós podiamos ter acabado com ele num piscar de olhos !!!

- Sim, nós podiamos...

- Mas a que custo ?

- Dê tempo ao tempo... Somos novos aqui...

- Não sabemos que tipos de acordos cada um esconde...

- Um pode estar protegendo o outro...

O grande lobo permaneceu em silêncio assim como todos os outros, infelizmente tendo que concordar, por mais que sua fúria e sede de sangue estivessem falando mais alto. Aqueles Espadas deveriam ser encarados como viboras, onde a qualquer instante acordos poderiam ser desfeitos e traições armadas para pegar qualquer um desprevinido, inclusive ele próprio. Poderia lidar com a situação sozinho, mas teria momentos que precisaria de alguem, um subordinado, que fosse capaz de agir onde ele não tivesse alcance, alguem que fosse completamente descartavel. Naquela reunião, havia escutado que os "espadas" podiam ter diretamente sobre seu controle alguns arrancares mais fracos, chamados de "fractions".

- E o que vocês acham a respeito dos fractions?

- Peões descartáveis...

- Potenciais aliados no futuro...

- Mas será algum deles digno de seguir-nos?

- Concordo... Não devemos ter que arrastar alguém e defende-lo...

- Concordo. Ele deverá ser capaz de nos obedecer sem questionamentos...

- Concordo. Ele deverá ser capaz de mostrar qualidades que sejam de nosso interesse...

- Concordo. Ele deve ser digno de ter-nos como seu senhor, carregando consigo nosso nome.

Ao final, novamente suas vozes eram uma só, todos haviam chegado a um acordo a respeito de como começar a agir. Buscar uma vingança desenfreada seria algo que traria consequências para ele, justamente ele que havia acabado de chegar. Não, ele precisava de tempo para agir. Precisava encontrar uma forma de atingir seus objetivos sem se expor. Precisava encontrar algum subordinado, não apenas um, mas como um Lorde, desejava algo além, um verdadeiro exército a sua disposição.

Em meio a escuridão, da mesma forma como surgiram, os quatro desapareceram deixando Lorde da Lua Negra novamente sozinho naquela área iluminada. Tinha em mente agora que deveria procurar por seguidores, mas por onde começar e que tipos de habilidades ele próprio buscava eram coisas que não dependiam dele, precisaria se esforçar em busca-los, encontrar aqueles que, da mesma forma como em seu interior reinavam quatro diferentes aspectos, quatro deveriam ser seus subordinados imediatos e lideres de seu futuro exército. Decidido e com passos firmes começou a caminhar para a porta, iria começar sua busca, ou como Lorde preferiria dizer, sua caçada...


------------------------------------------------------------------------------------------
FALAS:

Lorde da Lua Cheia - O guerreiro

Lorde da Lua Crescente - O Feiticeiro

Lorde da Lua Nova - O assassino

Lorde da Lua Minguante - O Espadachim
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lorde da Lua Negra
Arrancar
Arrancar
avatar

Mensagens : 13
Data de inscrição : 19/03/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
250/250  (250/250)
Exp: Exp::
600/1000  (600/1000)

MensagemAssunto: Re: O vazio da escuridão   Qui 29 Mar - 0:59

CAPITULO II - A descrença

Após vagar por horas nas areias do deserto do Hueco Mundo,
Lorde da Lua Negra encontrou uma vila de hollows próxima a um rochedo,
sentindo a presença deles, mas nenhum ousou sair, pareciam estar todos
apavorados com sua presença.

Aquilo lhe causou desgosto tamanho
que começou a falar em alto e bom tom para que todos da vila pudessem
ouvi-lo, desafiando-os para ver como seria a reação deles e descobrir
se haveria algum tolo o suficiente para segui-lo.


- Sou Lorde da Lua Negra, espada de Las Noches! Aquele que tiver
coragem que me seguir, que tente me atacar com o máximo de poder, senão
destruirei a todos !


Entretanto, nenhum ali mostrou coragem suficiente para desafia-lo,
permanecendo escondidos em suas tocas nas rochas. Aquilo deixou Lorde
impaciente e decepcionado, vendo que nem mesmo o lider daquele bando
tinha coragem suficiente para agir.

