Versão 3.0 - Time Break

Olhe na seção "Resumo de Tramas" para ficar por dentro de tudo o que acontece na Soul Society ou no Japão!
Corram Todos!




Versão 3.0 - Time Break


 
Portal BleachInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Pátio de Tulipa

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Naoko Hanakimi
Vizard
Vizard
avatar

Mensagens : 163
Data de inscrição : 23/02/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: C
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
546/1000  (546/1000)

MensagemAssunto: Pátio de Tulipa   Sab 12 Jun - 16:37

Relembrando a primeira mensagem :



Um dos mais belos lugares da soul society fica no esquadrão tulipa, seu patio contem uma grande area a qual deixa qual quer um de boca aberta, o local é calmo lugar perfeito para se refletir e descansar...


Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Yoshiro Hanakimi
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa


Mensagens : 441
Data de inscrição : 29/03/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
724/1000  (724/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 10 Set - 20:34

Yoshiro estáva com um fio nojento em sua garganta, o garoto não se molve e diz pela mente para Honoo:
- Kuroi honoo no kiri (Névoa de chama negra), use isso com sua força total, to precisando de uma mãozinha aqui, mas sei o que vou fazer após isso tudo...
- Ok Mestre, mas tens que me ajudar também, preciso que você escape para eu poder dar um trato nesse cara...
Honoo usa a Habilidade e Yoshiro tenta escapar da quele fio agoniante, o garoto pega a zampakutou e corta o fio de sangue, logo após o local fica todo escuro, o garoto usa o Seikuken novamente para flutuar, o já que o garoto não podia correr pelo chão, pelo menos voar ele poderia... O jovem usa a shumpo no máximo para sair do local. Quando ele estáva bem longe de Hikari o garoto vai diminuindo o seikuken de vagar, logo após, o garoto chega no chão seguro e coloca a mão nos ferimentos, ele diz:
- Chiyudou
Os ferimentos começam a se curar facil, o garoto se levanta e diz:
- Kuroi honoo o sakugen suru(Corte de chama negra)
Apenas Yoshiro podia enchegar na quela escuridão pela sua shikai, o garoto lança cortes pelo corpo de Hikari e usa a shumpo até lá, Hikari estava com uns cortes feios e de queimaduras de 4° grau, aquela chama era muito forte, mas ainda não se espandio no máximo. O garoto puxa uma zampakutou de Hikari e quebra a corrente com um golpe, depois ele faz com a outra parte a mesma coisa. Yoshiro pula bem alto e volta no chão com força com as zampakutous, as partes das zampakutous de Hikari se afunda bem longe e seria bem dificil tira-las dali. O garoto olha para Hikari e diz:
- Verdade, Luta é Luta - Yoshiro da uma pausa e aponta os dedos para o pé de Hikari, logo após ele diz:
- Byakurai.
Dois buracos forão feitos no pé de Hikari, mas como ele queria lutar de verdade, Yoshiro estava dando uma luta de verdade para o garoto... Yoshiro usava a escuridão como uma habilidade muito boa para liberar força total de sua zampakutou, o garoto expandi sua reatsu e um fogo negro aparece na sua shikai. O garoto pega sua zampakutou e dá uns cortes no braço de Hikari, as queimaduras eram muito forte, era mais forte do que o fogo de um sol, mas ainda não estava no força máxima para chegar nesse ponto, a queimadura foi apenas de 10° Graus, o que deixou seu corpo marcado e bem feio, os ossos ficaram espostos e Yoshiro não queria nem ver. Yoshiro se afasta e vai para longe, todo lugar que ele passava a grama ficava seca e as arvores morriam de tanto calor. O garoto não estáva na força bruta mas deixou que a névoa tomace conta de Hikari...

OBS: A névoa contém particulas de minhas chamas, elas absorvem reatsu e queimam reatsu, ela pode queimar um pouco o corpo do adversario e me deixa mais forte com cada vez mais reatsu...


Última edição por Yoshiro Hanakimi em Sab 11 Set - 11:39, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC


Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 10 Set - 20:34

O membro 'Yoshiro Hanakimi' realizou a seguinte ação: lançar dados

#1 'd20' : 10

--------------------------------

#2 'd20' : 19
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC


Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 10 Set - 21:18

O membro 'Hikari Ukyo' realizou a seguinte ação: lançar dados

#1 'd20' : 5

--------------------------------

#2 'd20' : 20
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yoshiro Hanakimi
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa


Mensagens : 441
Data de inscrição : 29/03/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
724/1000  (724/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 11 Set - 11:50

Aquela agua estava afogando Yoshiro, mas já que ele tinha um tempo determinado para poder respirar e falar o garoto diz:
- KUROI HONOO FORÇA TOTAL, QUEIME SUAS CHAMAS ATÉ EVAPORAR ESSE POUQUINHO DE AGUÁ...
Yoshiro expandi seu reatsu no máximo o vento muda de direção contra Hikari, logo após ele expos sua energia na zampakutou, a chama negra almenta e evapora a aguá num piscar de olhos, o garoto olha para Hikari e as zampakutous vinham em sua direção. A primeira zampakutou que vinha vindo ia acertar o ombro de Yoshiro, o garoto vira o corpo para não ser acertado, quando ele vira a zampakutou fica presa na terra, o jovem pisa bem forte nela e faz ela ficar mais funda e dificil de ser pega.
- Meu Jovem cuidado, atráz de você...
Yoshiro vira o rosto e vê a zampakutou vindo em suas costas, o garoto da uma cambalhota para tráz e quando ele completou 160° graus, ele se da de cara com a outra parte da shikai de Hikari. Yoshiro pega a zampakutou pelo punho e cai no chão, o garoto se levanta e começa a correr em direção de Hikari, quando Hikari percebe que Yoshiro não foi acertado o garoto(yoshiro) lança a shikai no rosto do próprio dono... Logo após ele diz rapido:
- Isso não vai terminar assim, Kuroi honoo no kiri (Névoa de chama negra).
Enquanto a névoa vai saindo de sua shikai o garoto da uma voadora de dois pés no estomago de Hikari, Yoshiro olha para hikari e diz:
-
Bakudou Nº4, hainawa
Uma corda de Reatsu prende Hikari, o garoto vai em cima dele e o pega pelo pescoço, o garoto usou o seikuken para flutuar. Yoshiro usa a shumpo contra ochão, Hikari estava preso e não podia se mexer e os dois estavão indo diretamente para o chão. Quando os corpos se colidem ao chão uma poeira muito alta sobe e Yoshiro some na névoa...


OBS: O modo de evaporação não foi over pois eu e meu capitão sabemos que minha chama pode fazer isso facil...


Última edição por Yoshiro Hanakimi em Sab 11 Set - 15:24, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC


Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 11 Set - 11:50

O membro 'Yoshiro Hanakimi' realizou a seguinte ação: lançar dados

#1 'd20' : 20

--------------------------------

#2 'd20' : 18
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC


Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 11 Set - 14:19

O membro 'Hikari Ukyo' realizou a seguinte ação: lançar dados

#1 'd20' : 7

--------------------------------

#2 'd20' : 3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yoshiro Hanakimi
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa


Mensagens : 441
Data de inscrição : 29/03/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
724/1000  (724/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 11 Set - 15:19

Yoshiro estava perto de Hikari prestes a fazer mais um ataque, o garoto olha para Hikari e diz:
- Desculpe-me meu caro amigo, mas quase me matou por 2 vezes, terei que avançar um pouco mais as coisas e se caso eu ver que você estará imóvel e quase morrendo, irei te levar para o CM rapidamente
[ color=white]O Garoto aponta o dedo no rosto de Hikari, e quando estava prestes a lançar um Byakurai algo frio atravessa seu corpo. O garoto fica pálido e sente o sangue escorrer pelo seu abdômen, o garoto cai no chão ajoelhado e da um pequeno vomito de sangue, o jovem com a mão na zampakutou a puxa e diz:[/color]
- Grrrr! Si-sinto muito, Ma-mas n-ão morrerei aqui. - Dizia a garoto gaguejando...- Mui-muito bem, agora serei o-obrigado a apelar...
A Reatsu do garoto sobe muito, os ventos vão contra suas costas, o jovem levanta com dificuldade e meio bambo, o garoto com o rosto enrrugado de raiva e olhos fechados diz:
- Chy-chiyudou
O garoto tem dificuldades para pronunciar o kidou mas consegue fácil... O jovem começa a ser curado aos poucos e vira para hikari e diz:
- Kuroi honoo o sakugen
Chamas em formas de laminas vão em direção ao hikari para corta-lo, esses cortes podem até arrancar uma parte de corpo mas ela é mais usada para cortar e queimar ao mesmo tempo...


