Versão 3.0 - Time Break

Olhe na seção "Resumo de Tramas" para ficar por dentro de tudo o que acontece na Soul Society ou no Japão!
Corram Todos!




Versão 3.0 - Time Break


 
Portal BleachInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Bairros de Tokyo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Narrador
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 547
Data de inscrição : 30/08/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank:
Life Life:
600/600  (600/600)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Bairros de Tokyo   Sex 17 Maio - 17:11



Os 23 bairros especiais (特別区 tokubetsuku) constituem a área do centro administrativo de Tóquio, no Japão. Variam muito em tamanho (de 10 a 60 km²) e em população (de 40 000 a 830 000 habitantes), ainda que se assemelhem a cidades segundo os dois critérios. Setagaya é o mais populoso; a vizinha Ōta, é a que tem maior extensão.
Tóquio, na verdade, não é uma cidade; é uma província que se estende desde aldeias nas montanhas a oeste das ilhas Ogasawara, 1000 km a sul, mais de duas dúzias de cidades a juntar aos 23 bairros especiais. Cada uma das partes de Tóquio é designada por nijūsanku (23区), que significa, simplesmente "23 bairros". Isto refere-se apenas ao que se pode considerar a “cidade” de Tóquio, distinguindo-a do resto da província.
A população total dos 23 bairros é de 8,28 milhões (estimativa de 2002) – ou seja, cerca de dois terços da população de Tóquio e um quarto da população da Área da Grande Tóquio. A sua densidade populacional é de 13 333 habitantes por quilometro quadrado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lylith D'Lunnes
Arrancar
Arrancar
avatar

Mensagens : 15
Data de inscrição : 18/07/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
800/800  (800/800)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Sex 17 Maio - 17:49


♠ True Despair ♠ Privaron Espada ♠


Meus olhos cor de âmbar observavam a garganta se fechando ás minhas costas.
Eu usava as roupas tradicionais de uma arrancar, com meus cabelos caindo sobre meus
ombros. Observei o mundo abaixo de meus pés, enquanto eu era suspensa no ar. Liberei
meu reiatsu enquanto o concentrava em minha cabeça. Abaixei-a em direção aos altos edifícios
enquanto as pessoas pareciam tranquilas. Ergui meu olhar apenas para me deliciar do
desespero das pessoas enquanto uma estranha luz avermelhada parecia se formar no céu.

Os chifres em minha cabeça, semelhantes á uma orelha, se alongaram alguns centímetros
funcionando como a fonte de reatsu de onde fora lançado o cero, que atingiu boa parte do
Mundo Real, criando explosões em prédios e o desespero das pessoas que inutilmente
tentavam fugir como formigas para longe do meu alcance.

▬ Cero!



Eu observava com um sorriso no rosto a feição de alguns humanos, que embora confusos,
também demonstravam desespero, não conseguindo achar uma solução razoável para o
que acontecia. Pousei em cima de um prédio, liberando ainda mais o meu reiatsu, deixando
os humanos atordoados e impossibilitados de fugir.

Saquei a zanpakutou de minhas vestes, e admirei por um tempo as chamas cintilantes no
cabo da espada. Não sabia se chegaria a usar minha resurrección, mas caso a usasse, seria
a primeira vez em um combate.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narrador
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 547
Data de inscrição : 30/08/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank:
Life Life:
600/600  (600/600)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Sab 18 Maio - 17:16

Missão de Repressão aos Hollows


Bairro de Harakuju, Museu de Tokyo, Estação de Metrô de Shinjuku. Três pontos icônicos da megálopole capital nipônica, três grandes centros de concentração de pessoas, três áreas devastadas por combates ao estilo blitzkrieg. Segunda Espada, Youko Kenzaki, Quinto Espada, Draco Busmeyer, e Sexta Espada, Kayros. Três dos mais poderosos guerreiros de Houeco Mundo aparecem no Mundo Real e liberam um após o outro suas Reiatsus monstruosas em todos os aspectos atraindo nuvens de Hollows que por sua vez atraiam Menos que somados a tudo atraiam tropas de Shinigami, cada qual com um capitão.

Inúmeras perguntas se mantinham e entre elas as principais eram o objetivo do ataque, a razão para apenas três dos dez estarem na ofensiva e o que aconteceria com a Soul Society em meio ao que parecia uma guerra surgida do nada e já com três violentos campos de batalha e milhares de vítimas em seu rastro. Questões, porém, que deveriam ser deixadas para depois, e esta noção tornou-se ainda mais forte quando uma quarta Garganta se abriu. Imediatamente o Departamente de Tecnologia e Desenvolvimento contatou o Yamamoto Shingekuni Genryuusai que em resposta deu ordem de descida das muralhas de Seireitei e evacuação dos distritos mais próximos de Rukongai bem como de envio do atual Líder Médico, Kasumioji Asura, para o local da nova Garganta.

A movimentação fora frenética e a nível emergencial. A ida do capitão seria o atestado de momento perfeito para Las Noches e suas tropas atacarem. Genryuusai, sabendo disso, preparava-se para um cerco de Hollows na cidadela dos Shinigamis e para estruturar o combate em táticas de Guerrrilha, dividindo os atacantes que aparecessem e destruindo-os ele mesmo se preciso. Ao mesmo tempo, Lylith D'Lunnes, Arrancar 107 e Ex-Séptima Espada, que fora injustamente rebaixada, repetia nos bairros de Tokyo a destruição causada pelos demais Arrancars. Se Asura não chegasse a tempo mais uma nuvem de Hollows se formaria. Talvez infelizmente para a Privarón, um Senkaimon se abria revelando a presença da Reiatsu do capitão. Não haveria ali batalha contra Hollows, apenas contra uma Arrancar.

Considerações:


  • O combate entre os personagens não será mediado pela Narração, ou seja, a sequência de postagem é de livre decisão dos players.
  • O limite máxio de postagem permanece válido, isto é, quem passar 48 horas sem postar poderá perder o turno e o adversário estará em pleno direito de postar narrando como seu oponente estivesse imóvel e sem reação.
  • Qualquer dúvida enviem MP ao Narrador.


Última edição por Narrador em Qui 23 Maio - 22:15, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kasumioji Asura
Capitão Tulipa
Capitão Tulipa
avatar

Mensagens : 627
Data de inscrição : 02/05/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Sab 18 Maio - 19:26

Eu estava preocupado com a situação dos combates no mundo humano. Três dos capitães da Soul Society foram mandados nesta missão e nenhum parecia ter voltado ou terminado seu objetivo e ainda por cima, fui enviado. O senkaimon abria bem em cima de algum bairro da cidade de Tokyo, onde estava sendo a sede desta pequena guerra. - Muito bem, agora vamos... Oh! - Haha, alguém estava causando uma grande confusão bem na minha frente. Definitivamente esta pessoa não sabia brincar.

O Dangai parecia tão mais confortante do que aquela situação. Eu podia sentir a reiatsu dos outros capitães e Espadas ao redor e sim, Yama-jii tinha razão por estar bravo. Acho que eu deveria dar um "oi" para aquela arrankar causando tanto estrago nesta querida dimensão. Sim! Mas antes, eu quero beber um pouco, já que eu trouxe comigo uma garrafa com saquê e dois copos.

Desci no mesmo prédio em que ela estava e sentei no chão atrás dela já me servindo com a bebida. - Arrankar-san, sente-se comigo e deixe os humanos quietinhos por um tempo. Vamos nos apresentarmos e quem sabe beber um pouco antes de começar uma batalha até a morte - Sim, meu tom era um pouco sarcástico enquanto eu puxava meu chapéu para baixo cobrindo meus olhos e levava o copo até minha boca. Eu não gostava de lutar e ela parecia ser... compreensiva. Então, por que não?

__________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lylith D'Lunnes
Arrancar
Arrancar
avatar

Mensagens : 15
Data de inscrição : 18/07/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
800/800  (800/800)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Ter 21 Maio - 23:38


♠ True Despair ♠ Privaron Espada ♠


" Isso é uma brincadeira? " Pensava, logo após ver o taichou vindo em minha direção, abrir uma garrafa de sakê e oferecer um copo para mim. Arqueei uma sobrancelha enquanto eu observava o capitão. Não era possível, eu conseguia sentir a reiatsu do mesmo, até mais forte do que as que eu sentia ao redor, e ele parecia ser tão insignificante com aquilo...

Um sorriso de escárnio passeou pelos meus lábios, e meus olhos côr-de-âmbar observaram cautelosamente o capitão. ▬ Você é um capitão ou um homem sujo? Cadê a sua dignidade? ▬ Tentei provocar, enquanto o sorriso estranho ainda se localizava em meus lábios. ▬ RHUM! Não sei por que se importa com aqueles humanos. Eles vivem e morrem como criaturas asquerosas, e ainda existem os tolos que tentam protegê-los, como você. ▬ Os meus olhos, agora sérios, se focavam na íris do capitão.

▬ Privarón Espada, número 107. Lylith D'Lunnes. ▬ Falei, esperando que o capitão também se apresentasse, assim como ele mesmo sugeriu. Dispensando as apresentações, eu saquei minha zanpakutou, e senti o calor da espada se tornar cada vez mais quente, fazendo com que as labaredas no cabo da mesma parecessem reais. As minhas roupas de Arrancar sumiram entre labaredas de fogo, apenas deixando faixas finas para que ela não ficasse totalmente exposta.

Só por sentir o poder do taichou, eu sabia que naquela forma, eu não poderia fazer nada, e nesse mesmo momento, minha reiatsu se expandiu drasticamente, deixando os humanos abaixo de meus pés paralisados pela sensação de medo e estranho poder, que eles provavelmente sequer distinguira o que era. Mirei a ponta de minha zanpakutou para o capitão, suspirando. ▬ Fugere, Fênix. ▬ Falei, com a voz fraca, e asas pareceram se projetar em minhas costas. A minha pele virou uma camada pura de fogo, fazendo algumas labaredas serem lançadas ao ar. As chamas cessaram, e uma criatura longa de aparentemente três metros, irrompeu do fogo intenso. Não havia carne na criatura, apenas osso... e os mesmos pareciam queimar.

Ressurrección Primera Etapa:
 

▬ Taichou, deixe-me ver suas habilidades. ▬ Falei. A minha voz agora parecia um urro violento, como se não fosse a doce Lylith falando, e sim um monstro, um Hollow que ressurgiu do corpo de uma criança.

Dei um passo á frente, mostrando as duas lâminas em minhas mãos, que de algum jeito poderiam ser usadas como uma espada, e com o mesmo poder das zanpakutous. E antes mesmo de eu iniciar o meu primeiro ataque, uma outra labareda de chamas envolveu meu corpo, e dessa vez, a labareda ficou permanentemente. ▬ Sugiro que não chegue muito perto, capitão... Ou virará um torresmo. ▬ Se era possível uma criatura daquelas sorrir, poderia falar que um sorrisinho chegou na boca do monstro.

Ressurrección Segunda Etapa:
 

O fogo no meu corpo rapidamente se espalhou por três metros, queimando tudo o que tocava. Dei impulso com minhas asas, agora utilizáveis, para alçar vôo no céu, como se fosse preciso. Os rubis flamejantes em meus olhos analisaram o taichou, observando-o fixamente nos olhos.

▬ Gran Rey Cero... ▬ Sussurrei, enquanto abria as minhas mandíbulas, criando um cero amarelo, diferente dos outros que já foram usados. As bordas eram vermelhas cor de fogo, como habitualmente era o meu ataque. Juntei reiatsu o suficiente em minha boca para criar uma pequena esfera na mesma, que logo seria lançada.

Usei o Sonido, juntamente com o Gemelo Sonido para criar cópias ao redor do Capitão, em que eu estaria atrás dele pronta para lançar o Cero. O urro alto que saiu de minha garganta avisava que eu atacaria, fazendo o mesmo. Liberei o Cero em uma grande velocidade, que fora em direção ao capitão.

-------------------------------------

Citação :
Chance de Acerto = 9 (d20) + 13 (Bônus da Barra de Kidou) + 40 (Gran Rey Cero) + 14 (Sonido) + 30 (Gemelo Sonido) 8 (Poder Hollow) + 15 (Propriedade) + 10 (Bônus Rank A) = 139

Dano = 45 (d50) + 30 (Gran Rey Cero) + 10 (Bônus Rank A) + 13 (Bônus da Barra de Kidou) = 98

Gasto de Reiatsu = 30 (Gran Rey Cero) + 25 (Gemelo Sonido) = 55

Sonajero del Sonido: 11

Status:
 


Última edição por Lylith D'Lunnes em Ter 21 Maio - 23:39, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Ter 21 Maio - 23:38

O membro 'Lylith D'Lunnes' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

#1 'd20' : 9

--------------------------------

#2 'd50' : 45
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kasumioji Asura
Capitão Tulipa
Capitão Tulipa
avatar

Mensagens : 627
Data de inscrição : 02/05/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Qui 23 Maio - 18:26

Como já esperado do inimigo, sem chance de conversação ou paz. Em fato, eu não precisava do bom comportamento daquela garotinha ou me importava como ela me chamava, ofendendo minha honra ou não. - Hmmm, deixei minha dignidade no outro Haori e... Se os humanos são tão fracos, o que faz de vocês aqueles que os atacam? - Covarde era o que eu induzia enquanto levava o copo até minha boca. Ah, claro, apresentação. Eu já havia me esquecido de que eu tinha dito isso. - Capitão do 4º Esquadrão, Kasumioji Asura. Glup! - Opa, um soluço. Acho que estou bêbado. Glup! É, estou.