"- Eles não vão reagir sem o devido estimulo..."

Lorde decidiu ir além e forçar uma reação, reunindo sua reiatsu negra
em sua mão direita, esticando o braço para a lateral do corpo
em direção a uma das construções do local, olhando em volta esperando
alguma reação. Nada aconteceu.

Um pilar negro horizontal se formou diante da mão de lorde, silencioso,
percorrendo centenas de metros em um instante, como se ignorasse o que
estivesse em seu caminho, produzindo um som abafado quando desaparecia. Aquele era seu cero.

Ao desaparecer, seu cero havia simplesmente feito desaparecer o que
estava em seu caminho, como se houvesse sido sugado para uma outra
dimensão, sem causar explosões ou objetos voando para todos os lados.
Aquele, era um cero materializado do vazio que Lorde carregava e a tudo
arrastava e desaparecia em meio a escuridão.

A reação foi imediata, alguns hollows se atreveram a chegar até a porta
mas acabaram recuando novamente para dentro dos prédios. Outros,
pareciam estar sendo segurados para que não fossem em sua direção. Os
mais covardes, mesmo vendo Lorde ao centro da vila, tentaram correr
desesperadamente mas não conseguiram dar um passo fora da vila antes que
Lorde cortasse-lhe as cabeças.


"- Se eles não são uteis agora, não permita que se tornem inimigos no futuro..."

"- Morte a todos"

Com seu sorriso sádico no rosto, nem deixou o sangue da espada terminar
de gotejar para começar a caçar aqueles hollows, um a um, testando-os a
sobreviver contra sua fúria, mas nenhum se mostrou apto a ser um
possivel seguidor.

Ao final, restava apenas Lorde da Lua Negra e o Lider, um hollow que ja
havia quebrado parcialmente sua máscara que permanecia em seu rosto, entretanto, alguma coisa havia
acontecido com ele, pois parecia ser uma criatura defeitusa, com um corpo desproporcional para um arrancar, preso entre as
formas, um arrancar incompleto.

Aquilo causou nojo em Lorde, ver como uma figura grotesca como aquela
podia ousar se impor diante dos outros hollows, se julgando superior a
aqueles que poderiam supera-lo facilmente evoluindo além de seu nivel e, mesmo assim, se escondeu
até o ultimo momento de Lorde, temendo pela sua existência patetica,
que nem ao menos conseguia encarar Lorde.

- Criatura dos infernos, como ousa se chamar de lider
desses hollows se não tens coragem de defende-los ou mesmo olhar para
mim enquanto falo !


Sem qualquer sinal de piedade ou remorso, Lorde enfiou a espada no
peito daquela criatura, acabando de vez com sua existência. Pretendia
deixa-lo viver para que sofresse eternamente e quem sabe algum hollow o devorasse, mas preferiu não, pois por mais remota que fosse
a chance, aquele hollow poderia se tornar um inimigo futuro, ou até
mesmo Lorde acabou fazendo um favor de evitar uma futura indigestão de
outro hollow.

"- Outra vila? Mudar de estrategia?"

"- Uma difícil escolha... Talvez na floresta dos Menos...

"- Acho improvavel... Nos caçavamos lá...

"- Realmente se passou pouco tempo para que tenha surgido alguem digno naquele local.

Sem ter muitas certezas, Lorde começou a Limpar sua espada
ensanguentada, tentando definir qual poderia ser seu próximo passo.
Perguntar para outro espada ou aceitar alguma "indicação" de um
fraccion seria arriscado, pois viveria com uma cobra. Ele precisava
achar seu próprio sozinho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lorde da Lua Negra
Arrancar
Arrancar
avatar

Mensagens : 13
Data de inscrição : 19/03/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
250/250  (250/250)
Exp: Exp::
600/1000  (600/1000)

MensagemAssunto: Re: O vazio da escuridão   Sex 30 Mar - 1:34

CAPITULO III - Reviravolta

Nem havia terminado de limpar sua espada quando outro ser apareceu, argumentando com ele como se tivesse alguma coragem. Lorde, aoós se decepcionar com uma vila inteira, nem se dignou a olhar tentando enchota-lo dali.