Última edição por Yoshiro Hanakimi em Seg 20 Set - 19:54, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC


Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 11 Set - 15:19

O membro 'Yoshiro Hanakimi' realizou a seguinte ação: lançar dados

#1 'd20' : 13

--------------------------------

#2 'd20' : 16
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC


Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Ter 21 Set - 1:04

O membro 'Hikari Ukyo' realizou a seguinte ação: lançar dados

#1 'd20' : 18

--------------------------------

#2 'd20' : 15
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yoshiro Hanakimi
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 29/03/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
724/1000  (724/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 24 Set - 1:56

lixa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 24 Set - 1:56

O membro 'Yoshiro Hanakimi' realizou a seguinte ação: lançar dados

#1 'd20' : 20

--------------------------------

#2 'd20' : 5
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yoshiro Hanakimi
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 29/03/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
724/1000  (724/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 25 Set - 2:32

Quando Yoshiro estava prestes a lançar mais um ataque, seu amigo pede que os dois parem com o treinamento. O garoto aceita com prazer e vai sentar-se com seu amigo, logo após de alguns minutos Hikari abriu mais uma vez a boca pra falar besteiras, e o garoto só escutando, quando Hikari termina de falar Yoshiro Respira fundo olha para Hikari e Responde:
- Cara vou ser bem sincero com tigo, não está havendo nada entre nós dois, apesar de eu saber que gostas dela, eu não irei mentir, Gosto dela também, sei que ela é minha amiga mas respeito isso e não quero que nada aconteça a ela...
Yosiro espera a resposta de Hikari...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yoshiro Hanakimi
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 29/03/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
724/1000  (724/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 25 Set - 2:49

Yoshiro Engole a saliva com calma para que Hikari não descobri-se nada de errado, mas ele não tinha o que esconder de antigamente então ele disse:
- É, Bem, eu acho que só à beijei uma unica vez, antes que Kouji vira-se Vaizard, e que alguns Shinigamis mudassem um pouco, mas aquilo foi erro próprio meu, e acho que foi antes daquele incidente que vocês tiveram que ela não o conhecia, acho que essa foi a unica vez, não me lembro mais de nem uma...
O Garoto não tinha o que esconder de seu amigo, então contou o que aconteceu uma vez, mas mesmo sabendo que ele a amava...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yoshiro Hanakimi
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 29/03/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
724/1000  (724/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Dom 26 Set - 14:09

Yoshiro acha algo meio estranho nas palavras de seu amigo, ele vira-se e diz:
- Também estou achando isso... - Yoshiro olha meio torto e sério para o garoto, quando ele ia falar, ele para na hora e diz outra coisa: - Como vai você e Ayame-san?
Pergunta o garoto curioso...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Seg 27 Set - 18:15

Makkiu ouvira de longe as explosões e percebendo a reiatsu de Yoshiro e Hikari dirigi-se ao pátio.Chegando no lugar o capitão depara-se com uma devastação sem tamanho e com os (ir)responsáveis por tudo sentados num banco conversando calmamente.

-Como vai você e o seu tempo livre,Yoshiro-kun?Espero que tenha muito pois como foi você que causou esse estrago aqui é você que vai concertar.

Imediatamente o capitão percebe um certo alívio no semblante de Hikari ao qual responde com um sorriso do "estilo Unohana".

-Você também Hikari-kun.Se não começar logo vou avisar a nee-chan para subtrair os gastos do seu salário e acredite o valor de ornamentação daqui é muito caro,apesar de que sendo de família nobre voc~e deve ter como pagar tudo de uma vez.


__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yoshiro Hanakimi
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 29/03/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
724/1000  (724/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Ter 28 Set - 16:33

Yoshiro cai do banco quando escuta Hikari e Makkiu-Taichou falar sobre tudo aquilo, o garoto se levanta e diz:

- É, bom, isso não é verdade Hikari, ele nunca me torturou ele só quer ver o tulipa organizado... O garoto da uma pausa e começa a tira os barros de sua roupa que tinha ficado quando caiu... - Pode deixar eu me viro com tudo, mas se quiser ajudar eu irei ajudar em algo aqui também, isso não foi só sua bagunça sabia?

Dizia o garoto para Hikari...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Ter 28 Set - 17:28

Os dois shinigamis pareciam atraplhados.Talvez o sorriso de Makkiu os tivesse assustado.

-Yoshiro-kun tem razão a bagunça foi feita por ambos,logo vocês devem limpa-la juntos e sem a ajuda de empregados.Aliais eu não torturo companheiros shinigamis ainda mais se forem meus discípulos e por mais que não pareça fui eu quem fez esse garoto liberar a Shikai.

O capitão agora tinha seu semblante sereno,como de costume.

-Só uma coisa:quando terminarem passem no Centro Médico para cuidar de suas feridas.

O capitão retirava-se:A pausa para o almoço acabou.

Off: Os acontecidos no pátio são na trama aneriores a missão em Hueco Mundo.

P.S.Postem no centro médico.

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 26 Nov - 14:59

Citação :
- Makkiu-taichou!Sério... Desculpa por toda essa bagunça. A culpa foi minha. Eu quem pedi pra ele lutar comigo. Por favor, deixe que eu limpo tudo sozinho...



- Não se reocupe com isso Hikari-kun, os danos que vocês causaram aqui eu posso reverter em poucos segundos.Como esta é a primeira vez que acontece algo deste tipo os deixarei apenas com a advertência para que não se repita.

Makkiu continuava com seu tom calmo mas, sua voz era alta suficiente para que tento Hikari quanto Yoshiro pudessem ouvi-lo.

- A propósito, cuidarei das suas feridas agora mesmo.Elas realmente parecem as mais graves.


Diz o capitão para Hikari deixando Yoshiro a cuidar das próprias feridas.

- Desculpe-me pela forma como falei diante de Yoshiro, mas o que vou falar diz respeito apenas a você.Eu não conheço sua Zanpakutou mas, durante a luta ela relutou em lhe dar poder de forma incomum não é?Você sabe porque isso aconteceu?

Indaga o jovem Watanabe baixando sua voz de forma que apenas Hikari pudesse ouvi-lo.



__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 27 Nov - 15:21

Citação :
- Bem, Makkiu-taichou... Boa pergunta. Inusitada, na verdade. Até agora, ninguém havia se interessado pela minha zanpakutou, a não ser a Kyomi-taichou. Vamos lá...
- Isamashiimyzu, a minha Zanpakutou... Érr... Ela é bem divergente... Ela não é um. Uma parte dela é cautelosa demais, e é a que mais simpatiza comigo mas... Isso é o problema. Ela hesita muito em me conceder o poder total dela, por achar que eu posso me machucar demais. É estranho.

- Por outro lado, uma outra parte dela quer que eu lute com o meu melhor, essa parte é a que me concede a sua força em demasia. Porém, a Rimururu (a anterior) não deixa o Sogetsu agir livremente. Isso às vezes me enlouquece... Já tentei muita coisa, e até agora não fiz com que eles se unissem, que entrassem em um concenso...
É estressante...! Mas, porque a pergunta?




- Permita-me fazer-lhe outra pergunta.Se eu não conhecia sua Zanpakutou, como poderia saber que ela hesitou em lhe dar poder?Durante a luta em alguns momentos, você deve ter sentido certa dificuldade para se mover.

Makkiu então faz uma pausa mirando Hikari de forma que este entenda que o tratamento já acabara (algo simples tendo em vista que Hikari já não tinha ferimentos).

- Tenho certza que você entende o que estou querendo dizer, mas não se preocupe pois seu Reiatsu apenas não se estabilizou desde aquele dia.Em pouco tempo, quando seu Reiatsu estiver estabilizado, os efeitos colaterais despaecerão.

Dito isso, o capitão desembanha a Zanpakutou e imediantamente depois uma rajada de chamas atravessa toda a área destruida do pátio restaurando todos os danos do lugar.Por fim o capitão embanha sua espada.

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Seg 29 Nov - 11:02

Citação :
- Sim... Obrigado, Makkiu-taichou.Makkiu-taichou... Eu te peço, por favor: poderia me treinar? Eu preciso melhorar... Acabei de perceber o quanto eu preciso melhorar. Por favor, taichou... Treine-me.


- Você está assim tão preocupado para recorrer a alguém como eu?Pela forma como me encarou você deve estar preocupado por alguém ter notado esses efeitos colaterais, mas não se preocupe.Eu só não disse isto antes porque não gosto de falar sobre min mesmo, mas eu sou um Shinigami do tipo sensor e com um nível...digamos pouco comum e posso garantir que seu problema não é algo tão evidente.