Um ataque do adversário já estava chegando, era óbvio. Liberando sua Resurréccion na minha frente, realmente estas criaturas possuem um temperamento interessante. Eu adoro estudá-las. - Para quem não quer perder tempo conversando um pouco, está bem apressadinha, já liberando sua forma - E eu preciso admitir que esta seja uma cena bonita e o calor chato mesmo. Definitivamente prefiro o frio, bom, fazer o quê.

Não só estava bebendo, mas também suprimia minha reiatsu, a escondendo dos sentidos do adversário até que chegasse a hora certa de liberá-la, ao mesmo tempo, os movimentos dos meus membros superiores estavam cada vez mais rápidos através da técnica Kukkyoku.

- Ilusões, desvios, distração. Você tenta todos e não vai obter nenhum sucesso - Mais um gole enquanto eu aos poucos me levantava com todos aqueles "arrankares" falsos, é um truque convincente. - Muito bom e óbvio - Poderia me atacar, só que perderá o direito de visão. - Bakudou nº26: Kyakko - A luz sofria diversas dobras de luz enquanto momento antes de lançar o kidou, fechei meus olhos. Algo que eu cada vez mais chegava perto de esquecer.

- Um cero, tão hollow - Já estava em pé e com um único movimento extremamente rápido, meu corpo e principalmente meu braço direito apontava para Lylith que insista em me atacar por trás. - Não vou te dar estabilidade para acerto. Bakudou nº62 Hyapporankan - Toda reiatsu que escondia agora foi liberada enquanto que a pilastra invocada se desfazia em cem menores para aprisionar a Arrankar. - Apressada, vai te custar este ataque e acha que eu preciso me aproximar de você? O que vocês não possuem de temperamento agradável também não tem de cérebro - Sim, o seu Cero vai bater de frente com as pilastras que possuem o único objetivo de passar por cima de qualquer coisa para prender o seu alvo. Qual ataque vai prevalecer? Eu sei.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cálculos de combate:
Spoiler:
 

Status:
Spoiler:
 

Técnicas Utilizadas:
Spoiler:
 
Spoiler:
 
Spoiler:
 
Spoiler:
 

__________________________________________


Última edição por Kasumioji Asura em Qui 23 Maio - 18:35, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Qui 23 Maio - 18:26

O membro 'Kasumioji Asura' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'd20' : 17
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nuero El Vacío
Lider Hueco Mundo
Lider Hueco Mundo
avatar

Mensagens : 251
Data de inscrição : 13/08/2011

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Sex 31 Maio - 13:31



Sai gargalhando da sala de Ha-chan, ainda ouvindo aquelas reações tão maravilhosas, tão perfeitas, tão divertidas de Lylith-chan, Ali-chan e Nick-chan. Ah, como eu estava me divertindo hoje e pensar que o ato principal ainda estava por vir! Eu ficava tão agitado em pensar sobre combater com quatro capitães que não podia conter meu riso malicioso! Simplesmente não podia! Ah, ah, como seria divertido aquela luta! Como seria maravilhoso testar a habilidade de capitães novatos! Seria uma verdadeira festa! E eu, logicamente, deveria estar vestido adequadamente para tal.

Por puro capricho dirigi-me então a um dos inúmeros salões de banho de Las Noches e de lá chamei um subordinado qualquer dando-lhe ordem para me trazer minhas roupas formais. Roupas que eu tinha apenas por ter atormentado os Arrancar responsáveis pela costura, mas que agora era perfeita para a situação. Banhei-me até acalmar minha sede de sangue, até chegar o momento que calculei no instante que dei ordem aos Espadas como ideal para minha interferência e então comecei a assumir minha nova aparência. As calças e botas continuavam negras, mas já não tinham metal. Sob o colete de corte italiano e também negro uma camisa social branca e em volta do pescoço uma gravata típica da era vitoriana e da mesma cor que o sobretudo: escarlate.

Calcei luvas brancas e não prendi o cabelo com minha habitual bandana apenas por achar que não combinaria. falando em combinar, notei que minha Zanpakutou também estava dissonante à minha aparência então sem pensar duas vezes a devorei a mordidas largas só para rematerializá-la em uma forma que eu achasse mais adequada e o resultado foi um par de pistolas, uma branca e a outra negra, que cabiam muito bem nos bolsos do sobretudo. E contendo cada vez menos meu sorriso malicioso e meu Reiatsu predatório caminhei até a Sala do Trono, onde estavam sendo preparadas as Gargantas que eu usaria, aproveitando o som de cada passo, o bombear de cada porção de adrenalina no sangue e a ansiedade crescente criada pela minha sede de destruição.

Quando cheguei na sala os Arrancars de baixo nível começaram freneticamente a trabalhar em iniciar o Discorrer. Era visível em cada gota de suor que derramavam o quanto estava sendo oprimidos pela minha presença e como isso me divertia! Acordei desse pensamento vendo abertas as Gargantas em três dos quatro campos de batalha. Kayros-chan e Youko-chan selavam suas formas liberadas e entravam nas Negacción obedientemente, como esperado de bons subordinados, enquanto Draco-chan, gravemente ferido e totalmente entorpecido, era arrastado por toda a passagem dimensional quando estava a beira da derrota. Quando a quarta Garganta se abriu eu decidi que era hora de subir no palco e começar o ato principal e assim o fiz, sacando minhas Zanpakutou e começando a disparar tantos Ceros e em um tempo tão perfeitamente alternado entre os disparos de uma arma e outra que mais parecia que eu estava metralhando Ceros que acertavam milimetricamente cada barra de Reiatsu que prendia o meu brinquedo.

- Que coisa feia!
Falei naquele tom de repreensão que educadores infantis usam para crianças ridiculamente idiotas. Não se pode quebrar assim um brinquedo emprestado, Taichou-chan!

Falei ainda em Hueco. Àquela altura meu Reiatsu era a única coisa que invadia o Mundo Real e já era suficiente para fazer o ar pesar quase uma tonelada. Mas realmente, eu não poderia esperar menos de uma vitória rápida vinda de um sucessor escolhido pelo capitão que mais entrou em combate e ainda assim menos revelou suas habilidades. Hã? Como eu sei disso? Bem, Desde os tempos de Aizen que Las Noches monitora o que acontece na Soul Society e as informações deixadas por Yui Matsudaira deixavam bem claro que dada as funções insubstituíveis do Quarto Esquadrão, ser noemado oficial dele era o mesmo que ser escolhido para a linha de sucessão.

- Lylith-chan volta para poder me divertir hoje à noite de novo.
Disse saltando da Garganta em um edifico qualquer com meus braços hasteados para logo depois apontar a pistola branca, que estava em minha mão direita, para o capitão. Seu oponente agora serei eu!

Tudo se alargava ensandecido, tomado pela vontade verter sangue alheio.Meu riso, o brilho dos meus olhos, os meus olhos em si, o mundo! Tudo era tomado pela vontade mais pura e instintiva de matar. Por pouco, mas muito pouco, muito pouco mesmo, não avancei contra o capitão. A sorte, tanto minha quanto dele, foram outras três gargantas se abrirem, mas exibindo não o escuro costumeiro e sim pontos do Mundo Real. Os pontos em que estavam os outros capitães.

- Ahhhh...
Abaixei as pistolas inspirando aquele ar. Aquele ar tão maravilhoso com o cheiro da morte, do sangue, dos corpos ardendo em chamas e da poeira subindo dos escombros. Aquele ar tão maravilhoso com o aquele cheiro tão maravilhoso e que me entorpecia tanto: o cheiro da destruição. Escutem, capitães! Eu ordenei este ataque e estou desafiando vocês a um combate agora mesmo! Todos vocês! Apenas entrem nas Gargantas e venham ou seus subordinados serão esmagados pelos meu Reiatsu e devorados pelos outros Hollows.

Ao dizer que ordenei o ataque e liberar meu Reiatsu já entregava minha identidade. Já deixava claro que poderia enviar quantos Espadas eu quisesse e garantir a morte dos subordinados deles. Já tornava o meu "convite" irrecusável. Olhei então para o capitão à minha frente e levantando ambos os braços com os canos das pistolas para cima enquanto inclinava minha cabeça para a esquerda, o dizia para esperar. Ele precisaria ser muito parecido comigo para não esperar o reforço de três companheiros.

__________________________________________


Karada wo mitasu kyōki (...)___________________________________________________________My body's filled with madness (...)
Tsuyosa dake ga ore wo tanoshimaseru (...)_____________________________________Power is the only thing that entertains me (...)
Kowashitainda shōdō no mama ni__________________________________________________________I want to destroy on impulse
Yami wo terasu kuroi taiyou___________________________________________________I'm the black sun illuminating the darkness
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narrador
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 547
Data de inscrição : 30/08/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank:
Life Life:
600/600  (600/600)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Sex 31 Maio - 13:58

Mais um reviravolta naquele dia para lá de incomum. Primeiro um ataque de Espadas vindo do nada e com tanta intensidade a ponto de fazer capitães aparecerem no Mundo Real. Depois o cessar do ataque, tão repentinamente quanto havia começado, e agora a aparição daquela figura com o sobretudo cor de sangue que de longe superava qualquer Reiatsu no lugar de tal forma que era como sentir o nível de poder de Genryuusai em um Hollow.

Com precisão cirúrgica o Arrancar, que ainda nem tinha se apresentado, alveja individualmente cada barra do Hyaporrankan. Um erro no alvo, um erro na quantidade de energia nos Ceros e a Privarón teria sido atingida pela explosão, mas não foi isso que aconteceu. Aconteceram as provocações do Arrancar, aconteceram as aberturas de mais três gargantas e a imposição de um convite para os outros capitães. Aquela figura entorpecida estava decidida a lutar contra os quatro presentes no Mundo Real de uma só vez.

Considerações:

  • A ordem de postagem é livre até o próximo post da narração. Apenas evitem de postar mais de uma vez.
  • Os personagens presentes no tópico NÃO podem entrar em combate até instrução contrária da narração.
  • Até o próximo turno também não haverá limite do tempo de postagem.
  • Qualquer dúvida enviem MP ao Narrador.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Krimer
Capitão Vizard
Capitão Vizard
avatar

Mensagens : 1021
Data de inscrição : 03/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Dom 2 Jun - 18:28

Mesmo após a curta batalha contra o Segundo Espada, Krimer não recusava um combate, ainda mais sendo para proteção dos que o acompanhavam no Mundo Real, e Matsui podia cuidar dos Hollow na estação sozinho, Krimer acreditava nisso. A principio, surpreendeu-se por alguém desafiar os capitães, presumindo que fosse enfrenta-los todos de uma só vez, mas a reiatsu do inimigo forte a ponto de fazer Krimer levar o desafio a sério.

"Bem, e lá vou eu!"

E em questão de instantes após o convite, Krimer surgiu de uma das gargantas e saltou direto para o lado de Asura, haviam dois Arrancares no local, uma Espada comum e o dono da poderosa reiatsu, e mesmo com dois capitães já presentes, Krimer ainda sentia-se em desvantagem contra o misterioso Arrancar. Mas mesmo aquilo não era o suficiente para tirar o sorriso do rosto do Vizard.

- Yoo Asura!! Tendo problemas? Quem é o arrancar com cara de assassino ali?

Agora não havia mais dúvidas, o Arrancar estava pretendendo lutar contra todos os capitães de uma vez só, e aparentemente ele podia mesmo ser capaz disso. Não demoraria muito para Kiyoshi e Wakamaru chegarem, ambos não recusariam o "convite" de maneira alguma, era só uma questão de tempo.

- Capitão do 6°Esquadrão, Vizard, Krimer se apresentando para o desafio!!

Krimer elevou a mão para cima cumprimentando os arrancars, agora com uma expressão um pouco mais séria, afinal de contas, aquilo seria realmente perigoso.

__________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wakamaru Kai
Capitão Camélia
Capitão Camélia
avatar

Mensagens : 1114
Data de inscrição : 24/01/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Dom 2 Jun - 21:44

Ao atravessar a garganta, me deparei com reiatsus familiares... Além do autor de toda aquela confusão. Olhei para os companheiros e acenei a cabeça, cumprimentando...

-Ei Krimer, Kasumioji... Vejo que vocês também aceitaram o desafio!!! Além dos capitães e do dono da poderosa reiatsu, também estava presente no local uma arrancar... Não aparentava ser muito forte... Mas isso não me importava... Eu realmente estava interessado em lutar contra o outro arrancar...