- Se tem amor a sua existência, desapareça. Não viste o que acabei de fazer?

Para Lorde, aquele deveria ser apenas mais um desgarrado que estava retornando a vila e o encontrou ali. Um tolo por achar que Lorde lhe daria alguma atenção. Entretanto, algo perturbou em seu interior, principalmente a caveira.

"- Esse nome... Yue... Espada Yue. A primeira!"

"- O que você quer dizer com isso?

Nesse instante Lorde virou seu olhar curioso para a criatura e viu não se tratar de um hollow e sim de um shinigami. Sua primeira reação instintiva foi de se colocar em defesa com sua espada, mostrando estar preparado para um combate.

- Como ousa shinigami vir ao meu mundo dizendo não ser meu inimigo !? És algum tipo de armadilha!? Foi a primeira quem lhe enviou ?

Aquele susto serviu para causar uma reviravolta em seu interior, criando um certo tumulto em sua estabilidade interna, cada um tentando entender por que diabos um shinigami estaria no hueco mundo e oferecendo seus serviços...

"- Ele vai tentar nos matar, sozinho ou em grupo...

"- Ele vai tentar nos atrair para um local em quem o grupo dele aguarda ou onde ja preparou algum daqueles encantamentos que eles fazem"

"- Não podemos arriscar ou mostrar fraqueza...

"- Mas vocês se esquecem do principal e mais basico... E se for verdade? Por mais improvavel que seja, talvez tenhamos descoberto nosso primeiro trunfo..."

Por alguns instantes um silencio pesado reinou em seu interior. Nâo era como se a discução tivesse acabado, mas era como se estivessem começando a aceitar aquele ponto de vista e mudando suas opiniões a respeito.

"- Um peão descartavel, que pode ser usado contra a Soul Society..."

"- Provavelmente guardando um secredo que colocaria a primeira em uma posição de desvantagem..."

"- E que sozinho, não será um problema nos livrarmos dele.

Novamente haviam chegado a um consenso, onde parecia que tinham optado, por hora, em aceitar o que aquele shinigami dizia e seria realmente interessante te-lo em seu exercito, como uma peça "rara" de coleção, algo que com certeza iria além dos outros espadas. Tudo agora dependeria de suas respostas...

- Não sei se julgo-o como louco ou atrevido, mas conseguiste chamar minha atenção. Diga-me sua historia e após isso farei meu julgamento...

[ off: apenas as falas em branco são as q o Lorde da Lua Negra falou... as outras foram na cabeça dele... ]
Voltar ao Topo Ir em baixo
June Tethys
Capitão Sakura
Capitão Sakura
avatar

Mensagens : 3114
Data de inscrição : 19/10/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: O vazio da escuridão   Sex 30 Mar - 10:45

Off: Galahad, se quiseres fazer uma aventura a solo conjuntamente com o Lorde, terás de seguir as regras, isto é, fazer posts com o mínimo de 30 linhas, entre outros pormenores. Caso contrário, irei desconsiderar os teus posts, e isso leva que a estória do Lorde seja avaliada negativamente. Por favor decidam isso, e digam-me. Quando estiver tudo certo, avaliarei. Se não conhecem as regras, sigam o link:

http://bleachworldrpg.forumeiros.com/t1221-regras-e-outras-informacoes


Isto aplica-se aos dois.

__________________________________________






"Mais uma vez, sou a mais velha... Mais uma vez, tenho crianças para proteger... Será... Será que o meu destino me deixará em paz desta vez?"


Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O vazio da escuridão   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

O vazio da escuridão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

 Tópicos similares

-
» [Viridian Florest]O Medo da Escuridão.
» Pandorum Online - Luz e Escuridão
» [Ame] Torre da Escuridão
» Salazar Salvatore(Sabá) VS Nixa Romanov (Camarilla) (Algis Narrador)
» [Clássica] Caveira Negra
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Versão 3.0 - Time Break :: Cenários-