Makkiu não altera seu tom de voz sereno, mas por menos que transparecesse ele estava realmente surpreso mediante o não menos que inesperado pedido de Hikari.

- Em breve pretendo estruturar uma área de combates dentro do Tulipa, apenas para lutas, sem maiores intençoes.Eu não sirvo para ser mestre, mas se quiseres...podes aparecer para lutar com o pessoal assim que a área estiver pronta.

Esta era a forma do capitão oferecer a ajuda solicitada, sem tornar-se algo que sempre julgara inapto a ser: Mestre.

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lyon
Vizard
Vizard


Mensagens : 109
Data de inscrição : 03/05/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
820/1000  (820/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Ter 30 Nov - 12:33

Em sua casa Lyon consegue ouvir o barulho que estava no patio então resolve ir lá vê o que estava acontecendo . Chegando la ele avista o Fuku Taichou do Sakura , Hikari e seu Taichou , Makkiu conversando . Lyon chega de fininho e consegue ouvir a ultima frese de Hikari.

- Hm... ! Interessante né Kari-kun está querendo furtar o meu mestre ?

Lyon se aproxima de ambos e volta a falar .

- Ohayo Makkiu-sensei ! Como está seu dia ?!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 10 Dez - 12:21

Lyon aparece e complica ainda mais a situação de Makkiu.Por que insistiam que alguém como ele era mestre de algo?Dar aulas, isso era sua função como professor, mas meste, isso Makkiu não era.

- Peço que me desculpe Hikari-kun, mas terei de negar o seu pedido.Quanto a você Lyon-kun, eu não sou um mestre, ter aprendido o Shikai foi mérito seu, eu não lhe ensinei nada.

O capitão então retira-se sabendo que distanciava-se de amigos e não apenas do local, mas ainda assim firme de sua decisão.

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
kaito-kum
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa
avatar

Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/01/2011

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Dom 23 Jan - 1:26

Kaito chega no Patio de Tulipa, com ar de felicidade e espera por alguem...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yoshiro Hanakimi
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 29/03/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
724/1000  (724/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Seg 24 Jan - 22:52

Em uma bela manhã de sol, Yoshiro Hanakimi Fuku-taichou sai de casa entediado sem saber o que fazer... Ele não estava bem o bastante para fazer aulas... O garoto começa a caminhar normalmente até que passa pelo patio de seu bantai, ele vê um shinigami novo e vai em sua direção... Chegando lá ele diz:

- Ohayo, meu nome é Yoshiro Hanakimi, Fuku-taichou desse bantai, prazer...

Yoshiro estende a mão tentando ser amigavel com o jovem...
Voltar ao Topo Ir em baixo
kaito-kum
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa
avatar

Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/01/2011

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Ter 25 Jan - 13:09

kaito esta no patio e vio alguen vindo em sua direção, que vem até ele eo comprimenta. Kaito o responde...

-Ohayo praser em conhecelo Yoshiro Hanakimi, eu sou Kaito Hatsuno

estende a mão e o comprimenta com um sinples sorriso...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yoshiro Hanakimi
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 29/03/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
724/1000  (724/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 28 Jan - 16:04

Após os comprimentos Yoshiro sente a preção espiritual do garoto e vê que está baixa(obvio para um novato no Bantai)... O jovem olha nos olhos do garoto e diz:

- O prazer foi todo meu... Yoshiro da uma pausa e desvia o olhar, e logo pergunta para o novo integrante do Yonbantai: - Você está sabendo das nossas aulas shinigmais? Não é por nada mas vejo que esta precisando de um pouco de exercicio, no começo elas são fáceis só vai dificultar quando estiver chegando no final, eu odeio hakuda, não me dou muito bem, prefiro minhas próprias estrátégias e formas de luta, não querendo dizer que eu não luto corpo a corpo, mas vamos falar um pouco sobre as aulas e Taichous...

Yoshiro respira fundo e olha para o céu vendo por onde iria começar, logo ele volta a olhar para o garoto e diz:

- Bem vamos começar... A Kyomi-taichou do bantai sakura da treinos de Shumpo, ela é bem gentil mas não pega leve em nada então é bom ficar bem atento em suas aulas... O Yui-taichou é do bantai Lirio, ele gosta de desafios e ver seus alunos se esforçando no máximo, ele da aula de Kidou e Hakuda, Hakuda é a unica arte que ele pega pesado... O Saga-taichou do bantai Camélia, ele é outro que gosta de desafios e muitas aventuras, aconselho nunca chamar-lhe de velho, apesar de ele ser um velhote ele se irrita fácil. Saga-taichou da aula de Zanjutsu, essa é a primeira arte mais usada depois de Hakuda e Kidou, mas nas classificações essa arte fica em primeiro lugar... E em fim tem o nosso Taichou o Makkiu-taichou, irmão de Kyomi Watanabe, ele é gentil, gosta de desafios, e ele é muito gente fina, mas não subestime seu poder... Makkiu-taichou da aula de Kidou também, e para nós ele da aula de cura, cura e nossa especialidade, mas eu sou bom mais em kidou, acho que um dia posso ser mestre em kidou =P...

Após Yoshiro Hanakimi ter dito tudo o que deveria, o jovem vira as costas e diz:

- Bom já vou indo, só passei para falar com você, e lhe dou um conselho... Fique de olhos bem abertos, e se tiver alguma pergunta ou sugestão pode falar agora, eu ainda posso falar com você e lhe responder o que quiser...

Yoshiro fica parado esperando a resposta de seu novo recruta...
Voltar ao Topo Ir em baixo
kaito-kum
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa
avatar

Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/01/2011

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 29 Jan - 14:26

Kaito fica olhando para Hanakimi Yoshiro, prestando atenção em tudo que ele diz.

- bom! Obrigado pelo concelho, mas não tenho perguntas a fazer, você já me explicou muito bem. Muito obrigado.

-também estol indo, como você disse, preciso de umas aulas acho bom eu ir treinar pois Logo estarei tendo aula com você. Tchau!!!

Kaito fala com ar de felicidade olhando para Hanakimi Yoshiro. Kaito da um grande sorriso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yoshiro Hanakimi
Shinigami Tulipa
Shinigami Tulipa
avatar

Mensagens : 441
Data de inscrição : 29/03/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
724/1000  (724/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 29 Jan - 14:55

Yoshiro da um sorriso de canto de boca e diz:

- Aula comigo? Vai demorar ein... Sayonara...

O garoto usa sua shumpo no máximo e some no ar deixando manchas para trás...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Abarai Renji
Imaginish
Imaginish
avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 10/10/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
250/300  (250/300)
Exp: Exp::
800/1000  (800/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Dom 4 Dez - 20:15

Vento forte em um dia claro. O patio de Tulipa estava quase vazio, poucos tulipanos recebiam a cada momento shinigames feridos que eram levados pro centro médico de cura...

Os portões do patio explodem fazendo muita fumaça. Uma reiatsu deixava o lugar pesado fazendo shinigames inferiores saírem correndo.

- Vou cumprir com meu dever! Matar o máximo de tulipamos para não ter quem cure os feridos e sair o mais rápido possível daqui!. Com velocidade e sua katana em mãos Renji sai desferindo ataques contra alguns shinigames... Renji levanta um tulipano pelo seus trajes estava prestes a mata-lo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Dom 4 Dez - 22:03

Em uma guerra os suprimentos e o suporte do inimigo devem ser os primeiros alvos atacados. Essa base estratégica mantivera-se na mente do jovem Watanabe quando a invasão dos Imaginish começou. Atecipando o ataque inimigo Makkiu envia Hinamori à floresta Ranjico sozinha, optando por ficar no aguardo do oponente que aquela altura já se dirigia ao esquadrão e que por sua excepcional habilidade sensorial o capitão já sabia quem era: Abarai Renji.

O Imaginish aparece explodindo os portões do pátio de entrada e atacando de forma bruta os Shinigamis presentes nele. Em meio a fuga dos mais inexperientes o ex-Fukutaichou agarra um Shinigami pelo Shihakusho e com sua Zanapkutou em punho prepara o golpe final, mas antes que a ofensiva fosse concluída o ar se faz pesado de uma forma anormal, um poder devastador se apodera do ambiente imobilizando o agora Imaginish, o arrastando para o chão.