" -A reiatsu é realmente surpreendente... "

Então passei a encarar o arrancar...

-Ei arrancar... Resolveu escolher Tóquio para ser seu túmulo? Gritei para que o arrancar não tivesse como ignorar...


__________________________________________


"Há muito tempo atrás, a Soul Society conheceu o demônio Zaraki Kenpachi... Ouve rumores... De que um dia surgiria alguém com o mesmo instinto assassino... O que poucos sabem... É que o demônio guerreiro... Já está entre eles... Apenas aguarda para ser despertado."

- Narração - Falas - Pensamentos - Zanpakutou - ( Kai )
- Narração - Falas - Pensamentos - ( Baken )
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lylith D'Lunnes
Arrancar
Arrancar
avatar

Mensagens : 15
Data de inscrição : 18/07/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
800/800  (800/800)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Dom 2 Jun - 21:55


♠ True Despair ♠ Privaron Espada ♠


Não consegui fazer nada... A vitória foi dada ao capitão sem nenhuma demora, e ele não precisou nem me atacar para que eu sucumbisse. Minhas mandíbulas se moveram em desaprovação, enquanto um grunhido baixo saia entredentes. ▬ Capitão... maldito. ▬ Falei, e desativei minha resurrección, voltando á minha aparência arrancar. Aguardei por algum tempo que o capitão me matasse com apenas um movimento, mas depois de algum tempo esperando, apenas observando a face fechada e bêbada do capitão, uma reiatsu invadiu o Mundo Humano.

Era a forte reiatsu que um pouco antes de eu vir para o mundo humano havia me paralisado, eu não poderia deixar de pensar que daquela vez eu era grata, e ao mesmo tempo, me sentia humilhada. Consegui ver uma outra garganta sendo aberta bem ao meu lado, e logo depois, clarões que ofuscavam minha visão. Senti meu membro sendo liberado, um por um, dos pilares que me prendiam e me deixavam imóveis.

▬ Lylith-chan volta para poder me divertir hoje à noite de novo. ▬ Ouço Nuero falar, e usando o Sonido, pego minhas vestes e me cubro com elas, re-aparecendo atrás do líder do Hueco Mundo, de frente para a Garganta. Eu não ousaria desobedecer Nuero em uma hora dessas, e muito menos em seu estado de euforia onde estava pronto para matar. Abotoei a jaqueta e me dirigi para dentro da Garganta, aonde eu observei as costas de meu superior.

▬ Desculpe por isso. Eu não devo ter servido em nada, dessa vez. ▬ Meu tom de voz era apreensivo, no entanto, eu olhava sem nenhuma expressão para o arrancar. ▬ E antes que eu me esqueça: Não destrua minha sala ou mate meus subordinados, isso não é uma ordem, é claro... Mas quem sabe eu te recompense por isso... Sem precisar usar o Atsuki Reiteki, pervertido.

Cruzo os braços quase como se fosse uma bronca, e vejo a Garganta se fechar á minha frente. Griffin e Lyss me esperavam do outro lado do local, e observei-os com desprezo. ▬ Recomendo que se afastem da minha sala, por hoje. ▬ Uso sonido, e deixo os dois sozinhos no corredor de Las Noches.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiyoshi Akio
Capitão Lírio
Capitão Lírio
avatar

Mensagens : 583
Data de inscrição : 13/08/2011

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Ter 4 Jun - 23:23

Um novo Arrancar, o líder tirano avança!

A luta contra Kayros estava acabada e eu estava como perdedor, todo xingamento me surgia a mente e variavam e todos pesados, a vontade de avançar contra a Garganta e matar Kayros era enorme, tinha jurado para Kaito que o mataria e vingaria a Seireitei e ele por ter invadido e confrontado-nos nos desonrando e nos subestimando de tal maneira que me irritava mais tinha que me concentrar.

Caminhei em direção a Max Miotto, de repente, uma Garganta se abriu diante de mim e saindo uma voz arrastada e maligna que emanava uma reiatsu tão grotesca e tão horrível que chegava a causar uma centelha de medo, mais não a ponto de fazer que eu ou os outros capitães recuasse com medo, não, não éramos assim e tinhamos um dever na mãos que era proteger os humanos do mundo real. A voz saía como uma guinada a e aparência do tirano era visível, nos convidando para um banho de sangue onde o perdedor serviria como a água da banheira, a reiatsu emanava aterrorizando a tropa, não pude recusar ou adiar o convite.

- Max, tome conta da tropa agora você é o responsável lidere-os, proteja-os...Vou me juntar aos outros capitães e acabar com essa história de uma vez por todas._ Proferi confiante, tentando emanar a confiança que tentava juntar em minha mente, sabíamos ali que a reiatsu que emanava do tirano era capaz sim de matar até mesmo um capitão.

Entrei na Gargante com receio de fechar o outro e ficar preso entre as dimensões, mesmo assim avancei com o shunpo. Pulei do porta de saída criando uma placa de reiatsu e me mantendo suspenso, os outros capitães ja estavam reunidos na frente do homem que cada vez mais tinha uma aparência de loucura e poder. - Parece que fui o último a chegar.. Kai-kun, Krimer-kun, Asura-kun._Falei coçando a nuca com um sorriso engraçado e inocente. - Então esse é o figurão que anseia pela morte? Bela roupa aliás...Aonde comprou tinha para homem?_ Ironizei, dando uma risada alta sem se importar se outros iriam rir, brincadeiras a parte sim, para aliviar o clima tenso.

" Ele realmente é muito forte, temos de usar tudo desde o começo não podemos arriscar o futuro da Soul Socyeti apenas para nos divertir um pouco nesse combate. "



Legenda

Falas
Narração
Pensamentos



__________________________________________







"Pouco conhecimento faz com que as pessoas se sintam orgulhosas. Muito conhecimento, que se sintam humildes. É assim que as espigas sem grãos erguem desdenhosamente a cabeça para o Céu, enquanto que as cheias as baixam para a terra, sua mãe."
Leonardo Da Vinci

"Às vezes a verdade e a realidade não condizem." Achilles Davenport

" Aquele que aumenta seu saber, também aumenta seu pesar. " Al Mualim " O Velho da Montanha "
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nuero El Vacío
Lider Hueco Mundo
Lider Hueco Mundo
avatar

Mensagens : 251
Data de inscrição : 13/08/2011

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Qui 6 Jun - 19:05

Ignorei Lylith-chan assim como ignorei suas palavras enquanto ela entrava na Garganta. Minha mente estava focada no vazio. Se eu pensasse, se eu me focasse em alguma coisa, qualquer coisa, seria em matar qualquer um à minha frente. Não haveria tempo para tentar me conter. Meus instintos estavam simplesmente aguçados demais para isso. Eu conseguia dizer o número exato de almas contando com humanos, Hollows e Shinigamis que estavam entre os campos de combate; eu conseguia ouvir até mesmo o som da respiração do capitãosinho de olhos fechados e cabelo cor de capim; conseguia ver até mesmo o movimento de sua caixa toráxica ao respirar; conseguia sentir que o estraçalharia logo se algo não me chamasse a atenção antes.

Para nossa sorte, minha, que perderia minha luta contra quatro oponentes, e do capitão, que perderia a vida tão rápido, aparece um segundo... Quase Shinigami. O Vizard que antes estava lutando com Youko-chan aparecia momentos antes do discípulo de Nick-chan. Ah, como queria que o Nick-chan assistisse o destino do pupilo dele. Pena que era mais importante humilhar o Shinigami deixando-o de cachorrinho de guarda para Ali-chan. Não exatamente pena porque ri muito do quão patético o grande capitão tornado em traidor tinha se tornado e proibir Ali-chan de e divertir enquanto eu e subalternos a ela fazíamos uma festinha também era ótimo!

Mas vamos voltar ao atual capitão do quinto esquadrão. Ele saiu gritando para chamar atenção então logicamente que a melhor forma de me divertir com o temperamento dele era simplesmente ignorá-lo. Tinha mais dois para provocar e um para esperar chegar. Não seria difícil deixar o caolho de lado. Aliais, vem cá, é moda na Soul Society ter cabelo cor de mato, é? Ou isso era algum tipo de moda fresca entre os capitães?

- Seu nome é mais difícil que lembrar do que a cor do seu cabelo então vou te chamar de Cabelo-rosa-chan.
Apelidei o Vizard ignorando completamente o discípulo de Nik-chan, tornando o berro dele menos digno de atenção do que uma cor de cabelo. Olhe pelo lado positivo: mesmo que seu cabelo pareça um chiclete mal cuspido pelo menos você não é um retardado que nem sabe que todos os Hollows já morreram igual a Anta-chan do seu lado. Lembrei do cabeça de capim e olhos fechados e apontando a cabeça para o lado dele revirei os olhos. Essa não. A outra anta do seu outro lado.

E não é que justo quando eu falava em anta e outro lado aparece de um outro lado o capitão que faltava? Coincidência? Estamos falando de alguém que levou uma surra do Sexta Espada então eu diria que não. Vai ver o Genryuusai não fazia teste de QI quando avaliava um candidato a capitão. Bem, tenho quase certeza disso depois de ter ouvido o cara de espantalho surrado tentar repetir a forma de agir do discípulo de Nick-chan, mas com uma declaração particularmente infantil. Azar o dele que sou muito melhor em jogos infantis do que ele.

- Por que? Quer comprar para o seu?
Respondi em um tom excentricamente desentendido e de caricata ironia. Francamente, não bastava serem quase todos fracos os Shinigami ainda precisavam ser quase todos tão retardados ao ponto de nem saber usar mais de uma provocação? Roupas de monstros não para dar de presente, Fracote-Que-Perdeu-Para-O-Número-Seis-Chan, ou melhor, Fracote-chan porque o nome todo é grande demais e não vale a pena perder tempo com alguém que... Perdeu para o número seis.

Fiz questão de focar na inferioridade de Fracote-chan e sim, vou chamá-lo assim a partir de agora e até que ele me prove ser forte. Falando nisso, reparei que todos estavam enfraquecidos dos combates, tirando o cabeça de campim com chapéu. Anta-chan tinha gastado muito Reiatsu, Fracote-chan tinha levado uma surra e Cabelo-rosa-chan também. Seria fácil demais derrotá-los assim e eu queria liberar todos os meus poderes depois de tanto tempo. Aliais, agora me lembro que eu tinha planjeado já vir para o Mundo Real na minha forma Hollow, mas dane-se, com so capitães ferrados como estavam não ia ter graça mesmo.

- Você, Taichou-chan, vai cuidar dos ferimentos dos seus amiguinhos e depois vai esperar junto com eles até que seu Reiatsu esteja recuperado liberado porque quero começar a luta liberando minha Ressurrección.
Falei em um tom de quem dá ordens ignorando completamente a opinião dos Shinigami. Comece imediatamente antes que as tropas sejam atacadas enquanto são imobilizadas por um Reiatsu mais forte.

Essa era a razão pela qual os capitães tinham corrido até ali para começar. Eu tinha dado uma ordem e o capitão iria segui-la. Ele não podia se negar nem se quisesse porque além de perder a chance de recuperar seus aliados enfraquecidos e a si mesmo ainda estaria colocando em risco a vida de tropas e a própria Soul Society. Imagino que isso junto era suficiente para que o velhote a quem obedece o quisesse queimar até a alma.

__________________________________________


Karada wo mitasu kyōki (...)___________________________________________________________My body's filled with madness (...)
Tsuyosa dake ga ore wo tanoshimaseru (...)_____________________________________Power is the only thing that entertains me (...)
Kowashitainda shōdō no mama ni__________________________________________________________I want to destroy on impulse
Yami wo terasu kuroi taiyou___________________________________________________I'm the black sun illuminating the darkness
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narrador
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 547
Data de inscrição : 30/08/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank:
Life Life:
600/600  (600/600)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Qui 6 Jun - 19:29

A semi nua Arrancar submetia-se às ordens de seu senhor tomando as roupas que antes jogara longe, colocando-as e voltando para Hueco Mundo. A gratidão por ter a vida salva e a provocação tentadora na voz eram insuficientes contra o instinto do eufórico Nuero que o tornava em um besta sedenta de sangue. Não era muito diferente de seu comportamento normal, na verdade. Seu ímpeto destrutivo e animalesco sempre estiveram no centro de seu prazer e agora eram a causa de um transe que só era quebrado quando um após o outro os capitães apareciam.

Os quatro novatos estavam ali, reunidos. Três com suas Reiatsu consideravelmente exauridas e destes, dois gravemente feridos. Uma troca de provocações começava e nela se mantinha a mesma vantagem que o Arrancar teria se começasse um combate contra os oponentes naquele estado. Hedonista, Nuero exige que seus inimigos se recuperem para que a luta inicie com todos em suas melhores condições. Mero capricho, mera busca por prazer.

