Versão 3.0 - Time Break

Olhe na seção "Resumo de Tramas" para ficar por dentro de tudo o que acontece na Soul Society ou no Japão!
Corram Todos!




Versão 3.0 - Time Break


 
Portal BleachInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Ala Hospitalar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Kasumioji Asura
Capitão Tulipa
Capitão Tulipa
avatar

Mensagens : 627
Data de inscrição : 02/05/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Ala Hospitalar   Sab 29 Dez - 14:46

Dentro dos limites do esquadrão, no interior do que com suas vigas vermelhas, seu telhado em forma piramidal e suas Fasumas ou portas corrediças em madeira, mais parecia uma típica mansão do estilo tradicional japonês, está o coração do Centro Médico da Soul Society: A Ala Hospitalar.



A despeito da aparência mais que clássica, conservadora, impressa até pelo número do Esquadrão disposto à frente do prédio, o interior da Ala Hospitalar é moderníssimo. Perfeitamente climatizado e com estofados em tom esverdeado, o lugar tem quartos prontos para pacientes em quaisquer estados.



Igualmente climatizado à Ala Hospitalar como um todo e contando com o mesmo estofado verde, o ambiente dos quartos tem uma atmosfera tranquilizadora. A iluminação é baixa e favorecida pelas cortinas que recobrem as janelas. As paredes brancas e recobertas com madeira de tom claro na parte de trás da visivelmente confortável cama que localiza-se ao lado de um criado mudo em cima do qual fica um telefone.

Os quartos em geral possuem poucos equipamentos, mas são excepcionalmente espaçosos para serem devidamente equipados dependendo do paciente que receberem. Assim podem ser usados para os mais variados fins, desde primeiros socorros à UTI.


__________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Max Miotto
3ºoficial- Tulipa
3ºoficial- Tulipa
avatar

Mensagens : 271
Data de inscrição : 03/06/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
821/1000  (821/1000)

MensagemAssunto: Re: Ala Hospitalar   Ter 19 Fev - 0:07


Estava mais uma vez de volta, mas não no lugar onde desacordei e sim em um quarto completamente confortável. Na verdade o conforto não me foi percebido através do tato. Estava tão ferido que era impossível sentir alguma sensação além de dor, e em alguns momentos a dor era tão aguçada que ultrapassavam minha capacidade de sentir tornando o ferimento completamente anestesiado. Esse tipo de dor era bem local e parecia passar a cada segundo que estive deitado, como se o simples fato de guardar energia me fizesse ser curado.

"Então tudo aquilo aconteceu em minha mente? Não foi Real?" - Pensei. Inesperadamente uma voz me respondeu. Não uma voz desconhecida, mas uma bem familiar, a qual estive escutando nos últimos momentos, enquanto estive desacordado.

-Sim - Ela disse - Tudo aconteceu somente na sua mente!! Mas isso não significa que não foi real!! hihihihi

Minha zanpakutou, Shirufu. Agora estávamos definitivamente conectados. Éramos finalmente shinigami e zanpakutou, mais do que uma arma, mais do que uma amizade... Um significado além da compreensão humana. Iniciaria ali e instantaneamente um diálogo com o recém descoberto espírito, mas uma enfermeira adentrou no quarto e fez-me perder o foco.

Enfermeira: Miotto-kun, vejo que já está se recuperando!

Ao virar o rosto para encará-la e respondê-la positivamente avistei em uma mesa de cabeceira um pequeno papel dobrado algumas vezes.

-O que é esse papel? - Perguntou ele já estendendo o braço para pegá-lo.

Enfermeira: Asura-taichou deixou esse bilhete para o senhor logo quando o trouxe desacordado. Acho que deve agradecimentos a ele! Afinal se não fosse seus atos você poderia ter morrido antes mesmo de chegar aqui!!

Enquanto escutava a voz daquela gentil moça, desdobrei o papel e li o recado que ali continha. Era um convite para que fosse a sala do capitão assim que me sentisse melhor.

-Com licença - Chamei a enfermeira - Já tenho permissões para deixar essa ala hospitalar?