- Mal aparece e já vai atacando sem nem ao menos se paresentar, que falta de educação Abarai-kun! Uma voz serena se destacava em em meio ao caos, o capitão do Tulipa entrava em combate. Capitão do quarto esquadrão unificado ao Kidoushuu, Tulipa e seu oponente, Makkiu Watanabe.

Simplesmente aparecendo o nobre parecia explicar tudo: o peso que ganhara o ar era na realidade Atsuki Reiteki, a técnica de liberação de Reiatsu que oprime, intimida e até mesmo imobiliza os oponentes de seu usuário. Com ares de impaciência o capitão faz seu movimento:

- Bakudou Nº 79 Kuyou Shibari!



Preso por Atsuki Reiteki e agora pelo Bakudou, Abarai é arrastado para longe do Shigami que o Imaginish estava para matar tornando-se alvo fácil.

- Hadou Nº 91, Senjuu Kouten Taihou!



Makkiu usara de sua assinatura de batalha, seu Kidous favorito, gerando uma enorme e devastadora explosão. Estaria o tão formal e tranquilo capitão lutando a sério?

_____________________________________________

Off: Como fiz uso de Atsuki Reiteki e Renji é de um Rank inferior ao meu, tornando a imobilização dele bem como as chances de acerto dos Kidous igual a 100% nesta rodada, limitei o rolamento de dado ao dano do Hadou.

Efeito (Bakudou): 4 turnos (imobilização)
Dano (Hadou): 46 (d50) + 30 (Bônus de Kidou Nº 91 ou superior)= 76
Pontos de vida restantes ao Renji: 174

Reiatsu: 200/300
Tejun Shunpo: 14/14
Pontos de Vida: 300/300

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.


Última edição por Narrador em Dom 11 Dez - 9:44, editado 9 vez(es) (Razão : Inclusão do dano e correção de erros de digitação/Problemas com a inclusão de linha)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Dom 4 Dez - 22:03

O membro 'Makkiu Watanabe' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'd50' : 46
Voltar ao Topo Ir em baixo
Abarai Renji
Imaginish
Imaginish
avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 10/10/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
250/300  (250/300)
Exp: Exp::
800/1000  (800/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 10 Dez - 0:10

Ordens, eu havia recebido ordens, e naquele dia auspicioso de sol eu seguia estas ordens. Não que fosse o meu costume fazer estas coisas, não obstante, eles roubaram nosso lar. E teríamos que passar dos limites se fosse necessário para recuperá-lo. E naquele momento era o que meus punhos faziam, seguiam ordens contra o meu coração, porem a favor da minha razão.

Adentrei o salão de Tulipa, não me agradava a idéia de um massacre contra aquele esquadrão da qual era o mais fraco e tinha menor chances de defesas. Mas era exatamente este o objetivo então eu o seguiria firme e de olhos e punhos fechados.

Comecei pelos primeiros que ia encontrando pela frente após ter acabado com o portão de entrada, era uma batalha inútil e enfadonha. Meu rosto estava serio e o meu maior desejo era terminar com aquilo o quanto antes. Segurava uma vitima pronto para dar o golpe final e de repente tudo mudou. O ar ficou pesado, e senti meu coração parar. Minha katana em minhas mãos travaram e não consegui terminar o serviço. Eu sentia medo, era uma pressão imensa.

“Droga! De quem é essa reiatsu?” Me perguntei fazendo um grande esforço para olhar em volta, a qualquer momento senti que minhas pernas iam ceder aquele monstruoso poder opressor.

Makkiu escreveu:
- Mal aparece e já vai atacando sem nem ao menos se paresentar, que falta de educação Abarai-kun! Uma voz serena se destacava em em meio ao caos, o capitão do Tulipa entrava em combate. Capitão do quarto esquadrão unificado ao Kidoushuu, Tulipa e seu oponente, Makkiu Watanabe.

Aquela voz inundou a minha mente, sua serenidade não me deixava mais tranqüilo, pelo contrario, fazia o efeito reverso, o medo. Meus joelhos fraquejaram e senti que ia ao chão, minhas mãos já haviam livrado a vitima que tinha corrido desesperadamente após conseguir se manter de pé, o que na verdade eu já estava começando a ter dificuldade.

-Aarrgh... –Grunhi fechando o punho e caindo de joelhos. Aquela pressão era aterradora.

Neste momento senti que o oponente se locomovia, me atacava e eu apenas sentia dor, medo e dor. Mas ainda tinha muita dificuldade em me manter, com isso não consegui fazer uma defesa, o que me deixou com raiva. Não consegui ver muita coisa, mas senti um liquido escorrer por meu corpo, era meu próprio sangue. Ainda de joelhos temendo toda aquela pressão agora eu estava ferido.

-Seu maldito! –Foi a única coisa que saiu a meu favor, eu estava paralisado e com raiva, um ódio que crescia a cada segundo dentro de mim.

“Argh! Porque você tinha que aparecer justo agora? Eu só tinha que cumprir a minha missão! Estamos aqui sendo Justus! Este é o nosso lar! Vocês tiraram isso de nós!” Pensei odiando toda aquela cena que se paralisava a minha frente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 10 Dez - 11:53

O Imaginish parecia fazer imenso esforço até mesmo para falar, sua reção, sua voz, seu olhar e seu Reiatsu, tudo expremia uma ira crescente. Uma tentativa de insulto simples e o suor se misturando ao sangue demonstrava o medo do ex-Fukutaichou, mas alguém como ele acostumado a batalhas não se irritaria tanto por um resultado e isso fazia Makkiu mergulhar em seus pensamentos.

O capitão lembrava que junto a agressividade inicial do inimigo havia também desconforto. Isso só podia significar uma coisa: havia uma razão, uma forte razão para que Abarai se submetesse aquilo tudo.

Certamente em outra situação Makkiu perguntaria que razão seria esta, certamente ele procuraria ao entender, mas havia nas ações do capitão algo a mais do que determinação para meramente cumprir as ordens de eliminar os Imaginish. Talvez fosse por isso que Renji continuasse a tremer.

- Uma luta é apenas uma luta e não adianta tentar atribui-la um sentido ilusório, mas há sempre uma razão para lutar mesmo quando essa razão é a própria luta. Falava o jovem Watanabe enquanto sua Reiatsu tomava forma ameaçadoramente. Não sei quais são os seus motivos, mas no momento em que você levantou suas mãos contra meus companheiros de esquadrão isso perdeu a importância para mim.

A forma do Reaitsu do jovem Watanabe tornava-se reconhecível: era o Hadou Nº 91, Senjyuu Kouten Taihou. Novamente o jovem Watanabe usaria a técnica que praticamente o identificava, agora já não restavam dúvidas de que ele estava sério.

- Não pense que seus atos são os únicos que carregam justiça... A serenidade se mantinha na voz de Makkiu, mas sua postura formal parecia se tornar imperativa. Senjyuu Kouten Taihou!

Um momento de mudança na voz, no olhar e na titude serena do capitão e uma nova explosão que repetia a intensidade da anterior surgia escurecendo os céus e fazendo o ar vibrar.

____________________________________________

Off: Como o Renji está aprisionado limitei o lançamente de dados ao dano novamente.

Dano: 38 (d50) + 30 (bônus de Kidous Nº 91 ou superior)= 68
Turnos de imobilização restantes:3
Pontos de vida restantes ao Renji: 106


Reiatsu: 170/300
Tejun Shunpo: 14/14
Pontos de Vida: 300/300

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.


Última edição por Narrador em Dom 11 Dez - 9:56, editado 8 vez(es) (Razão : Adição dos cálculos de batalha/Problema com a adição de linha)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 10 Dez - 11:53

O membro 'Makkiu Watanabe' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'd50' : 38
Voltar ao Topo Ir em baixo
Abarai Renji
Imaginish
Imaginish
avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 10/10/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
250/300  (250/300)
Exp: Exp::
800/1000  (800/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 23 Dez - 23:54

Toda aquela situação torradora que se estendia me causava pequenos flashes, simples infortúnios de lembranças passadas. As palavras do pequeno capitão a minha frente pareciam nobres e cheias de uma intelectualidade chata, o que de fato me irritou, ele era um tanto prepotente, claramente me lembrou um certo alguém, mas não devia julgá-lo já que o mesmo tinha peito suficiente pra poder manter a prepotência com classe. “Baka” Arfei suspirando.

Ate aquele ponto eu já não sentia medo, mas a dor era lamentável. Meu estado era lamentável. Odiei-me por estar naquele estado e não poder reagir, era um coelho branco acuado num amontoado de lama preta. Forcei novamente o corpo, as mãos, as pernas, mas ainda estavam teimosas a me responder. O pequeno “lorde” da justiça branda já se prontava para mais um ataque. Eu fechei os olhos e inspirei enchendo o peito.