Considerações:

  • A ordem de postagem é livre até o próximo post da narração. Apenas evitem de postar mais de uma vez.
  • Os personagens presentes no tópico NÃO podem entrar em combate até instrução contrária da narração.
  • Até o próximo turno também não haverá limite do tempo de postagem.
  • Todos os personagens que receberam ferimentos devem narrar recebendo tratamento médico e ficando parados para recuperar seus Reiatsu. No próximo turno, excepcionalmente para fins de trama, todos serão considerados como 100% recuperados em ambos os atributos.
  • Qualquer dúvida enviem MP ao Narrador.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Krimer
Capitão Vizard
Capitão Vizard
avatar

Mensagens : 1021
Data de inscrição : 03/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Sab 8 Jun - 0:35

Momentos depois da chegada rápida de Krimer, Wakamaru surgiu de outra das gargantas, e momentos depois, Kiyoshi também chegava ao local que seria arena de um combate no mínimo devastador. Com um tom ácido o Arrancar rebatia todas as provocações dos capitães, o apelido "Cabelo-rosa-chan" havia deixado Krimer sem reação, estava perplexo pois era a primeira vez que usavam seu cabelo para provoca-lo, o Arrancar havia acertado o "Tendão de Aquiles" do Capitão Vizard.

"Ma-maldito!! Que golpe baixo!!"

Krimer não nem se esforçava para esconder a irritação, por fora era um Capitão irritado com a provocação e ao mesmo tempo controlado, mas por dentro, uma criança retrucando a provocação do Arrancar. Foi depois que todos os capitães já haviam recebido seus "apelidos" que Krimer conseguiu se acalmar, não só se acalmar, mas também chegar a rir de seu apelido, infelizmente "Cabelo-rosa" era engraçado, tinha que admitir. Depois das apresentações, o Arrancar voltou a surpreender, permitindo que Asura cura-se a todos, ele falava serio sobre lutar contra os quatro em suas máximas condições.

- Vou fazer você se arrepender de deixar eu me recuperar

O Vizard falava sorrindo e em tom animado, estava começando a ficar empolgado com a luta, a sua frente estava um oponente mais forte do que qualquer outro que já tivesse enfrentado, e isso o deixava impaciente para lutar logo. Por fim, Krimer voltou sua atenção aos outros capitães.

- Cairia bem um grito de guerra para os capitães agora, é só uma sugestão...



__________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wakamaru Kai
Capitão Camélia
Capitão Camélia
avatar

Mensagens : 1114
Data de inscrição : 24/01/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Seg 10 Jun - 22:45

O arrancar sabia bem como irritar as pessoas. Mesmo eu tentando provocá-lo... Acabou se saindo bem, me ignorou por completo. Além de colocar apelidos em mim e nos outros três capitães. Apesar de eu ter um temperamento explosivo, isso não ia fazer eu perder a calma!!!

Mas ele não estava apenas levando a situação como uma brincadeira, mas estava também nos subestimando completamente. Até disse que ia esperar ficarmos prontos para a batalha.

" -Muito abusado... Mas vai ser interessante." Eu não havia sofrido nenhum ferimento, na batalha contra o Quinta Espada... Mas seria bom essa pequena pausa, para recompor a minha reiatsu.

-Ei arrancar... Você está muito confiante, só não quero que me decepcione!!! Disse ao mesmo...


__________________________________________


"Há muito tempo atrás, a Soul Society conheceu o demônio Zaraki Kenpachi... Ouve rumores... De que um dia surgiria alguém com o mesmo instinto assassino... O que poucos sabem... É que o demônio guerreiro... Já está entre eles... Apenas aguarda para ser despertado."

- Narração - Falas - Pensamentos - Zanpakutou - ( Kai )
- Narração - Falas - Pensamentos - ( Baken )


Última edição por Wakamaru Kai em Ter 11 Jun - 11:55, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiyoshi Akio
Capitão Lírio
Capitão Lírio
avatar

Mensagens : 583
Data de inscrição : 13/08/2011

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Ter 11 Jun - 0:39

Uma pausa para descanso...

Estávamos todos reunidos os, todos os capitães novatos e o tirano rebateu todas as provocações como um tenista rebatendo uma bolinha verde. Fiquei um pouco ressentido mais procurei não ligar, afinal, tinha dado motivo e sorri amistosamente. Cocei a nuca. - Óh, não, eu estou satisfeito com minhas roupas hahaha. Liderzinho..._Falei com certa frieza.

De repente um pedido, bem, estava mais para uma exigência do tirano que procurava se banhar com o sangue nossos, mais queria diversão, o sorriso de orelha a orelha e o semblante desprovido de senso de emoção, seus dentes característicos assustavam um pouco, mais por sorte sabia esconder muito bem o que sentia. - Bom, se deseja uma morte rápida, é isso o que terá se nos recuperarmos, arrancarzinho._ Falei rindo e fechando os olhos, uma expressão inocente e engraçada, porém logo mudei de posição ficando sério e pensativo analisando o inimigo, enquanto era curado.

__________________________________________







"Pouco conhecimento faz com que as pessoas se sintam orgulhosas. Muito conhecimento, que se sintam humildes. É assim que as espigas sem grãos erguem desdenhosamente a cabeça para o Céu, enquanto que as cheias as baixam para a terra, sua mãe."
Leonardo Da Vinci

"Às vezes a verdade e a realidade não condizem." Achilles Davenport

" Aquele que aumenta seu saber, também aumenta seu pesar. " Al Mualim " O Velho da Montanha "
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narrador
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 547
Data de inscrição : 30/08/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank:
Life Life:
600/600  (600/600)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Qui 20 Jun - 15:26

Quanto mais forte um ataque mais difícil é de remover suas partículas de Reiatsu e maior é o dano. Os resquícios dos ataques de Youko e principalmente de Kayros, que quase matou o capitão do Segundo Esquadrão, exigiram de Asura não menos que seu máximo e para completar o mestre de Kidou já tinha usado uma boa quantidade de poder para vencer a Privarón.

Agora mal se mantendo em pé o mestre de Kidous não teve outra escolha além de se retirar pedindo desculpas. O fez rapidamente enquanto Krimer e Wakamaru fitavam Nuero que parecia estranhamente inexpressivo. Era como se depois da ordem que dera o Arrancar tivesse entrado em um transe extremamente profundo.

Considerações:


  • O ataque de Nuero El Vacío será aleatório, ou seja, o que tiver menor dado que a ofensiva e entre os companheiros o receberá.
  •  A ordem de postagem é livre até o próximo post da narração.
  • Kasumioji Asura deve ser considerado como estando fora da área de combate até instrução contrária da narração.
  • Os personagens presentes no tópico PODEM entrar em combate.
  • O prazo máximo para resposta é 48 horas. Quem exceder esse limite perderá o turno ficando à mercê da narração e dando livre espaço de atuação a seu oponente.
  • Qualquer dúvida enviem MP ao Narrador.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nuero El Vacío
Lider Hueco Mundo
Lider Hueco Mundo
avatar

Mensagens : 251
Data de inscrição : 13/08/2011

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Sab 22 Jun - 20:04


Primeiro os capitãesinhos tinham ficado imóveis com minhas rebatidas às suas provocações débeis me fazendo pensar que se o jogo de palavras fosse uma partida de tênis eles seriam amadores e eu seria o maior dos profissionais suíços. Depois senti meu sorriso morrer ao me passar pela mente a possibilidade de que eles fossem tão bons em combate quanto com palavras. Se fosse isso mesmo, se eles fossem tão fortes quanto são inteligentes, então eu não precisaria de cinco segundos para vencer os quatro de um vez e todo o caminho de Las Noches até ali teria sido perca de tempo!

Esperando que não fosse esse o caso permaneci fitando meus alvos enquanto eram curados. Cada respiração, cada batimento cardíaco, cada fração de tempo que se passava parecia soar abafada, em eco, durando uma eternidade! A ansiedade por avançar contra meus oponentes me consumia de tal forma que eu nem mesmo me sentia pensando ao mesmo tempo que conseguia ver em minha mente cada pequeno detalhe do que se passava a minha volta! Eu me sentia tragado para cada vez mais perto das minhas presas, eu me sentia pensando em tudo e em nada ao mesmo tempo!

Eu não podia mais esperar! Tinha passado dos meus limites, de todos eles! Eu precisava trucidá-los! Sem dar atenção aos chamados de batalha simplesmente comecei a liberar meu Reiatsu novamente colocando em meus lábios um sorriso malicioso. Ignorei ao afastar de Taichou-chan. Ele estava cansado e fraco de todo jeito, seria um brinquedo sem baterias, inútil mesmo. Que os outros compensassem a falta dele. Que me divertissem e que começasse o festim!

- Tomonau... Comecei a falar em um tom apático, tão inexpressivo quanto meu rosto momentos antes. Oscuridad. Pronto. Minhas Zanpakutou se despedaçaram meu Reiatsu explodiu se tornando um mar negro que pulsava com a cor das chamas e do sangue.

O céu era escurecido e apenas a lua, tinginda de vermelho, era vista dentro da noite trazida pelo liberar o meu poder. A aura aberrante que vertera de meu corpo espiritual agora desvanecia, se dilacerava e dispersava em movimentos que lembrava morcegos o que tornava ainda mais vampiresco o brilho vermelho dos meus olhos. De forma não menos do que brusca meus cabelos ascenderam e duas enormes asas verteram de minhas costas rasgando de vez o manto de trevas que antes me cobria e revelando minha aparência Hollow.

Minha violenta e sanguinária energia tinha crescido ao ponto de já não poder ser mais notada. Meus impulsos tinham crescido ao ponto de já não poderem mais ser contidos! Cortei os céus que permaneciam negros após um bater de asas e segui em um rasante contra meus oponentes. Eu não conseguia contoloar o dilatar s olhos, o sorriso em minha boca nem a minha velocidade! Eu apenas conseguia focar naqueles três ativando inconscientemente meu Peskis em seu máximo. Eu apenas não conseguia conter minha velocidade e força! Réplicas minhas ficavam no rastro do rasante e a velocidade dos meus movimentos aumentava em frenesi em um incosciente Sonido Vacío! Tudo em menos, muito, muito menos de um segundo!

Quando eles entraram no meu campo de visão simplesmente reagi como se todos fossem presas! Toda a minha reação foi a de um predador! Simplesmente movi meu braço direito e usei a garra do meu polegar para cortar meu indicador, simplesmente conjurei e fundi ao mesmo tempo meu Cero Comun, Gran Rey Cer e Cero Oscuras,  disparando Cuarto Cero. Só quando vi meu ataque rasgar o ar foi que retomei alguma consciência e antes mesmo de alguma defesa ou contra-ataque inimigo disparei contra mim mesmo uma rajada de energia que mais parecia um Cero amarelado.

A rajada então se dispersou, depois se comprimiu e logo em seguida se expandiu revelando a forma de uma Negacción. Eu tinha me posto fora do alcance de qualquer ataque antes que meus inimigos pensassem em me atacar com minha técnica mais poderosa: El Vacío. O restringir daquela mobilidade explosiva, daquele extravasar de todo o tempo em que fiquei sem liberar minha Ressurrección finalmente começava a me fazer retomar minha consciência

Off:

Cálculos de batalha:
 

__________________________________________


Karada wo mitasu kyōki (...)___________________________________________________________My body's filled with madness (...)
Tsuyosa dake ga ore wo tanoshimaseru (...)_____________________________________Power is the only thing that entertains me (...)
Kowashitainda shōdō no mama ni__________________________________________________________I want to destroy on impulse
Yami wo terasu kuroi taiyou___________________________________________________I'm the black sun illuminating the darkness


Última edição por Nuero El Vacío em Sab 22 Jun - 20:09, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Sab 22 Jun - 20:04

O membro 'Nuero El Vacío' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

#1 'd20' : 16

--------------------------------

#2 'd100' : 33, 42

--------------------------------

#3 'd6' : 4
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiyoshi Akio
Capitão Lírio
Capitão Lírio
avatar

Mensagens : 583
Data de inscrição : 13/08/2011

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Ter 25 Jun - 20:14

O combate começa!

Kasumioji estava acabando de nos curar, por último foi  eu. Consegui ser curado com certa dificuldade, meus ferimentos eram graves e os resquícios do reiatsu de Kayros ainda estavam presentes nos ferimentos o que tornava a cura algo mais difícil e complexo, já que aquela energia maligna do Sexto insistia em não sair de meu corpo, porém, com o kidou avançado de cura o Capitão da Divisão Médica conseguiu curar-me. Agradeci dando tapinhas em suas costas e me levantei vestindo o haöri de capitão.

O Kasumioji se retirou do campo de batalha devido ao grande gasto de reiatsu devido a cura e a recuperação de seus três pacientes, entre os quais eu era o mais grave, me senti culpado por isso. Minha fraqueza diante ao combate custou um reforço precioso que poderia ajudar-nos a definir aquela batalha logo de cara. Batalha que prometia grandes quantidades de sangue em seu campo, provavelmente, o nosso, disso eu estava receoso. Já experimentara aquela energia maligna e a cada segundo o tirano nos observava, analisando-nos, cada centímetro de nosso corpo.