Ela se aproximou ainda em dúvida, checou alguns dados nos aparelhos eletrônicos, fez ainda algumas checagens do fluxo de reiatsu e então me liberou com um conselho muito útil de que me cuidasse por mais ainda alguns dias até que me restaurasse completamente. E com a zanpakutou nas costas deixei o recinto e fui direto para o gabinete de Asura.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kasumioji Asura
Capitão Tulipa
Capitão Tulipa
avatar

Mensagens : 627
Data de inscrição : 02/05/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Ala Hospitalar   Sab 4 Maio - 0:30

Missão de repressão aos Hollows - Centro Médico


Era difícil ter que aceitar e conviver com os fatos. Nem sempre ouvimos o que queremos e podemos fazer o que desejamos. É normal, temos que aprender a aceitar e obedecer. Asura conseguia ver este dia chegando, mesmo que fosse distante. O momento em que a sua presença no campo de batalha seria terceirizada pelo impacto que agora tem na área médica. Por sua experiência, precisava ficar lá, esperando os feridos voltarem para então salvar suas vidas. "Ironia do destino" Sempre tentou fugir de combate ou ter o mínimo de esforço possível. Nunca imaginou que sentira algo assim.

A borboleta infernal tinha chegado naquela manhã com as ordens. Já estava se dirigindo a ala médica por rotina, portanto a única coisa que mudaria seria o seu nível de alerta. - O que ele faria nessas horas? - Sussurrou enquanto em um piscar de olhos, utilizava seu shunpo para aparecer dentro do centro médico. Seria um dia longo.

Na área central, fez o comunicado geral da situação. Todos precisavam ser chamados e uma equipe de movimentação deveria ser mandada para o Senkaimon. Não sabia o que poderia vir. - Eu preciso confiar neles e aguardar. - Encarava o lado de fora enquanto todos se moviam atrás dele, correndo de um lado para o outro. Por fora, estava calmo como um dia qualquer, por dentro, nunca esteve tão preocupado. - Kevin, Urahara, Nikollas, este ataque. Existe uma ligação? - Seria um tempo para raciocinar, era a única coisa que poderia fazer. - Tenho certeza que Max irá se sair bem - Mais um sussurro enquanto lentamente retirava seu chapéu e abria os seus olhos. Acreditava que seu 3º Oficial seria o único de seu esquadrão nesta missão. "Qual é o objetivo de vocês? Diversão? Algo no mundo humano? Ambos?" - Acreditava no retorno daqueles que estavam partindo e que com eles, trariam respostas.

__________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mizu Hatsume
Vizard
Vizard
avatar

Mensagens : 84
Data de inscrição : 03/07/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: Em Treinamento
Life Life:
100/100  (100/100)
Exp: Exp::
182/1000  (182/1000)

MensagemAssunto: Re: Ala Hospitalar   Ter 14 Maio - 18:38


♦ Back to Action ♦ Save Twins Brothers, Reunion ♦

Eu apoiava Mizuo sobre meus ombros, ele tinha uma ferida longa desde o seu ombro esquerdo para as costelas, que rasgavam partes de suas vestes como shinigami. Eu andava á passos rápidos tentando sustentar parte do peso de meu irmão gêmeo sobre mim, não permitindo que eu usasse Shunpo ou qualquer outro meio de suporte para conseguir um atendimento mais rápido á ele.

Eu certamente conhecia a Ala Hospitalar como o único centro de cura de toda Seireitei, que ficava em minha bantai. Eu certamente não sabia de nada o que havia acontecido no local desde que tive de ir á uma missão no Mundo Real com meu irmão, desde que voltei da outra. Aparentemente, várias coisas já tinham mudado, mas eu não deixei a curiosidade tomar conta de meus pensamentos, e assim eu ignorei tudo por um tempo logo para voltar á lutar contra mais e mais montanhas de espíritos malignos. Eu tinha poucos arranhões artificiais em minha pele, o que passava para mim uma aparência frágil. Mas era impressionante só o fato de eu não estar tão machucada quanto meu irmão, sendo ele muito mais experiente do que eu em missões, e ainda mais em batalhas.

Já respirava ofegante quando finalmente cheguei na porta da ala hospitalar, e sem demoras, adentrei-a. Recebi atendimento quase imediato. Olhei á volta. Tudo estava muito estranho para mim, de um tempo para outro, Soul Society pareceu vazia de repente, e com isso a ala hospitalar parecia ganhar uma população anormal. Estava acontecendo algo importante?

▬ Obrigada. ▬ Agradeci á um dos tulipanos que se voluntariou para me curar enquanto eu me sentava em um banco de espera, e que depois pegou meu irmão com mais duas enfermeiras e o levou para a sala aonde as pessoas ficavam de recuperação. Delineei os meus dedos pelos meus machucados estancados, dessa vez, curiosa para saber o que estava acontecendo.