“Eu não quero desistir desta luta, se houvesse uma escolha... Não, Mesmo que eu sofra sangrando eu faço e julgo pelo que acho certo, pelo que temo e pelo que gosto. Vocês tomaram nosso lar, nos traíram! Isso não é justo!” Consegui fechar as mãos em punhos relutando contra aquele poder absurdo. “Maldito seja todos vocês e suas gerações!”

-Eu não vou desistir sem tentar!... Responda-me, Zabimaru! Ajude-me! –Murmurei enquanto recebia relutante mais uma vez o ataque do jovem Makkiu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 24 Dez - 13:08

Aquela cena lembrava relatos do passado, quando o então Fukutaichou do 6º Esquadrão, Abarai Renji, lutara com seu capitão. Como nos relatos o agora Imaginish estava imobilizado, diante de ataques devastadores, em uma situação novamente causada por um nobre e sem mínima intenção de se render. A situação podia ser semelhantes, mas a diferença de poderes e o próprio resultado demonstravam ser completamente diferentes.

Devido a sua excepcional percepção espirtual, Makkiu sentia a agitação na Reiatsu de Renji e entendia o que ela significava. O jovem Watanabe entendia que o oponente fazia a última tentativa apelando à sua Zanpakutou, mas diante daquela situação aquilo parecia, não, de fato era simplesmente inútil.

- Antes que o nosso confronto chegue ao fim devo lhe dizer algo: Foi pelo incidente com o herdeiro dos Matsudaira e pelas mãos da minha irmã que o sofrimento de vocês começou. Inconcientemente, por mero hábito, Makkiu falava de forma polida, tal qual faziam todos os nobres. Vocês não tem o direito de se voltar contra aqueles que não tem relação com isso, mas tem todo o direito de odiar os 46, Genryuusai e meu clã.

Novamente o Shinigmi fecha os olhos e sua Reiatsu reassume a forma aterradora do seu ataque prefirido. Novamente o ar treme e o céu escurece diante daquela presença que de tão serena beira tenuemente a frieza.

- Mais do que isso, você tem o direito de odiar a min. O Kidou estava proto, os olhos do capitão abertos se sua figura que a distância aprentava pequena estava imperativa. Você tem o direito de odiar seu algoz... Hadou Nº 91, Senjyu Kouten Taihou.

Como anteriormente o ataque acerta perfeitamente o alvo indefeso e explode após fazê-lo. A fumaça resultante dos ataques anteriores sequer havia desaparecido e agora era intensificada por mais Reiatsu.
____________________________________________

Off:

Dano: 32 (d50) + 30 (bônus de Kidous Nº 91 ou superior)= 62
Turnos de imobilização restantes:2
Pontos de vida restantes ao Renji: 74


Reiatsu: 140/300
Tejun Shunpo: 14/14
Pontos de Vida: 300/300

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.


Última edição por Makkiu Watanabe em Sab 24 Dez - 13:13, editado 2 vez(es) (Razão : Adição dos dados e dos cálculos de dano)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sab 24 Dez - 13:08

O membro 'Makkiu Watanabe' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'd50' : 32
Voltar ao Topo Ir em baixo
Abarai Renji
Imaginish
Imaginish
avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 10/10/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
250/300  (250/300)
Exp: Exp::
800/1000  (800/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Dom 25 Dez - 14:26

-Isso é ridículo! Argh... Não posso morrer aqui! Não assim, não é justo, não tive chances de lutar! Seu cretino pare de brincar! –Rosnei para o jovem capitão a minha frente. –Tsk! Não troca esse disco?!! –Fechei os olhos com força tentando ainda inutilmente me mexer.

–Aaaaaaaaaahhhhhhh!!! –Gritei chegando ao limite quando o mesmo me atacou novamente.

O sangue de ferrugem inundava a minha boca e escorria pelo canto pingando no chão. Minhas forças já estavam no fim, mas eu não poderia desistir, mesmo que não houvesse escolha, eu sofreria ate o fim sem me entregar, porque eu sou Renji, Abarai Renji.

-Não me venha com essas ora seu... –Engoli uma parcela de sangue com saliva. –Estamos nos voltando pra ter o que é nosso por direito! Vocês tiraram isso de nós, nosso lar! Vocês são os vilões, seus malditos! Se houvesse alguém justo entre vocês não estariam neste ponto de combate, tentariam entender nossos motivos e devolveriam o que é nosso por direito. Somos os únicos, os lendários, os verdadeiros shinigamis! Cof, cof, cof... –Minha garganta ardia ao forçá-la.

- Eu gostaria de ter a simples chance de uma luta limpa e justa, mesmo que eu morresse nela, saberia que tive a chance de me defender, maldito seja! –Arfei suspirando e me encolhendo por causa de alguns espasmos musculares.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Dom 25 Dez - 17:07

Aquele confronto se arrastava com toda sua monotonia. A Dterminação de Renji se mostrava inútil e no que talvez fosse uma última tentativa desesperada o ex-Fukutaichou clamava por uma chance de efetivamente lutar.

O Imaginish se descontrolava, sua ira, sua derrota iminente, seus desejos tudo aflorava com seu sangue. Embora Makkiu só desse atenção para palavras ditas por pessoas que lhe são particularmente importante, o nobre não podia simplesmente ignorar Renji, a quem causara tantoa dor.

- Parece que a perda de sangue começou a afetar sua audição, ou talvez eu apenas tenha superestimado sua inteligência. Apesar da frase sarcástica o tom da voz do jovem Watanabe mantinha-se sereno. Não irei repetir, já lhe disse contra quem vocês tem o direito de mostrar as suas presas.

Com sua postura formal e impacível, o capitão novamente conjurava o Hadou 91. Embora toda a figura do nobre parecesse imperativa o vazio dos seus olhos tranpareciam frieza.

- Se suas existências são verdadeiras cabe apenas a vocês decidirem. Dizia o Shinigami fechando seus olhos escarlates e finalizando o Kidou que novamente escurecia os céus. Mas não pense que vou perder meu tempo com uma luta desncessária. Makkiu parecia querer manter um diálogo uma vez que poderia facilmente ofender o ponente, mas embora pudesse o nobre se negava fazê-lo. Para os Watanabe subjugar não é humilhar.

- Se queria tanto ter uma chance de se defender culpe a si mesmo por nem ao menos ter sido capaz de se manter em pé diante de mim... Hadou Nº 91, Senjyu Kouten Taihou. As palavras já não mais ecoavam, o capitão preferiria acabar com aqilo de uma vez, mas usar seu real poder era mais que desnecessário, fora de cogitação.



____________________________________________

Off: Não é do meu feitio comentar esse tipo de coisa, mas por três unidades... Seria menos irritante se os dados tivessem continuado decrescendo...

Dano: 41 (d50) + 30 (bônus de Kidous Nº 91 ou superior) = 71
Turnos de imobilização restantes:1
Pontos de vida restantes ao Renji: 3


Reiatsu: 110/300
Tejun Shunpo: 14/14
Pontos de Vida: 300/300

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.


Última edição por Makkiu Watanabe em Dom 25 Dez - 17:14, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dados
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 6548
Data de inscrição : 14/09/2009

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Dom 25 Dez - 17:07

O membro 'Makkiu Watanabe' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'd50' : 41
Voltar ao Topo Ir em baixo
Abarai Renji
Imaginish
Imaginish
avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 10/10/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
250/300  (250/300)
Exp: Exp::
800/1000  (800/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Qui 29 Dez - 22:45

O hall de entrada do esquadrão já não era o mesmo, já com algumas partes na qual eu mesmo havia destruído e outras por outras conseqüências. Não tinha uma alma viva alem do jovem capitão e eu, que pelo visto não agüentaria por muito mais tempo. Tempo, é algo precioso demais, é algo que não se deve jogar fora, tempo... Quanto tempo eu perdi em minha vida? E hoje, se sobrevivesse o quanto de tempo resgataria? Perguntas sem respostas, respostas sem sentido, numa vã consciência que tentava lutar pelo seu ultimo tempo de vida, é assim que tudo termina?...

Makkiu escreveu:
- Parece que a perda de sangue começou a afetar sua audição, ou talvez eu apenas tenha superestimado sua inteligência. Apesar da frase sarcástica o tom da voz do jovem Watanabe mantinha-se sereno. Não irei repetir, já lhe disse contra quem vocês tem o direito de mostrar as suas presas.