" Temos que pará-lo agora, se ele usar a Ressurréction pode ser o fim. "

Quando de repente, BOOOOM! A energia espiritual de Nuero El Vacío eclodiu de forma violenta em Tóquio, como um tsunami descontrolado invadindo uma pequena cidadezinha e destruindo tudo em seu caminho. Todo o corpo do homem ficou vermelho sangue, o ar começava a ficar rarefeito e a gravidade aumentava de forma a tentar-nos no subjugar. Qualquer ser que não tivesse em um nível de capitão estaria provavelmente no chão ou desintegrado apenas pela mera existência do reiatsu de Nuero.

" Ele liberou logo de começo, kisama. "

— Minna! Não podemos brincar, temos de atacar com o poder no máximo ou vamos nos complicar..

Levei minha mão até minha ninjaken segurando o cabo com um força tremenda, minha mão tremia e o pensamento me vinha a cabeça. Eu era mestre em Hakuda sim, mais o Zanjutsu me parecia ser a única saída agora, agora estava recuperado e poderia usufruir melhor de minha Bankai.

— BANKAI!

Explodi em reiatsu cor de magma contrapondo a minha contra de Nuero. Logo, duas espadas se materializaram a minha frente, espadas com um design estranho e antigo onde linhas de magma (produzidas pelo minha energia espiritual) corriam constantemente formando alguns símbolos indecifráveis. A lâmina era cheio de curvas e seu filete era algo estranho. Apertei o cabo produzindo um magma que escorria pela lâmina e coloquei-me em posição de combate, quando Nuero desapareceu em um Sonído extremamente rápido.


Spoiler:
 

Concentrei minha reiatsu, preparando um ataque de Zanjutsu massivo. Iniciei escondendo uma grande parte de minha reiatsu para soltar em um golpe de forma a aumentar os danos e as chances de êxito, seguidamente, canalizando minha energia em minha Zampakutou para aumentar o potencial dos cortes ao mesmo tempo em que, ativava a propriedade de minha Shikai aumentando a temperatura da lâmina como se estivesse em um vulcão. 

Concentrando meu reiatsu nas pernas para executar uma técnica de Houhou para auxiliar-me na movimentação. Logo, executei uma técnica nos braços aumentando a sensibilidade de forma impedir a previsão de meus movimentos, e por fim, executando dois Kidous de suporte. Avancei com uma fúria tremenda, executando os cortes com toda raiva e fúria que tinha contido dentro de mim durante todo o combate e falatório que vivenciei com Kayros e com Tiranozinho-chan, meus músculos QUASE ficaram dormentes e entrei em um estado de instinto e fúria intensiva, lutando apenas com os instintos de batalha.

Desapareci com o shunpo no nível máximo executando a técnica Lâminas Espirituais: Reiatsu contra o crânio do tirano, enquanto o rodeava criando cópias de mim para tentar confundi-lo, ao mesmo tempo que, ele preparava seu ataque executando Ceros que se acertassem seria algo muito doloroso. Avancei cortando-lhe o dorso.




Cálculos de batalha:
 

Técnicas usadas:
 

__________________________________________







"Pouco conhecimento faz com que as pessoas se sintam orgulhosas. Muito conhecimento, que se sintam humildes. É assim que as espigas sem grãos erguem desdenhosamente a cabeça para o Céu, enquanto que as cheias as baixam para a terra, sua mãe."
Leonardo Da Vinci

"Às vezes a verdade e a realidade não condizem." Achilles Davenport

" Aquele que aumenta seu saber, também aumenta seu pesar. " Al Mualim " O Velho da Montanha "


Última edição por Kiyoshi Akio em Ter 25 Jun - 20:17, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Ter 25 Jun - 20:14

O membro 'Kiyoshi Akio' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

#1 'd20' : 14

--------------------------------

#2 'd100' : 75
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wakamaru Kai
Capitão Camélia
Capitão Camélia
avatar

Mensagens : 1114
Data de inscrição : 24/01/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Ter 2 Jul - 19:19

Enquanto o inimigo aguardava à distância, o capitão Kasumioji utilizava seus kidous para curar os ferimentos de Krimer e principalmente os ferimentos de Akio, que foram mais graves. Eu apenas aguardava ansioso, esperando a batalha se iniciar.

Com isso Kasumioji terminou os curativos em ambos os capitães, porém o mesmo se mostrou exausto devido ao esforço feito. Minha reiatsu também havia se recuperado, agora nada mais impedia... Era a sobrevivência do mais forte.


Já podia sentir a reiatsu monstruosa do arrancar, que se aproximava aos poucos... Ainda sem revelar o seu nome... O mesmo usou a sua ressurreición, revelando sua verdadeira forma. Aquilo com certeza me deixou empolgado, um sorriso largo se estampava em meu rosto... Eu nunca havia sentido essa sensação as preces de um combate.


Não havia dúvidas, essa seria uma luta muito divertida... E desta vez eu não ia conseguir lutar sem manifestar a minha Bankai, como fiz com o Quinta espada. Então desembanhei minha zanpakutou... E aumentando minha reiatsu... Apenas disse... -Baaaan... Kai!!! A zanpakutou se transformava mostrando a sua forma evoluída...


Bankai:
 
-Kaminoikari Zankuro ( Deus da Fúria ) ... Minha reiatsu aumentava... Meu olhar estava focado no arrancar, não poderia perdê-lo de vista. Com isso vi quando o mesmo fundiu três ceros, em um que parecia ser bem mais poderoso.


Então aproveitei para concentrar um pouco de minha reiatsu, usando o Uden no Kyuryu... Em seguida, posicionei a zanpakutou à frente do meu corpo... E ativei a Lâmina Esmagadora... Então preparei minha defesa, com uma técnica específica do meu clã... -Shishi no Bõei ( Defesa de Leão )... Talvez isso fosse o suficiente para barrar o Cero... Caso viesse em minha direção.
--------------------------------------------------------------------------------------------------
Cáuculos de batalha:
 

__________________________________________


"Há muito tempo atrás, a Soul Society conheceu o demônio Zaraki Kenpachi... Ouve rumores... De que um dia surgiria alguém com o mesmo instinto assassino... O que poucos sabem... É que o demônio guerreiro... Já está entre eles... Apenas aguarda para ser despertado."

- Narração - Falas - Pensamentos - Zanpakutou - ( Kai )
- Narração - Falas - Pensamentos - ( Baken )


Última edição por Wakamaru Kai em Ter 2 Jul - 19:21, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Ter 2 Jul - 19:19

O membro 'Wakamaru Kai' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

#1 'd10' : 8

--------------------------------

#2 'd20' : 12
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narrador
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 547
Data de inscrição : 30/08/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank:
Life Life:
600/600  (600/600)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Sex 5 Jul - 1:52

Sabe-se que um Reiatsu mais forte é capaz de influenciar um mais fraco. Sabe-se que um grande Riatsu é capaz de atrair um Hollow e que todo Vizard possuí um Hollow em seu interior. O resultado dessa cadeia de conhecimentos se tornou visível no instante que Nuero liberou sua Ressurrección. O Hollow interior de Krimer, o capitão Vizard, imediatamente foi desperto pelo poder do Arrancar e de uma forma mais agressiva, como que tomando para si a sede de sangue sensível momentos antes.

Imóvel, o capitão apenas pôde se ver perdendo o controle de seu alter ego, sentindo sua consciência desfalecer enquanto seu corpo começava a sofrer a transformação em espírito faminto. Seria um inimigo a mais para todos ali, um problema a mais para os capitães. O que os salvou dessa situação foi o repentino aparecer de fitas negras e hastes metálicas  prendendo o meio Shinigami ao chão e o imobilizando. Asura reaparecia executando o Kin, um pouco suado, com o corpo trêmulo embora gradativamente menos, e Reiatsu tão poderosa quanto em seu estado máximo.

Kiyoshi liberara o Bankai e atacava sem medir esforços para superar a investida de seu inimigo, conseguindo aproximar-se dele, mas tão desnorteado que sequer conseguira notar o segundo ataque do Hollow evoluído, a Negacíon na qual todo o ataque esbarrara inutilmente. Wakamaru, mais prudente, limitava-se a iniciar movimentos e fazer uma defesa mais simples, apesar de também liberar seu Bankai, visualizando que não conseguiria de imediato acertar Nuero. Krimer caíra, mas continuava três contra um.

Considerações:


  • A partir deste turno os sistemas serão aplicados sem quaisquer alterações.
  • Excepcionalmente para fins Narrativos o Bakudou Nº 99 utilizado contra Krimer não terá seu gasto de Reiatsu contabilizado.
  • Em razão de saída do fórum, Krimer está oficialmente fora da trama. Nenhuma interação além do aprisionamento dele por meio do Bakudou Nº 99 pode ser direcionada ao personagem dele.
  • Kasumioji Asura deve narrar o uso de um medicamento para forçar a recuperação de seu Reiatsu em pouco tempo.
  • Todos os personagem devem narrar que o ambiente permanece "anoitecido".
  •  A ordem de postagem é Nuero El Vacío - Kasumioji Asura - Kiyoshi Akio - Wakamaru Kai.
  • O prazo máximo para resposta é 48 horas. Quem exceder esse limite perderá o turno ficando à mercê da narração e dando livre espaço de atuação a seu oponente.
  • Qualquer dúvida enviem MP ao Narrador.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nuero El Vacío
Lider Hueco Mundo
Lider Hueco Mundo
avatar

Mensagens : 251
Data de inscrição : 13/08/2011

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Sab 6 Jul - 23:46

 

O pulsar do sangue, o bater do coração, o ecoar dos sons. Isso era tudo que eu percebia dentro de minha inconsciência, selado em minha Negacción. Pouco a pouco meu ímpeto era contido pelo simples fato de ser inútil e chato. Pouco a pouco eu ia recobrando a visão e noção dos eventos e entendendo tudo o que tinha acontecido. Minha pele era novamente negra em todo o meu corpo, exceto por meus ombros, pernas, asas e peitoral, onde voltara a ser vermelha. Meus braços e costelas recuperaram suas estruturas ósseas-metálicas, meus cabelos tinham recobrado o aspecto de chama e a luta começado em fato.

Fracote-chan ficara tão apavorado que tinha me atacado com todas as forças sem nem prestar atenção na possibilidade de eu ter feito outro movimento e eu tinha feito. Inclusive um que simplesmente anulou toda a ofensiva do capitão, o deixando ofegante enquanto meu Cuarto Cero acertava em cheio o pupilo de Nick-chan. Aliais, custo a acreditar que Anta-chan tivesse realmente tentado se defender. Mas espere! Fica pior! Cabelo-rosa-chan começou a dar um ataque e se transformar em Hollow no meio da luta e tudo porque ele era fraco demais para não ser influenciado pelo meu Reiatsu.

Quer dizer, um era idiota demais para considerar todas as possibilidades, o outro mal começou a luta já estava apanhando e eu ainda iria ter que dividir essas presas de segunda com o terceiro. Sério que os capitães da Soul Society não valiam nem o esforço de abrir uma Garganta? Eu já estava me arrependendo de ter deixado Taichou-chan fugir para se recuperar quando ele voltou selando os movimentos do híbrido doidão que era aliado dele e trazendo a situação novamente para o três contra um.

Minhas últimas esperanças eram que Anta-chan tivesse uma estratégia que valesse alguma coisa e Taichou-chan fosse mais capaz que os outros dois porque se não eu nem mesmo precisaria lutar, os Shinigami fariam todo o trabalho de se derrotarem sem a minha ajuda e isso seria tão chato! Bem, talvez a questão fosse exatamente essa, eles precisavam da minha ajuda! Sozinhos eles mal teriam chance de não se destruírem quanto mais de pelo menos me acertarem. Era melhor contar para eles como funcionavam os meus poderes, quem sabe assim eles não conseguissem fazer movimentos certos? Talvez até mesmo pudessem se tornar perigosos! Uma ameaça para mim! Um grupo de oponentes divertidos!

- PRESTEM ATENÇÃO! Berrei sobrepondo os urros do Vizard em frenesi e aprisionado abaixo de nós. Já que vocês não sabem lutar vou dizer cada vício, cada característica e cada fraqueza minha em combate. Assumi um tom de explicação sacástico, que parecia chamar e chamava meus oponentes idiotas a cada palavra. Espero que não me decepcionem ainda mais.

Falei em clara referência ao que Anta-chan dissera antes da luta começar. De fato ele estava pagando pela língua, ou melhor, pela minha diversão. Ele e os companheiros que bem, estavam ali como meus brinquedos então serviam para isso mesmo.

-Quando libero a Ressurrección não consigo controlar os meus instintos então acabo inconscientemente usando todas as minhas técnicas no menor espaço de tempo. Comecei fazendo exatamente aquilo que tinha dito, mas da forma mais arrogante e com o tom mais sarcástico imaginável. Por causa disso acabei misturando um Cero Comun, um Gran Rey Cero e um Cero Oscuras em uma técnica que chamo de Cuarto Cero que tem um poder de dano maior do que qualquer um dos outros três, mas que por causa da quantidade de Reiatsu é mais pesado. Por isso que meu primeiro ataque foi tão fraco, afinal todo mundo sabe que o ataque de alguém entorpecido não funciona completamente.