▬ Tenho certeza que Max irá se sair bem ▬ Ouvi a fala abafada. A voz eu reconheci de imediato, e eu sabia á quem se referia, embora tivesse tido contato não muitas vezes com o sujeito, apenas uma vez em uma missão e mais um pouco em outras tarefas dos shinigamis, em que cruzara seu caminho.

Olhei por cima de meu ombro direito para ver o rosto de quem disse aquilo. Meus olhos se arregalaram ao se deparar com o Kasumi-kun, mas não tinha certeza se era realmente ele. Sua expressão facial mudara completamente, e ele usava a túnica dos únicos seis capitões que existiam em Seireitei. Mas não era possível... Eu tinha ouvido falar que o Makkiu-taichou fora substituído, mas pelo fukutaichou antes dele... Ah, acabei de me lembrar de Shion-chan me dizendo que Asura o tinha superado e subido um patamar na Hierarquia shinigami, talvez o 3° comandante. Mas agora, olha onde ele estava.

Me senti culpada por não ter estado presente quando ele conquistou tal posto para parabeniza-lo, ou pelo menos não estar ali para conseguir ter visto seu progresso. Mas tinha tanta coisa acontecendo... Eu precisava me afastar.

Me levantei passando a mão pela curvatura de meu pescoço, aonde estava a marca da mordida de um Hollow que não foi tratada pelo médico, ocupado demais com os casos mais graves. Comecei á andar em direção ao Kasumi-kun... ou taichou. Argh! Eu não estava nem um pouco acostumada em pensar nele como um ser tão superior á mim, eu não poderia conviver comigo mesma!

Pensava nisso andando á passos pesados e com uma cara aparentemente confusa, tentando pensar em algo para dizer para ele, talvez parabeniza-lo e puxar assunto... Mas não tinha nada no qual eu pudesse conversar sem envolver algo trágico ultimamente, além do último ninho de Hollows que eliminou com Shion, mas que também não era algo que pudesse ser debatido em uma hora dessas.

Parei na frente de Kasumioji com o olhar baixo, olhando para o chão como se estivesse algo através dele, dando a impressão de que me sentia realmente culpada por não ter estado ali talvez quando ele precisasse. ▬ Oi... éarh... ▬ Gaguejei, e levantei o olhar, suspirando. ▬ Parabéns.

Bem, era só isso. Não tinha nada o que falar além de que apenas se orgulhava dele, mas não sabia nem por que tinha esse sentimento. Deixou os ombros se aliviarem para contorcer o formato dos lábios em um sorriso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kasumioji Asura
Capitão Tulipa
Capitão Tulipa
avatar

Mensagens : 627
Data de inscrição : 02/05/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Ala Hospitalar   Qua 15 Maio - 12:53

Eu podia sentir a movimentação em torno de mim e o desespero crescendo cada vez mais. A grande maioria sabia o que estava acontecendo, porém ainda sim tinha aqueles perdidos em meia situação de pânico. Eu sentia sua presença se aproximando cada vez mais, sim, Mizu. Não virei o meu rosto ou dei a atenção para a garota no começo, pois eu sentia outra reiatsu se movimentando na minha direção. 7º Oficial, Shibawa Ryu. O shinigami corria desesperado e eu já esperava as notícias que me trazia.

- Kasumioji-taichou! Trago ordens do
Sōdaishō, o senhor deve partir para o combate no mundo humano imediatamente. Parece que mais uma Garganta foi detectada no Mundo Real - O garoto era jovem, cabelos curtos e escuros e com uma feição que se destacava entre os outros ali presente. Alguém que viu a morte ou algo perto disso. - Yama-jii deve estar ficando nervoso. Muito bem Ryu-kun. Volte para o time de movimentação no Senkaimon - O garoto saiu às pressas ignorando a presença de qualquer outra pessoa. Foi neste momento em que tirei meus olhos da janela e virei todo meu corpo em direção dela... Mizu. Minha expressão era séria e não mais calma como sempre. Eu estava nervoso e... aliviado.

Puxei o pescoço da garota na minha direção até encostar-se ao meu peito, eu definitivamente cresci muito no tempo que ocupei como capitão. Minha reiatsu começava a se espalhar e a curar gentilmente todas as feridas do seu corpo ao mesmo tempo em que minhas palavras de alívio saíam. - Estou feliz... Que você esteja aqui e não naquele inferno... - Minha voz saía trêmula e por um segundo eu esqueci completamente a obrigação que eu tinha agora.