-Não sou eu que estou sendo afetado... É você! Se achares que eu não te ouvi, percebo que a resposta foi mutua... –Respondi arrastando as palavras lentamente. –A minha existência é verdadeira sim! A sua é que é uma mentira! Você se diz nobre? Em qual sentido? Pois o que vejo é um moleque mimado que se acha melhor que os outros, é engraçado como riqueza não compra nobreza da alma! Nunca seria um homem... Tsk! –Torci a boca num soluço e cuspi uma parcela de sangue no chão.

-Não me manter de pé... Tsk... Teme... Não sei quem lhe deu educação, mas seja quem for não era alguém descente o suficiente, porque não lhe ensinou o tato básico da vida e muito menos a ser um homem honrado e nobre. Tenho pena de você... –Neste momento Makkiu lançou seu ultimo ataque. A luta já estava ganha a desde quando havia começado.

O tempo passa, a vida anda, o mundo gira e a catraca vira, um dia ele encontrara alguém que lhe mostre estes sentimentos. Com o ultimo solavanco do ataque eu cai ao chão em decúbito dorsal, pés afastados, morte súbita! Sem suspiro, sem demora.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 30 Dez - 12:49

Como areia por entre as mãos, como o seu próprio sangue, a vida do Imaginish parecia se esvair. Novamente diante da incapacidade de fazê-lo de outra forma, Renji despejava sua raiva com palavras, hostis em grande parte, desesperadas no todo.

Muito bem poderia Makkiu simplesmente acabar com o oponente em silência tal qual poderia tê-lo feito no começo da luta se tivesse usado seu real poder, mas sendo aqueles que tanto prezava a causa do sofrimento de Abarai, o nobre não podia simplesmente ignorá-lo.

- Palavras incoerentes tanto quanto icoesas, citação de títulos que nem ao menos mencionei... entendo, eu realmente superestimei sua inteligência. Havia na voz do jovem Watanabe um tom que conivência como se ele achasse engraçado ouvir alguém que vivera menos de um século chamá-lo de moleque. Existem coisas grandes de mais para se perceber e se olhando para si mesmo pensa que está vivo por algo que não o fato de eu ter me contido, que falou e ouviu por simples vontade própria e não porque o permiti, então entendo a cegueira de suas palavras: não adianta discutir nobreza com você.

A voz do capitão estava ainda mais impascível do que de costume, ele agora estava diante do adversário claramente derrotado e isso tornava o contraste ainda maior entre ambos. Enquanto Renji estava sangrando com o corpo esfolado, Makkiu nem ao menos derramara uma gota de suor, estava ileso, enquanto Abarai tinha o olhar desesperado de quem se sente envolvido pela morte querendo viver o jovem Watanabe teinha uma olhar sereno de quem já não precisava temer coisa alguma.

- Sou um homem que há mais de um século usou todo o medo de que alguém tem direito e como tal não preciso de algo como tato. Guio a minha vida a meu modo, deixo esse tato para aqueles que não dominam o próprio destino, para os infantes. Dizia o nobre sentindo o peso de sua Zanpakutou. Quanto a sua pena, guarde-a para o fato de que suas presas jamais me alcançarão.

Julgando desecessário usar o Senjyu Kouten Taihou contra alguém naquela situação, o capitão erguia seu braço direito, seu indicador. A fumaça assustadora dos ataques anteriores ainda pairava pelos céus e embora não se esboçasse nada como aquilo o Reiatsu do jovem Watanabe ainda parecia devastador.

- Saiba que não luto, que cabe ao meu oponente lutar comigo e que se ele não for capaz de fazê-lo então não perderei tempo com ele. Se não consegue entender isso então você é indgno de falar sobre honra. A essência daqueles que combatem para proteger, daqueles que não perdem tempo quando há algo precioso em jogo. Se o Imaginish não entendia isso, então seus atos eram guiados por razãoes vazias mesmo quando ele era Shinigami. Quanto a sua existência, não me importa se ela é falsa ou verdadeira, ela simplesmente termina aqui... Hadou Nº 1, Shou.

Como que para assinalar em definitivo a absurda diferença de poderes que havia entre si mesmo e seu oponente, Makkiu usa o mais básico dos Kidous ofensivos. Um baque surdo, um espirrar de sangue, o rolar numa profusão de membros e por fim o silêncio. O combate havia terminado.

__________________________________________

Off: Como o Renji ainda estava imobilizado (chance de acerto equivalente a 100%) e o bônus de dano do Hadou Nº 1, é 3 (mesma quantida de pontos de vidas restantes ao Abarai) e portanto o simples fato de acertar meu oponente já é suficiente para derrotá-lo, dispensei o rolamento de dados. Por razão óbvia do final da luta não adicionarei os cálculos de combate neste post.

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shirami Sasaki
Vice-Capitão Lírio
Vice-Capitão Lírio
avatar

Mensagens : 306
Data de inscrição : 20/10/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
702/1000  (702/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Qua 7 Mar - 21:04

Shirami tinha passado por Tulipa sem forte motivo... A papelada no seu próprio esquadrão indicava que este jovem tinha de facto sido atribuído ao 2º... Mas o outro membro de Tulipa tinha-se limitado a pegar nele e arrastá-lo para fora, como se este tivesse perdido. Este também não parecia muito contente: Ainda assim, se Makkiu visse aquela atitude, era capaz de não achar piada.

"Elibera-l... Mă îndoiesc că această atitudine ca şi căpitanul său, este al doilea sau al patrulea...", Shirami falou com uma calma gélida, suspirando, "Se pare că ai fost transferat... Fie că, sau cineva a făcut o greşeală undeva... De aceea eu sunt aici ... Nu-mi place greseli..."

Aquele tom educado mas desprovido de qualquer emoção era normal para ela, mas nenhum dos dois a conhecia para estar habituado aquilo. Shirami esperou que o outro membro de Tulipa dissesse alguma coisa relativo à confusao nos esquadrões...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Qua 7 Mar - 21:30

Passaram-se poucos dias desde a luta contra Renji, mas já não havia qualquer marca de combate no pátio do esquadrão. Makkiu andava pelo lugar rodeado de enfermeiras às quais passava instruções enquanto caminhava.

O capitão pretendia economizar o máximo de tempo pois havia delegado a Akise-kun a missão de encontrar e trazer ao esquadrão um Shinigami que por erro de informações em sua ficha fora parar em Lírio. Antes, porém de chegar a sua sala, o jovem Watanabe nota a presença de Akise-kun no pátio, acompanhado de outro Shinigami o qual concluíra ser o novato.

O comandante médico delegava ordens às últimas enfermeiras e nota o novato puxando um outro membro do esquadrão pelo Shihakusho. Sasaki-kun aparecia a repreendia o rapaz e proximando-se o bastante para ouvir, o nobre imediatamente entende o que estava acontecendo.

- Acest loc este deschis tuturor membrilor esquadrão. Dizia com seu costumeiro tom sereno e formal. Aici este camera mea nu, dar curtea a trupelor.

A presença absolutamente calma do capitão parecia reforçar as palavras de Sasaki-kun ao mesmo tempo que dispensava sua intervenção. Dirigindo à Shirami um olhar de "há quanto tempo" o jovem Watanabe volta-se ao novato.

- Bine ai venit, eu sunt căpitanul celei de a patra esquarão unificat Kidoushuu, Tulip, Makkiu Watanabe. Cumpridas as formalidades, o nobre voltava a olhar para Sasaki-kun como que indicando que ele explicaria tudo.

Makkiu fechava os olhos dispensando o Shinigami que fora agarrado por seu Shihakusho e ao abrí-los começa a explicar a sutação:

- Houve um erro na divisão de informações. Explicava à Fukutaichou de Lírio. Este rapaz na verdade foi aprovado para o Tulipa, mas em sua ficha lhe foi indicado como local de apresentação a sala de comando de Lírio e por isso enviei um dos mais compententes Shinigamis do Tulipa, Aru Akise-kun, para trazê-lo até aqui.

Voltando-se agora para Akise, de quem sentia uma inquietação no Reiatsu, o capitão ficava em silêncio como se cedesse espaço para alguém mais falar.

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.


Última edição por Makkiu Watanabe em Qua 7 Mar - 23:19, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shirami Sasaki
Vice-Capitão Lírio
Vice-Capitão Lírio
avatar

Mensagens : 306
Data de inscrição : 20/10/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: B
Life Life:
200/200  (200/200)
Exp: Exp::
702/1000  (702/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Qua 7 Mar - 22:33

Vendo por fim o Taichou, Shirami o cumprimentou com uma vénia... Efectivamente já não o via à muito tempo, ainda antes da sua própria ausênica prolongada. Makkiu imediatamenta acalmou os animos, apresentando-se por fim a Dharta... Pela explicação do Capitão Watanabe, o Shinigami tinha de facto sido apontado para o Yonbantai, mas um erro por parte da academia tinha aparentemente resultado na informação incorrecta que Shirami tinha encontrado no seu próprio esquadrão...