Eu sabia muito bem que não era qualquer um que conseguia fazer um ataque do nível do meu anterior, eu sabia que mesmo para os capitães aquela fora uma ofensiva extremamente poderosa, mas eu não poderia perder a chance de esfregar a diferença de poderes existente entre nós e me divertir com suas reações de seres patéticos e humilhados.

- Isto . Apontei para o feixe de luz amarelado que me circundava. Chama-se El Vacío e de uma forma que seu Cérebros posam entender... Ah, desculpem, a palavra cérebro é complicada demais para vocês. Falei fechando os olhos e dando de ombros. Começando de novo, El Vacío é um uma Negacción que eu posso disparar como se fosse um Cero, mas que não se liga a Hueco Mundo e nem eu posso dizer quanto tempo vai durar.

Continuei com o indicador esquerdo erguido para explicar cada movimento não catalogado que eu tinha feito. Pronto para entregando um manual de como enfrentar, contando tudo que era necessário para me vencer. Na verdade eu iria literalmente dizer como me vencerem porque se não fosse assim eles morreriam muito antes de descobrir.

- Quando El Vacío desaparece quem estava dentro da técnica acaba em queda livre, sem conseguir esquivar ou se defender, mas pode atacar e como essa técnica é um ataque similar aos Bakudou de vocês eu posso me envolver nela antes de ser acertado então para me vencer vocês tem que resistir até que eu esteja sem Reiatsu para usar El Vacío de novo, ok?

Certo. Cansei de explicações. Isso é uma luta ou uma aula de como crianças devem lidar com um oponente em guerra? Ah, é, eu ainda precisa dizer que os ataques ainda estavam começando. Bem, acho que a concentração de partículas espirituais já devia ter os feito concluir isso, mas nunca é bom subestimar a idiotice humana. Espera, eles não são humanos... Dane-se!

- Ah, outra coisa, essa noite que os cerca é na verdade meu Reiatsu e causa alguns efeitos espontâneos nos meus ataques alimentando as partículas espirituais deles. As massas de energia rubra e negra já estavam completamente materializadas àquela altura. No caso do ataque que acabei de lançar contra vocês, Cuarto Cero, depois de disperso e alimentado pela minha escuridão ele se reestrutura na forma dos dois mais poderosos Ceros dos Espadas e ataca meus oponentes de imediato então... Divirtam-me!

Finalmente pude me calar, finalmente pude sorrir com a malícia me tomando os lábios, finalmente pude aproveitar o apenas sou capaz de fazer nesta forma. Tornei-me predador e observador, vi meus ataques rasgarem os céus tingidos de vermelho e os meus oponentes encurralados neste jogo de tormento entre presa e predador visando Taichou-chan e Fracote-chan.

Off:

Cálculos de batalha:
 

__________________________________________


Karada wo mitasu kyōki (...)___________________________________________________________My body's filled with madness (...)
Tsuyosa dake ga ore wo tanoshimaseru (...)_____________________________________Power is the only thing that entertains me (...)
Kowashitainda shōdō no mama ni__________________________________________________________I want to destroy on impulse
Yami wo terasu kuroi taiyou___________________________________________________I'm the black sun illuminating the darkness
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kasumioji Asura
Capitão Tulipa
Capitão Tulipa
avatar

Mensagens : 627
Data de inscrição : 02/05/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Dom 7 Jul - 22:18

Talvez algumas coisas nunca mudem. Se sacrificar por outros tem sido meu esporte número 1 e isso me trouxe até esta posição. Fico feliz de ter terminado minha batalha rapidamente para poupar-me em cuidar dos ferimentos dos meus aliados, onde eu deixava o legado da próxima batalha, sem condições de continuar, confiando neles. Ainda sim, de fato eu sentia algo errado em relação a aquele Arrancar... Sua reiatsu não era como qualquer outra e no momento em que ele mostrou sua verdadeira forma, percebi que eu estava certo.


Recuei e sentei em uma das coberturas de um prédio nas redondezas para recuperar meu fôlego, todo aquele processo de recuperação realmente me esgotou. Pena que aquele pequeno momento de paz em meio tanto tormento iria terminar tão rapidamente com o... Descontrole do Krimer? Meu deus, mais problema em minhas mãos por causa desse maldito sentimento onde eu me sinto obrigado a fazer algo sobre. Aquele descuidado dele com certeza foi em fato da enorme reiatsu daquele Arrankar esquisitão e o seu poder que parecia ser mais complexo do que eu imaginava. Um escudo invencível e um ataque extremamente poderoso. - Preciso me recuperar antes, não queria usar isso agora, porém parece que não tenho escolha - De dentro do meu Haori puxei um frasco com um líquido de cor azul clara e inodoro. Removi a tampa e o tomei. Em uma questão de segundos, meu corpo se recuperava em 100% e ainda sobre os efeitos do medicamento, utilizei meu shunpo para ficar a dez metros de Krimer. - Sinto muito mas, você está demitido. - Eu precisava agir agora. Krimer estava piorando cada vez mais.


Apontei meus dois indicadores para o capitão Vizard e calmamente começei a bradar aquele kido do mais alto nível. - Bakudou nº99: Kin - As fitas espirituais e hastes de ferros rapidamente apareceram para contê-lo e mesmo assim, eu sabia que não seria o suficiente. Respirei profundamente e ainda sentindo o efeito do medicamento, continuei: - Shokyoku - Shiryu - As ataduras envolviam o corpo descontrolado de Krimer, o apertando cada vez mais. - Nikyoku - Hyakurensan - Mais hastes de metal apareciam perfurando-o e mesmo assim eu não queria arriscar. Era o suficiente para contê-lo no meu estado atual, porém, era evidente que me envolveria na batalha e eu não vou deixar o bakudou quebrar por descuido meu. - Shukyoku - Bankin Taihou - Minha voz foi mais fria enquanto o enorme cubo de metal esmagava-o. Poucas vezes eu fiquei tão sério e meu olho direito levemente fitava o momento final de Krimer naquela luta. Agora, era hora do show principal e o grande vilão já estava em cena, com um poder maior do que eu imaginava.


Com um enorme sorriso no rosto como isso tudo fosse uma grande estreia do maior espetáculo que já existiu naquela cidade, virei me para todos gritando em um tom feliz de voz. - Muito bem, muito bem! Parece que temos um grande Homem-Hollow-Arrankar aqui e ele não está de brincadeira! - Levei minha mão tampando minha boca enquanto não conseguia conter uma leve risada daquela situação. - Desculpe por ficar de fora Arrankar-san, já estou me sentindo bem melhor! Obrigado por me deixar descansar um pouco e cuidar deste problema interno que tivemos agora. - Me espreguicei e saltei para perto dos meus amigos capitães. - Kiyoshi-san, você contra-atacou bem, porém é inútil. Você vai ficar sem reiatsu mais cedo do que imagina e Wakamaru-san... Bem, eu não tenho o que dizer. - Em um rápido movimento e com meus olhos levemente abertos, apontei para Nuero no céu que parecia criar uma bela paisagem com o céu escuro. - Porém eu tenho certeza que nosso novo adversário tem algo a dizer! - É claro que tinha.


Pelo que eu observei esse Arrankar estava ali por diversão e percebeu como deixar as coisas mais interessantes, contando tudo que precisávamos saber. Levei a mão até o queixo enquanto ao que parecia vir um ataque até nós. - Huuum, El Vacío? Desculpa mas eu não prestei atenção em nada do que você disse. Haha - Por que não brincar com ele? Ele disse que somos burros afinal. 


O poder de fogo era incrível, eu podia sentir a energia maciça vindo em minha direção e do Kiyoshi também. Abri meus braços e gritei aos céus. - Kiyoshi-san! Vamos ver as luzes de perto! Ver o quão elas podem brilhar! - Soava como uma criança dizendo "Fique parado e deixe bater em você". Tínhamos que fazer o que era necessário e agora era poupar reiatsu.


A dor imensa. O ataque me atingiu ao peito fazendo com que eu recuasse alguns metros para trás. Esse poder me lembrava uma certa outra pessoa que está em um lugar melhor que este. Me ergui aos poucos, pegando meu chapéu que havia caído ao meu lado. - Muito bem, você realmente sabe como colocar o holofote em alguém. Agora é nossa vez de se manter em pé - Pulei novamente para perto do Wakamaru que se mantinha ileso deste ataque. - Vem Kiyoshi! Me escutem! Eu vou curar vocês com o Hashinshu para mantê-los em pé, porém minha reiatsu não é ilimitada. Eu preciso que ambos usem com suas bankais liberadas a técnica Chyuudou em mim, duas vezes cada um. - Virei-me para Wakamaru, sabendo que isso seria difícil para ele, afinal, era uma questão de honra não usar Kidous. - Eu sei que é difícil para você Wakamaru-san, porém é a única forma que eu vejo de combater os ataques dele até sua barreira cair. Preciso da ajuda de vocês. - Estava feito. Eu tinha certeza que Kiyoshi iria me seguir, porém Wakamaru ainda era incerto. Tudo que eu podia fazer era acreditar que ele escolheria o caminho que eu pedi.


Saquei minha zanpakutou e de uma vez só, chamei minha companheira. - Ban.. Kai! Jigoku no Shoki! - Minhas adagas se revelaram para dar o poder que eu precisava. - Hashinshu! - Bradei enquanto apontava para Wakamaru e logo em seguida para Kiyoshi. Dois movimentos, duas técnicas, dobro de prejuízo e uma dupla de esperança.


 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Dados, meus bebês... Número grande pro Papai *----*


Cura #1 Wakamaru: (D100)49 + 20(Barra) = 69                       | Turno de efeito = (D12) 9  + 1 = 10 rodadas
Cura #2 Kiyoshi: (D100)70 + 20(Barra) =  90                            | Turno de efeito = (D12) 4  + 1 = 5 rodadas


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Vida: 300
Reiatsu: 300 - 60 = 240
Tejun Shunpo: 14
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 Técnicas Utilizadas:
Spoiler:
 

__________________________________________


Última edição por Kasumioji Asura em Dom 7 Jul - 23:23, editado 4 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Dom 7 Jul - 22:18

O membro 'Kasumioji Asura' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

#1 'd100' : 49

--------------------------------

#2 'd100' : 70

--------------------------------

#3 'd12' : 9

--------------------------------

#4 'd12' : 4
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiyoshi Akio
Capitão Lírio
Capitão Lírio
avatar

Mensagens : 583
Data de inscrição : 13/08/2011

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Seg 8 Jul - 21:41

 
Óh só podia ser brincadeira. O combate mal tinha começado e eu já tinha feito uma burrice que poderia condenar-me, ataquei com uma reiatsu monstruosa contra o Arrankar-san que estava envolvido em uma Negáccion. Não tinha percebido tal movimento e quando minha zampakutou se chocou fui jogado a metros longe com um dano interno em mim que me tirou o ar de meus pulmões por alguns segundos. Wakamaru defendeu mesmo que mal, mais aquilo me intrigara por que ele tinha meios para defender com seriedade e por que não o fez? Bem não sabia, talvez estratégia?
 
Krimer o nosso outro companheiro naquele combate enlouqueceu, explodiu em um reiatsu negro e completamente diferente. O ar ficou rare feito novamente forçando qualquer ser inferior a um capitão ir ao chão, uma voz distinta com dois tons diferentes se manifestava em urros de agonia e sede por sangue. Era o hollow dele o seu arqui-inimigo estava tomando o controle, recuei. Nuero começava a falar seus pontos fracos.
 
" Arrogante, contar os pontos fracos é o maior insulto para com os inimigos. Louco-san se arrependerá de contar suas fraquezas. "
 
— Que momento oportuno para Krimer ceder a criatura._Ironizei enquanto observava, o combate fora interrompido, fitei o Arrankar-san que parecia estar se divertindo com a fraqueza do capitão Vizard naquele momento. A transformação se completava quando Asura surgiu. Fitas espirituais surgiam junto com estacas de metais que prendia as fitas contra algo sólido, seguidamente, ataduras o envolviam tentando restringir os movimentos do hollow e por fim um enorme cubo metálico de reiatsu surgia do céu negro criado pela reiatsu do tirano, que, esmagava Krimer.
 
Citação :
 — Muito bem, muito bem! Parece que temos um grande Homem-Hollow-Arrankar aqui e ele não está de brincadeira!
 
" Krimer... "
 
O hollow gritava enfurecido odiando o fato de ser impedido de realizar seus atos malignos. Uma ponta de felicidade surgia em mim, um novo aliado estava no combate porém outro desfalque. Asura estava com uma ótima aparência, nem aparentava estar cansado com o gasto enorme de reiatsu, algo ele tinha feito para se recuperar.
 