Totalmente curada, ergui o queixo da garota até que seus olhos se encontrassem os meus agora completamente abertos. - Espere o meu retorno ou... - Minha cabeça ia se aproximando cada vez mais da sua e quando eu quis beijá-la, parei de trazê-la até mim. - ...chore pela minha morte - Lentamente ergui minha mão até cobrir totalmente o seu rosto e ao liberar minha reiatsu com a técnica Hakufuku, fiz com que caísse em um sono profundo. Quando seu corpo começava a cair para trás, puxei seu braço e com os meus a deitei na horizontal segurando suas pernas e torso.

- Enfermeira, esta mulher não está se sentindo bem. Coloque-a em uma cama - A enfermeira rapidamente trouxe uma maca onde coloquei Mizu em segurança. Eu não podia beijá-la, pois eu não queria que ela tivesse esperanças de que eu voltaria, não podia causar isto. A verdade era que independente da situação, minha vida estava em um estado onde vou colocá-la como segundo plano para a proteção do mundo humano e a Soul Society, além disso, eu poderia lutar em paz sabendo que ela estava em segurança bem aqui. Mesmo que ela me odiasse depois disto ou não fosse o seu desejo, eu pouco me importava desde que ela viva por agora.

Em um piscar de olhos eu desapareci com meu Shunpo em direção ao Senkaimon. O que o futuro aguardava para mim, eu já não sabia. O que eu sabia era que ela e minha família estavam seguros e se for necessário eu vou morrer para mantê-los assim.

__________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mizu Hatsume
Vizard
Vizard
avatar

Mensagens : 84
Data de inscrição : 03/07/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: Em Treinamento
Life Life:
100/100  (100/100)
Exp: Exp::
182/1000  (182/1000)

MensagemAssunto: Re: Ala Hospitalar   Qua 15 Maio - 21:48


♦ Back to Action ♦ Reunion, A trap?! ♦

Ouvi com cautela todas as palavras do novo shinigami que apareceu á minha frente. Fiquei confusa com o que ele queria dizer. Eu sabia o que era uma garganta mais... Devia estar acontecedo algo grave que eu não deveria estar sabendo, levando em conta que seria necessário chamar um taichou para uma missão assim.

Fui pega de surpresa pelo puxão de Asura-kun, que me abraçou e fez com que eu sentisse sua forte reiatsu, bem mais evoluída e diferente do que estava antes. Relaxei em seu peito, sentindo minhas feridas se fechando. Olhei nos olhos de Asura-kun quando ele colocou a mão em meu rosto.

▬ Espere o meu retorno ou... ▬ Senti a aproximação de Kasumioji enquanto eu me afastava por instinto, mas cedi envolta em seus braços que se apertavam em mim. ▬ chore pela minha morte.

▬ O quê? ... ▬
Falei, confusa. Senti a reiatsu de Asura se espalhar por meu corpo, tentei levantar a mão para protestar e lhe dar um tapa, mas aparentemente ele falava sério e não queria que eu visse nada. Tentei abrir a boca para falar mais uma vez para Kasumioji, mas as palavras foram engolidas garganta abaixo quando senti meus olhos pesarem e meu corpo ficando leve demais.

" Eu... Argh! Você me paga... " Pensei uma última vez, antes de perder os meus cinco sentidos.

♦♦♦

Acordei com um sobressalto, assustando a enfermeira que olhava algo parecido como um formulário. Levantei da cama, mas me senti cansada ao fazê-lo. Eu não acredito que tinha caído em um truque medicinal desses! Eu deveria ter participado mais das aulas do Makkiu-taichou...

Voltei meu pensamento rapidamente para o novo taichou. Fechei os olhos, dando um longo suspiro. Kasumi-kun tinha compromissos agora com seu novo cargo, ele era chamado pelas autoridades para proteger o mundo. Mas eu não me inconformava por ele ter feito aquilo, eu poderia ter simplesmente assentido. Fechei a minha mão em forma de punho, olhando pelo espaço da janela espessa da Ala Hospitalar.

▬ Quando você voltar, eu juro que te espancarei até o final dos tempos... ASURA, SEU BAKA! ▬ Gritei, sufocando um pouco. Não sabia se ele iria voltar, mas eu faria questão de ir ao fundo dos infernos busca-lo para lhe dar uma boa lição se fosse preciso. Deixei a mão cair mole na maca e me deitei novamente nela, observando o teto com a enfermeira me encarando como se eu tivesse cometido um crime ou algo parecido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ala Hospitalar   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Ala Hospitalar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

 Tópicos similares

-
» Ala Hospitalar
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Versão 3.0 - Time Break :: Centro Médico-