"Wakarimashita...", respondeu, com um aceno afirmativo, já se mentalizando para voltar a Lirio e corrigir o erro no memorando, "Obrigada por esclarecer este assunto."

Shirami preparava para se retirar, pedindo desculpas a Makkiu pela intrusão, quando o novato de Tulipa se dirigiu a ela. Aparentemente este falava também Inglês, que era efectivamente a segunda língua de Shirami a seguir ao Japonês... Desde a infancia que seu pai tinha contractado um tutor para lhe ensinar a lingua, e ao contrário do seu Romeno, o Ingles de Shirami era bastante fluente, e um ligeiro sotaque irlandês indicava a nacionalidade do seu professor.

"It's no bother... Although i'd prefer we spoke in English in the future; if that's allright?", respondeu serenamente, dando uma pausa para o seu interlucotor responder, "Although I'm rather curious about something, if you'll indulge me... I doubt all of your teachers spoke anything other than Japanese, which leaves me wondering: With such a barrier, how were you able to successfully graduate from the academy?"

Tinha aqui a hipotese para satisfazer a sua curiosidade... Claro que nas aulas práticas, ele poderia sempre observar os demais e imitá-los, mas isso não explicava as aulas práticas, uma componente muito importante do ensino básico. Tendo reparado que até agora mais três Shinigami incluindo ela própria tinham demonstrado aptidão suficiente para linguas estrangeiras, talvês a sua idea sobre os professores da academia estivesse incorrecta. Ainda assim, não deixava de ser um promenor interessante...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kurayame Ukyo
Vice capitão- Tulipa
Vice capitão- Tulipa
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 01/09/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
840/1000  (840/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 9 Mar - 19:56

Eu estava adentrando o pátio de Tulipa, quando notei Makkiu-taichou em pé no mesmo. Fiquei parada durante uns 3 minutos, tentando tomar coragem, mas seria mais tolo ainda não arriscar fazer o que eu fui fazer.


- Makkiu-kun... - Fiz uma pausa por um momento. Não sabia muito bem como falar ou em quais palavras pensar. Fitei o chão por um momento. Vacilei, recuei, mas tomei coragem. Não queria ser rude, nem ao menos atrapalhar, mas desde a ultima aula havia algo me perturbando. Algo que perturbava o meu íntimo ou algo do tipo. - Makkiu-taichou... Poderia conversar com você?


Eu ainda evitava olhar para o mesmo, mas percebi que seria rude e fraco da minha parte. Procurando um vestígio de coragem que seja olhei para o taichou seriamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 9 Mar - 20:35

Akise-kun continuava em silêncio como se avaliasse a situação. O novato agora se dirigia à Shirami com quem passava a conversar em inglês, mas não sem antes pedir desculpas por seu comportamento ao capitão que acentia desculpá-lo fechando ambos os olhos.

O próprio Makkiu poderia agora confirmar a apresentação do Shinigami romeno e ciente disso preparava-se para voltar a sua sala, mas antes de fazê-lo o capitão nota a aproximação de uma Reiatsu que embora familiar não lhe era particularmente conhecida.

Num primeiro momento o jovem Watanabe pensara que fosse mais uma paciente e que pelo seu Reiatsu estaria apenas fazendo exames de rotina, mas a exitação e depois a aproximação da garota comprovavam não ser isso. Exitante e visivelmente sem jeito a Shinigami pedia para conversar com Makkiu.

- I seem to have matters to be dealt. Dizia o capitão ao novato e a Fukutaichou de lírio no idioma britânico, a fim de não interferir na conversa de ambos. If you'll excuse me. Dizia retoricamente virando-se na diração da garota.

Embora ela parecese visivelmente bem, havia uma sensação de incômodo na Reiatsu dela. Imediatamente o jovem Watanabe se movimenta aporoximando-se da Shinigami e se afastando dos demais, indicando que ela deveria acompanhá-lo.

- O que a está incomodando tanto? Iniciava o capitão a conversa. Eu percebi seu desconforto na aula de captura e eliminação.

A voz de Makkiu estava exatamente como de costume: serena e formal. Talvez a jovem nem tivesse percebido, mas eles já estava a uma distância da qual os demais não poderiam ouvir a conversa.

- Creio que aqui você deverá ficar mais à vontade. Dizia o nobre sentando-se em um banco que estava sob a sobre de algumas árvores. Não precisa ter pressa, tudo bem?

Que a conversa começasse sem pressão, tranquilamente. Era esse o intuito de Makkiu que deixava a garota a total liberdade de falar em seu próprio tempo.

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.


Última edição por Makkiu Watanabe em Dom 13 Maio - 0:10, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kurayame Ukyo
Vice capitão- Tulipa
Vice capitão- Tulipa
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 01/09/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
840/1000  (840/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Seg 12 Mar - 17:59

Eu ainda estava nervosa, mas também tinha um pouco de medo. Medo talvez de represálias, não sei ao certo dizer. Com coragem, tremendo por dentro e um pouco por fora, olhei fixamente para Makkiu-kun. O mesmo (acho eu), não notou meu nervosismo, e falou com outros shinigamis que estavam ali.


- Porque será que eu sinto que atrapalhei alguma coisa? - Pensei um pouco nervosa. Acabei ficando mal, por saber que atrapalhei Makkiu-kun. Então senti o mesmo me afastando dos demais.


Antes de me pronunciar eu escutei a voz do taichou. Era uma voz bem bonita por sinal. Ela me transmitia segurança. - A voz dele... - Eu fiquei hipnotizada pela mesma, então voltei a mim, antes que ele percebesse.


Eu abaixei minha cabeça. Estava com receio de olhar para ele. Assim como no começo eu estava querendo voltar, mas seria tempo perdido, tanto para mim quanto para o taichou. Com coragem eu olhei o mesmo fixamente e antes de pronunciar ouvi aquela voz linda e doce, mais uma vez.


Me sentindo mais coragem, ainda fitando o taichou, eu decidi falar...


- Makkiu-taichou, eu... Eu... - Eu ainda estava um pouco nervosa. Sentia que iria me sufocar em minhas palavras. - Me desculpa por incomodar você, taichou, mas... - Eu fiz uma pausa. Fitei o chão por um momento e voltei a olhar para ele. - É certo matarmos hollows, mesmo que os mesmos não tenha nos feito mal? - Disse aquilo como se fosse um peso em minha alma e em minha garganta. Sentia meus olhos se enchendo de lágrimas, mas não podia deixar meus sentimentos interferirem naquele momento... Não ali...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Seg 12 Mar - 22:53

A Shinigami continuava de pé, nervosa, mais do que isso, havia certo medo em seu Reiatsu. Tudo isso levou Makkiu a pensar pela primeira vez na situação ao redor: a garota havia chegado em um esquadrão no qual não conhecia ninguém e se deparado com uma pouco convencional reunião na qual além do capitão da tropa estava a Tenente de Lírio.

Colocando-se no lugar da visitante, o jovem Watanabe entendia o nervosismo e deduzia o medo como o de possíveis advertências. Antes que pudesse falar alguma coisa para tentar acalmá-la a jovem quebrava o silêncio.

- Antes mesmo que eu responda a sua pergunta devo dizer que você absolutamente não incomodou. Dizia o nobre voltando seu olhar para a Shinigami. Eu só precisava confirmar a presença do Shinigami romeno e dispensar tanto seu guia quanto a Fukutaichou de Lírio, coisas que já fiz.

Makkiu falava sentado no banco, diante da garota. Fosse em seu olhar ou tom de voz, ou até mesmo em sua postura formal, havia nada mais que serenindade.

- Você me surpreende com essa pergunta. Imediatamente após dizer isso o capitão apressa-se em completar a frase para evitar que a mesma parecesse uma repreensão. Mostra que você é racional, que não se deixa simplesmente levar pela história de violência entre Hollows e Shinigamis.

As palavras do jovem Watanabe, embora impassíveis, de certa forma lembravam uma parabenização. O vento então contribuia com sua tentativa de acalmar o lugar fazendo as folhas da árvore sob a qual Taichou e Shinigami estavam balançarem.