 
O inimigo já entrava em ecstâse, frenesi, transe novamente. Reunindo as partículas espirituais do Cuarto Cero o Arrankar conseguiu "re-criar" aquele enorme poder de fogo que se manisfestava em dois ceros diferentes que eram direcionados a mim e a Asura. Preparei a reiatsu para defender tal golpe, que seria esmagador quando...
 
Citação :
- Kiyoshi-san! Vamos ver as luzes de perto! Ver o quão elas podem brilhar!
 
— Você está louco? Se não defendermos vamos sofrer danos gigantescos!... Está bem, vou fazer o que pede.
 
Juntei minhas duas lâminas em " X " protegendo o coração e o pescoço, as partes mais vitais e me preparando para o impacto da técnica que avançava com um ferocidade enorme contra nós dois. Fechei os olhos e firmei-me na placa de reiatsu para ajudar um pouco na hora do impacto. BOOM! Fomos acertados. Fui jogado a metros de minha posição original com uma enorme queimadura no tórax que fumaçava.
 
— Arghh, arghh.. _Me levantei com o auxílio de minhas espadas. Concentrei reiatsu nos pés e usei o shunpo nível 7 para ficar ao lado de Asura-kun que já arquitetava um plano em sua mente.
 
Citação :
— 
Citação :
Vem Kiyoshi! Me escutem! Eu vou curar vocês com o Hashinshu para mantê-los em pé, porém minha reiatsu não é ilimitada. Eu preciso que ambos usem com suas bankais liberadas a técnica Chyuudou em mim, duas vezes cada um.
 
Já tinha uma ideia do que ele pretendia. Aquela Negáccion do homem não duraria para sempre como sua reiatsu, no momento em que aquilo caísse seria o momento de exterminá-lo de uma vez por todas. Asura reuniu sua energia espiritual e apontando para mim e Wakamaru executou o kidou medicinal avançado recuperando nossos corpos dos ferimentos. Era nossa vez de ajuda Asura. Me aproximei dele e juntando as mãos apontei para ele concentrando minha reiatsu.


— Chiyu-dö.





MALDITOS DADOS!!!

Cálculos:
 



Status:
 



Técnicas utilizadas:
 

__________________________________________







"Pouco conhecimento faz com que as pessoas se sintam orgulhosas. Muito conhecimento, que se sintam humildes. É assim que as espigas sem grãos erguem desdenhosamente a cabeça para o Céu, enquanto que as cheias as baixam para a terra, sua mãe."
Leonardo Da Vinci

"Às vezes a verdade e a realidade não condizem." Achilles Davenport

" Aquele que aumenta seu saber, também aumenta seu pesar. " Al Mualim " O Velho da Montanha "


Última edição por Kiyoshi Akio em Ter 9 Jul - 18:15, editado 4 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Seg 8 Jul - 21:41

O membro 'Kiyoshi Akio' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'd100' : 15
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wakamaru Kai
Capitão Camélia
Capitão Camélia
avatar

Mensagens : 1114
Data de inscrição : 24/01/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Sab 13 Jul - 1:15

As coisas não estavam muito a nosso favor... Eu havia tentado me defender do Quarto Cero, do arrancar, mas não havia dúvidas de que isso não era um simples Cero. O ataque me acertou em cheio, deixando a defesa de leão completamente inútil.

O inimigo desta vez era alguém forte... Sim não estávamos diante de um simples arrancar, se tratava de um ser com um nível muito superior... Podendo até ser comparado ao próprio Comandante, se não até mais poderoso. 

" -Kisama!! Acho que subestimei este maldito... É hora de lutar pra valer!! "

Enquanto eu me levantava, me recompondo do ataque sofrido... Aconteceu algo que surpreendeu a todos. Krimer o capitão vizard, se demonstrava fora de controle... E o pior parecia que estava sendo completamente dominado pelo seu lado hollow... Talvez fosse por influência da reiatsu do arrancar... Ou não, mas com Krimer fora de si, deixaria o combate em dois contra dois... O que seria catastrófico em uma hora dessas... Já que em três mal conseguimos entender a forma que o inimigo luta.

Foi então que surgiu uma presença ilustre... Sim ele estava de volta. Mesmo não estando com sua força total, o Kasumioji-taichou retornou na hora exata. E com seu raciocínio rápido, lançou alguns de seus bakudous de alto nível... Aprisionando o capitão vizard. 

-Kasumioji-san... Apareceu em boa hora... Creio que estamos com um pouco de dificuldade aqui... Dizia enquanto um pequeno sorriso se formava em meu rosto...

O inimigo gostava mesmo de joguinhos... Sim esse era o perfil dele... Brincar com as presas antes de devorá-las... Não que isso fosse acontecer, mas ele adorava esse tipo de coisa... Tanto que começou a explicar suas técnicas, e nos dar dicas de como vencê-lo.

-Ei arrancar... Nos poupe desse seu papo furado! Que tal parar de nos subestimar e lutar a sério?  


Sem dar tempo de pausas, o arrancar resolveu atacar novamente... Desta vez seus alvos eram Asura e Kiyoshi, eu ainda não havia entendido porque o maldito havia me ignorado, mas pelo seu jeito de lutar e por gostar de jogos... Isso poderia ser uma de suas táticas.

O capitão tulipa estava mesmo disposto a arriscar tudo para vencer o oponente, a ponto de pedir para que o líriano não se manifestasse contra o ataque do arrancar... " -Eles só podem estar de brincadeira!!! "

A princípio eu confesso que não entendi a atitude de Asura, mas logo após receberem o ataque em cheio... O mesmo resolveu contar sua estratégia. Então usou um kidou em mim e no Akio... Com o intuito de nos manter firmes até o fim da barreira El Vácio.

O pedido de Asura foi no mínimo uma surpresa pra mim, pois eu usar kidou? Não isso não era uma opção... Eu havia prometido nunca usar kidous... Desde minha primeira luta contra o Akechi-Sensei. Porque eu teria que estar em uma situação como esta? Isso não poderia estar acontecendo comigo... Mesmo sabendo que a Soul Society estava em perigo, assim como nós mesmos poderíamos sucumbir aqui... Caso eu me recuse a usar...

... Como eu poderia encarar os shinigamis de meu esquadrão? Do qual um de nossos orgulhos é não usar kidou em batalha. O que o Akechi faria? Ou até mesmo o Saga? Ou Kuro? Talvez se fosse eles poderiam vencer o inimigo sem precisar passar por isso... O que só mostra que o meu nível ainda é baixo.

Olhei para o campo de batalha... Observando cada centímetro do local... Podia ver o Krimer que nem teve a escolha de lutar contra seu lado hollow... Simplesmente foi engolido pelo seu lado negro. Do outro lado Akio que mesmo sendo atingido duas vezes pelo inimigo se mantinha de pé... Seus olhos brilhavam... E ele confiava cegamente na tática de Asura... 

Talvez o destino da Soul Society esteja em minhas mãos neste momento... Não era justo eu ter que encarar este tipo de responsabilidade. Salvar meus amigos? Ou defender a minha honra? 

-Kisama!!! Kasumioji-san... Akio-san... Isso fica só entre nós! Qualquer um que espalhe isso eu mato pessoalmente!!

Segurei firme o Zankuro-san... Meu olhar estava sério... Eu estava disposto a confiar no Asura... Deixando meu orgulho de lado... Apontei para o mesmo enquanto bradava... -Chyuudou!!! Asura pode contar comigo!

Estava feito e agora não tinha mais volta... Era hora de lutar pra valer, e aquele ser que me fez passar por isso ia pagar... Não só por fazer eu quebrar um juramento, mas também pelo que havia feito com o capitão  vizard.


-Ei arrancar vai pagar caro por mexer com meus amigos!!!

--------------------------------------------------------------------------------------

Cáuculos de batalha:
 

__________________________________________


"Há muito tempo atrás, a Soul Society conheceu o demônio Zaraki Kenpachi... Ouve rumores... De que um dia surgiria alguém com o mesmo instinto assassino... O que poucos sabem... É que o demônio guerreiro... Já está entre eles... Apenas aguarda para ser despertado."

- Narração - Falas - Pensamentos - Zanpakutou - ( Kai )
- Narração - Falas - Pensamentos - ( Baken )


Última edição por Wakamaru Kai em Dom 14 Jul - 0:39, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Sab 13 Jul - 1:15

O membro 'Wakamaru Kai' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'd100' : 35
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narrador
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 547
Data de inscrição : 30/08/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank:
Life Life:
600/600  (600/600)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Sab 13 Jul - 21:50

Qual fora a última vez que três guerreiros do nível de um capitão Shinigami vacilaram encarando o mesmo indivíduo? Provavelmente a única vez em que isso havia acontecido foi quando os três traidores Sousuke Aizen, Ichimaru Gin e Kaname Tousen se depararam com Yamamoto Genryuusai. Provavelmente era impensável imaginar que algo assim se repetisse com outra pessoa, mas estava se repetindo. Já não havia mais um capitão que não estivesse consideravelmente ferido.

Krimer estava descontrolado e selado, Kiyoshi sofria dano desde que não vira a Negacción em torno do Arrancar, Asura sequer tentara se defender ao confiar sua recuperação a seus companheiros e nem mesmo Wakamaru, que não tivera problemas com o Quinto Espada, conseguira evitar de ser atingido pelo Cero do líder inimigo que ileso apenas ridicularizava os inimigos tirando prazer disso. Erro crasso.

Nuero, que sequer tinha-se apresentado, explicara de forma simples e detalhada suas habilidades apontando abertamente suas fraquezas e a atenção dos Shinigami rendera a reação mais correta, uma das poucas estratégias capazes de enfrentar a força do tirano e a última esperança do trio que o enfrentava. O problema dessa última esperança estava no trabalho de equipe exigido, o uso de Kidou medicinail. Seria uma afronta a honra do capitão cameliano que herdava o tolo orgulho de sua tropa que insistia em não usar Kidou, mas nem isso fora o real problema. Kai sabia que não apenas sua vida, mas a de seus companheiros dependiam dele matar seu orgulho, que como todo orgulho era algo idiota, e assim o fez. O problema estava na inexperiência com técnicas medicinais do cameliano e de Kiyoshi que tentando executar dois Chiyuudou tendo pronunciado o encantamento apenas uma vez conseguiram um resultado bem insatisfatório.

 Considerações:


  • Por não terem lançado os dados referentes aos seus segundos Kidou medicinal tanto Kiyoshi Akio quanto Wakamaru Kai tiveram no mesmo apenas o valor do bônus considerado.
  • Todos os personagem devem narrar conforme o ambiente que permanece "anoitecido".
  •  A ordem de postagem é Nuero El Vacío - Kasumioji Asura - Kiyoshi Akio - Wakamaru Kai.
  • O prazo máximo para resposta é 48 horas. Quem exceder esse limite perderá o turno ficando à mercê da narração e dando livre espaço de atuação a seu oponente.
  • Qualquer dúvida enviem MP ao Narrador.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nuero El Vacío
Lider Hueco Mundo
Lider Hueco Mundo
avatar

Mensagens : 251
Data de inscrição : 13/08/2011

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Dom 14 Jul - 22:48

Três capitães, três bankais, três presas! Ah, a dor de Taichou-chan ao ser atingido... Hum, hum, o medo de Fracote-chan ao ouvir para se deixar atingir... Haaaah, e claro, o melhor, a humilhação de Anta-chan que teve de engolir todo o orgulho e usar um Kidou de cura, o mais básico deles! Tudo aquilo era tão incrível! Vê-los tão dobrados, tão indefesos e ainda assim tão firmes em combater a mim! Isso, capitães! É assim que se reage! Eu simplesmente não pude evitar que meu sorriso chegasse ao máximo, eu simplesmente não tive como poder conter minha gargalhada! Simplesmente não pude deixar de olhar aqueles brinquedos que estavam finalmente sendo tão divertidos! Sim, sim, finalmente minha ida ao Mundo Real estava valendo a pena e dane-se se meus ombros balançavam psicoticamente e minha voz ecoava!

Fui parando aos poucos, ignorando tudo e todos, fechando meus olhos, deixando o sorriso se fixar em meus lábios e fechando meus olhos. Minha respiração acalmou, mas eu queria mais. Mais daquele tremor insano, mais daquele prazer que me vazia explodir em gargalhada, mais do tormento de meus oponentes! Só de pensar nisso, só de imaginar em ter mais do que eu queria, já sentia meus olhos dilatarem e meu corpo querer avançar em outro rasante. Não! Eu não podia me deixar perder o controle agora! Os capitães apenas tinham começado a realmente me divertir, eu apenas tinha começado a realmente aproveitar aquele confronto todo, não podia fazer durar tão pouco! Conter, me conter, era disso que eu precisava e foi só nisso que pensei enquanto começava a controlar minha respiração.

Quando finalmente a Negacción tinha deixado de ser a única coisa me impedindo de avançar contra minhas presas pensei logo em como me divertir com aquilo tudo. Era difícil demais pensar em uma maneira agora que minha mente voltava-se para como eu conseguira aproveitar o momento anterior, para como fazia tempo desde que eu experimentara o sabor de lutar em minha forma mais poderosa. Consegui apenas lembrar das palavras que tinha a responder e de minhas explicações pateticamente detalhadas de como me enfrentar e decidi começar por ali mesmo. Claro que eu continuaria ignorando sumariamente o Anta-chan.

- Taichou-chan, você é um péssimo mentiroso, sabia? Na verdade não. O cinismo dele deveria enganar a maioria das pessoas, mas infelizmente para ele eu podia dizer o contrário e por não ser como a maioria eu conseguia ver através dele. Sua reação aos últimos ataques foram um atestado de que você prestou atenção em cada palavra que eu disse, diferente do que os seus amiguinhos fizeram com você. Continuei ignoranto Anta-chan completamente. Até os Hollows sabem que para usar um Kidou se deve dizer pelo menos o nome a cada execução.

Falei como estivesse contendo uma risada e fazendo o erro dos outros dois capitães parecer algo realmente idiota. Na verdade eu mesmo tinha curiosidade se as técnicas medicinais funcionavam como Kidou comum ou não, mas nunca tive de aprendê-los para me preocupar. Os Shinigami pareciam agora ter uma base em todos os estilos de combate e isso provava fazer a diferença entre me divertirem sobrevivendo e morrerem pateticamente naquele combate, mas parecia também que nenhum deles era inteligente o bastante para pelo menos dominar a base completamente. Isso me fez pensar que talvez Genryuusai não tivesse como fazer um teste de QI nos Shinigami porque se aqueles dali eram a elite, capaz dos outros nem entrarem no Gotei e aí já viu, né?

- Só me pergunto quem te acostumou a lidar com ataques dos quais não pode fugir. Indaguei balançando positivamente a cabeça. Talvez fosse um oponente interessante, mas como só tem vocês vou continuar explicando a luta.


Conclui minha frase fitando o horizonte em um tom área como se pensasse alto. Fosse verbal ou corporalmente eu estava chamando os capitães de oponentes indignos, fracos mesmo, e de maneira bem clara. Ridiculamente escrachada de tão clara, para ser sincero. Quase esqueci da explicação da luta. Era realmente fácil deixar de prestar atenção nos meus oponentes de tão pouco que eu precisava me concentrar neles.

- Como devem ter percebido meus ataques ficam mais fortes cada vez que reestruturados pelo meu Reiatsu e apesar das reações de reestruturação serem espontâneas eu posso controlar tanto elas quanto os ataques livremente. Falei gesticulando com ambos os braços até me deter com um olhar cínico. Ah, essa última parte quer dizer que eu posso forçar as reações a acontecerem ou não e definir o alvo dos ataques reestruturados.

Eu já começava a me divertir com aquela aula! Ver os Shinigami impotentes, sendo tratados como idiotas e totalmente incapazes de mudar quilo fazia o tempo gasto com a explicação valer a pena e por falar explicação toda que é realmente boa tem sempre um exemplo prático e qual seria melhor do que um ataque elaborado? Em uma luta contra oponentes em maior número é melhor atacar ou o elo fraco para diminuir a desvantagem ou o elo forte para acabar com a maior parte da força de equipe da qual eles dependem então atacar Taichou-chan seria o meu exemplo!

- Prestem atenção em como vou lançar três ataques em Taichou-chan. Como que ressonando à minha voz as partículas espirituais que alvejaram Fracote-chan e Taichou-chan começava a se aglomerar em dois pontos, um de cada lado da Negacción.  Vou forçar duas reestruturações, a primeira vai lançar os dois Ceros e a segunda vai fundi-los no Cuarto Cero. Quem for acertado por dois desses está ferrado, but the show must go on!

 Quando terminei minha fala os disparos de Reiatsu atravessaram o espaço entre mim e o comandante médico. Não me dei ao trabalho de usar o Peskis para saber o que acontecia por trás da cortina de fumaça levantada pelas explosões e nem esperei para ver. As partículas dos dois Ceros se fundiram no Cuarto e avançaram novamente contra o alvo primário. Vamos ver como

 
Off:

Cálculos de batalha:
 

__________________________________________


Karada wo mitasu kyōki (...)___________________________________________________________My body's filled with madness (...)
Tsuyosa dake ga ore wo tanoshimaseru (...)_____________________________________Power is the only thing that entertains me (...)
Kowashitainda shōdō no mama ni__________________________________________________________I want to destroy on impulse
Yami wo terasu kuroi taiyou___________________________________________________I'm the black sun illuminating the darkness
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kasumioji Asura
Capitão Tulipa
Capitão Tulipa
avatar

Mensagens : 627
Data de inscrição : 02/05/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Dom 21 Jul - 20:31

Como eu podia já estar exausto? Será que eu estava me sentindo sobre pressão? Mais uma vez eu era o alvo e agora de três ataques. Isso fazia-me perguntar novamente: "Por que eu peguei este trabalho mesmo?" Ah sim, para proteger os humanos, a Soul Society e blá blá blá blá. Eu fico pensando, o que ele faria aqui no meu lugar? Provavelmente já teria vencido talvez. E por que eu sempre fico tendo estas desilusões dentro do combate? Será se é por que a esperança de vitória desaparecia rapidamente?
 
Nenhuma resposta para nenhuma pergunta. - Confio á vocês os outros dois. - Três ataques e o primeiro era meu. O deixei vir e me acertar para que eu pudesse me curar. As coisas estavam cada vez mais apertadas assim como a dor que eu sentia daquele terrível ataque. - Keikatsu - Bradei apontando ambas as mãos para mim. Novamente, - Keikatsu - Eu continuava em pé e sem condições de auxiliar mais ainda meus amigos neste ataque. Virei meus olhos para eles, vendo o que iria acontecer. 
 
---------------------------------------------------------------------------
 
Cura #1: 36(D100) + 20(Barra) + 5(Bônus) = 61
Cura #2: 24(D100) + 20(Barra) + 5(Bônus) = 49


---------------------------------------------------------------------------


Vida: 210 - 177 = 33 + 61(Cura #1) + 49(Cura #2) = 143
Reiatsu: 240 - 10 = 230
Tejun Shunpo: 14


--------------------------------------------------------------------------

Técnicas Utilizada:
Spoiler:
 

__________________________________________


Última edição por Kasumioji Asura em Dom 21 Jul - 20:32, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Dom 21 Jul - 20:31

O membro 'Kasumioji Asura' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

#1 'd100' : 36

--------------------------------

#2 'd100' : 24
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiyoshi Akio
Capitão Lírio
Capitão Lírio
avatar

Mensagens : 583
Data de inscrição : 13/08/2011

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Seg 22 Jul - 19:13

Aquele combate estava se provando mortal e aterrorizante, pelo menos para mim. Não podia negar que o medo de falhar em combate e a Soul Society cair não estava presente, aquele homem, aquele Arrankar, aquela coisa continuava de pé sem demonstrar nenhum sinal de fraqueza em seu semblante. Envolvido na proteção da Neggácion falava e falava, gesticulando movimentos e caçoando de nós três, especialmente de mim me chamando de Fracote-chan, óh céus como eu odeio aquela coisa e como eu quero desmembrá-lo e jogar no último nível da prisão do Ujimushi (Ninho do Vermes).

Recebemos o ataque, nós dois, eu e Asura que lutava para se manter de pé com o excessivo gasto de reiatsu devido a ter de curar Wakamaru e eu, principalmente eu, que estava sendo um fardo pesado que já começava a arrastar os meus dois companheiros para as profundezas da derrota e da morte. Minha moral estava baixa assim como meus julgamentos. Eu era digno de ser capitão do segundo esquadrão? Eu não sou nada mais do que um fardo pesado para meus companheiros? E o que aconteceria ali comigo? Óh céus estou perdido em medo e pensamentos que puxam meus pés para o abismo.

" Se ele mandar outro Cuarto Cero contra nós é certo que não que vou cair em combate, isso se eu não morrer. Não tenho muita reiatsu mais para um ataque efetivo contra ele, e nem para manter meus companheiros de pé por muito tempo, se o ataque vir novamente vou tomar conta do mais poderoso... "

O Arrankar continuava a falar, deliciando-se com o combate, finalmente. Com as nossas tentativas de nos manter vivos, com minha luta contra o pavor que aquela coisa causava em mim e com a humilhação a que Wakamaru foi forçado a aceitar. Por fim terminou seu discurso ácido,  preparando mais um movimento. Dois Ceros se formaram nas duas extremidades da Neggácion, disparando contra Asura. Os dois Ceros se fundiram em um maior e com muito mais poder destrutivo, com uma massa incrivelmente grande.

— Deixo o resto com vocês..boa sorte..._Falei calmo por fora, porém aterrorizado por dentro, usando o shunpo me joguei na frente do Cuarto Cero mais poderoso absorvendo todo o impacto e dano em meu corpo e privando o dano daquela técnica que era direcionada ao Líder Médico.




Status:
 

__________________________________________







"Pouco conhecimento faz com que as pessoas se sintam orgulhosas. Muito conhecimento, que se sintam humildes. É assim que as espigas sem grãos erguem desdenhosamente a cabeça para o Céu, enquanto que as cheias as baixam para a terra, sua mãe."
Leonardo Da Vinci

"Às vezes a verdade e a realidade não condizem." Achilles Davenport

" Aquele que aumenta seu saber, também aumenta seu pesar. " Al Mualim " O Velho da Montanha "
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wakamaru Kai
Capitão Camélia
Capitão Camélia
avatar

Mensagens : 1114
Data de inscrição : 24/01/2012

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   Ter 30 Jul - 0:12

O combate não estava na vantajoso para o nosso lado, parecia mesmo que os capitães da Soul Society iriam sucumbir as forças do Hueco mundo. Não havia mais aquela esperança do início, a batalha se resumia em uma luta épica entre um ser com um poder comparado a um Deus... Ou melhor um Demônio, estraçalhando seus adversários um a um.


O arrancar era um ótimo estrategista, percebeu rápido que o capitão tulipano era um pilar importante nessa batalha. Sendo assim lançou três poderosos ceros, indo em direção a Asura. 


Como era de se esperar o capitão tulipano ainda acreditava em sua estratégia, sendo assim foi atingido em cheio pelo primeiro cero. Mas logo em seguida se curou, usando sua arte de cura.


Já Akio não pensou duas vezes antes de questionar Asura, usou a velocidade de seu shunpo e apareceu diante do segundo cero. Sendo gravemente ferido pelo ataque do arrancar. 


Mas ainda restava mais um cero... Eu estava disposto a servir de escudo, não me importava em ser um mero peão nessa luta. Só de poder dar uma chance a Soul Society... Já era o bastante para me convencer. Eu tinha que lutar por eles, sim por todos os pobres shinigamis que morreram ao decorrer desta batalha. Além de Krimer que estava preso em um bakudou, totalmente fora de controle... Akio, Asura, todos se sacrificando em um único objetivo... Derrotar os arrancars...


 -Kasumioji-Taichou, não se preocupe vou ajudá-lo!!! No momento em que eu ia interromper o ultimo ataque... Algo ecoou dentro da minha cabeça...


" - Não... Não agora shinigami patético... Suas ações inúteis acabam aqui... É hora de um verdadeiro guerreiro despertar!!! "


Logo meu corpo parou... Fiquei imóvel por alguns segundos, meu corpo então voltou a se mover... Só que minha consciência havia sumido... Não era mais Wakamaru Kai que estava diante de todos. Era alguém mais poderoso, um ser mais violento... Uma nova pessoa... Ou melhor uma nova personalidade. 


Enquanto o cero ia de encontro o seu alvo... A reiatsu desse novo ser começava a fluir de uma forma brusca... A energia de cor avermelhada, iluminava aquela noite... Mas logo a reiatsu se estabilizou, com isso, uma nova figura era revelada... O corpo de Wakamaru ficou coberto de marcas antigas... Uma espécie de tatuagem, dos antigos clãs malignos. Seu cabelo ficou completamente prateado, seus olhos eram brancos. 





 -Sinto atrapalhar a estratégia estupida de vocês... Mas eu Baken o demônio guerreiro assumo daqui!


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cáuculos de batalha:
 

Técnica usada:
 

__________________________________________


"Há muito tempo atrás, a Soul Society conheceu o demônio Zaraki Kenpachi... Ouve rumores... De que um dia surgiria alguém com o mesmo instinto assassino... O que poucos sabem... É que o demônio guerreiro... Já está entre eles... Apenas aguarda para ser despertado."

- Narração - Falas - Pensamentos - Zanpakutou - ( Kai )
- Narração - Falas - Pensamentos - ( Baken )
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Bairros de Tokyo   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Bairros de Tokyo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

 Tópicos similares

-
» Parceria Tokyo Ghoul RPG
» Quest - Tokyo Ghoul Brotherhood
» Tokyo Sky Tree
» [País do Vento] Vasto Deserto
» | -- QUEST--| - Ruínas do Tempo
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Versão 3.0 - Time Break :: Mundo Real :: Japão :: Cidade de Tóquio-