- Não podemos deixar os Hollows livres, do contrário aqueles que não podem se defender deles acabariam como vítimas e isso é um fato que a própria história comprova como verdadeiro. Dizia o nobre dessa vez sendo ele a quebrar o silêncio. Por outro lado se simplesmente prendéssemos os Hollows eles definhariam lentamente por não terem sua fome por almas humanas saciada, ou seja, os mataríamos de forma muito mais cruel.

Não havia sequer um Shinigami que não soubesse que um Hollow era um humano que cedeu a sentimentos negativos, que perdeu sua humanidade. Makkiu não queria lembrar isso, mas se a fome por almas era capaz de destruir a humanidade de alguém, era no mínimo lógico que fizesse sua alma definhar. Era isso que nas entrelinhas comprovava suas palavras mais recentes.

- Não vou dizer que usamos a dor que causamos a um Hollow para salvá-lo nem que estamos sendo piedosos ao matá-los rapidamente. O capitão falava sem defender "certo" ou "errado", ele falava como se apenas estivesse expondo a verdade. Na verda é contraditório que usemos e valorizemos a força para evitar um mundo onde apenas os fortes tem direito a alguma tranquilidade, mas infelizmente não há outra maneira.

Makkiu parava de falar dando espaço para a Shinigami pensar, dando espaço para a Shinigami falar, dando espaço para a Shinigami escolher a própria resposta. O jovem Watanabe fechava os olhos e desfrutava o silêncio até uma nova brisa percorrer o lugar.

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kurayame Ukyo
Vice capitão- Tulipa
Vice capitão- Tulipa
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 01/09/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
840/1000  (840/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Ter 13 Mar - 14:07

Por mais que fosse grande meu nervosismo eu queria controlá-lo. Não era legal uma shinigami tremer diante de seu taichou, imagina então contra o inimigo? Tentei ficar o mais calma possível, sem tremer, e absorvi as palavras de Makkiu-kun. Soltei um sorriso de felicidade ao saber que eu não havia atrapalhado. Por mais que esse sorriso fosse tímido, ainda era um sorriso.


Meu sorriso é tão feio.. - Pensei


Eu absorvia cada palavra que Makkiu-kun falava como se fosse um livro de aventura, no qual eu estava interagindo, entrando na história dos personagens. Diante de suas palavras um brisa tocou meu rosto. - Vento... - Pensei, enquanto ficava mais calma e sentava em um "banco", por assim dizer.


Absorvi as palavras do taichou. Por um lado eu me sentia um pouco idiota, pois ele estava certo, mas ainda sim... Algo dentro de mim... Eu não sabia dizer o que era, mas eu ainda achava injusto. Não sabia explicar...


Absorvi as palavras do taichou e ainda mais confusa eu estava me perdendo lentamente. Me perdendo para meus medos, minhas duvidas, minhas certezas e incertezas. - Makkiu-taichou... Os hollows não seriam hollows se os shinigamis purificassem a alma deles... Eles fazem aquilo por opção.. É a única maneira da vida deles, então... - Fiz uma pausa, tentando processar minhas palavras. - O correto não seria haver mais shinigamis na cidade para que evitasse de uma alma ficar assim? Digo... Eles são seres irracionais... E... E... - Eu estava me vendo totalmente confusa.


Eu me via em um grande buraco escuro, onde as perguntas em minha cabeça gritavam e questionavam. Eu já não sabia como estava meu "eu" exterior, mas meu "eu" interior gritava por silêncio, paz... Não sei ao certo dizer, mas coloquei minhas mãos sobre meus ouvidos, como quem evitasse ouvir logo. Acho que permaneci assim por um minuto, então abri os olhos e fitei o chão. - Makkiu-kun... Eu... Você... Não quero matar um ser, por mais que ele possa praticar o mal futuramente, eu... Eu não quero viver sem sentindo... - Senti meus olhos se encherem de água e logo em seguida meu rosto estava molhado... Eu falava, enquanto observava minhas lágrimas caírem no chão. - Makkiu-kun... Me ensine... Me ajude a ver sentindo em minha existência... - Eu ainda podia ver as lágrimas molharem o chão. Me sentia tremula, mais tremula que antes.


- Minha existência... Qual o motivo dela..? - Pensava, enquanto aguardava a resposta do Taichou. - Se eu não lutar por um objetivo... Qual é a existência da vida?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Ter 13 Mar - 18:18

Num primeiro momento um alívio, um sorriso tímido, depois a confusão, o medo e a timidez. Cercada por suas dúvidas a Shinigami acabava não contendo as lágrimas, lágrimas que poderiam parecer para qualquer outro um sinal de fraquesa, mas que para Makkiu representavam conciência.

O capitão agora se levantava encostando a mão direita no ombro correspondente da Shinigami e a olhava com ares de aprovação, de reconhecimento. Juntando ambas as mãos por dentro dos braços do Shihakusho o capitão começava a falar.

- Ser forte não significa esconder seus sentimentos, mas sim ter a coragem de demonstrá-los. Dizia ele sem desviar o olhar da Shinigami. Tenha orgulho das suas lágrimas, elas demonstram a sua força.


Na esperança de evitar que a Shingami se retraisse o capitão movia-se como se fitasse as folhas das árvores que eram movidas pelo vento. Sem perder a serenidade na voz o jovem Watanabe voltava a falar.

- Enquanto os Hollows surgem quase que naturalmente os Shinigamis exigem treinamento e estudo. O nobre mantinha-se contemplando a copa das árvores do pátio enquanto falava. É simplesmente impossível formar Shinigamis o bastante para evitar o surgimentos de Hollows.

Antes que aquilo parecesse uma repreensão, Makkiu voltava seu olhar para o da Shinigami. Ele não observa as lágrimas ou o vermelhos dos olhos dela que simplesmente parecia dizer "está tudo bem".

- Por isso só nos resta lutar. O capitão qubrava ao silêncio retomando seu pensamento anterior. Mas não pense que estamos apenas matando ou purificando, tenha conciência de que estamos protegendo, que esse é o sentido dos Shinigamis.

Uma nova brisa varria o lugar e o jovem Watanabe mantinha seu olhar, uma olhar que expressava mais segurança, certeza em cada uma de suas palavras.

- Você não é uma existência sem sentido. Embora o tom de voz do nobre mantivesse a serenidade, ele agora era inteiramente afirmativo. Quanto a ensiná-la... talvez fosse melhor pedir a sua capitã.


Makkiu não poderia simplesmente ignorar o pedido da Shinigami, mas também não se considerava um mestre. No máximo um razoável professor de Kidous.

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.


Última edição por Makkiu Watanabe em Ter 13 Mar - 23:10, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kurayame Ukyo
Vice capitão- Tulipa
Vice capitão- Tulipa
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 01/09/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
840/1000  (840/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Ter 13 Mar - 19:31

Eu ainda estava chorando, quando senti a mão de Makkiu-taichou sobre mim. Eu ainda fitava o chão, então escutei a voz de Makkiu-taichou e olhei para o mesmo. Fiquei escutando suas palavras com atenção e aos poucos fui enxugando minhas lágrimas, e sorrindo levemente. Um sorriso que transmitia um "Tudo bem, taichou".


Sentia a brisa do vento sobre meu rosto enquanto o taichou falava, então ele se referiu a June-san. Apertei minha veste com força e tentei não sentir aquele ódio que eu sentia quando via ou pensava na June-san.


Eu voltei a fitar o chão, não queria que Makkiu-kun notasse meu ódio e desconforto, quando ele citou o nome da mesma. Apertando minhas vestes com mais força eu tentava não expor meu ódio. - Ela.. Não.. É... A minha taichou...- Disse com raiva, enquanto apertava minhas vestes com mais força.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Ter 13 Mar - 23:45

Lágrimas secadas e um sorriso tímido surgia no rosto da Shinigami. Um sorriso que apontava que mesmo que as dúvidas ainda existissem, que mesmo que as incertezas fossem muitas e que mesmo que o medo fosse forte, nada disso era bastante para sufocar a garota. Um sorriso que indicava que ela estava bem.

Então vem a resposta, infinitamente mais acanhada em sua voz do que em seu Reiatsu. Infelizmente para a garota, Makkiu nascera com uma capacidade sensorial tão excepcional que conseguia identificar até mesmo os sentimentos das pessoas, o dela era ódio.

- Seu esquadrão não pode ser algo que não tenha taichou para você. Falava o jovem Watanabe notando que a garota apertava o Shihakusho e pelas marcas do mesmo desde que Tehtys-kun fora mecionada. Sugiro que procure uma tropa com alguém que reconheça como tal.

O comentário do nobre afastava qualquer possibilidade de repreensão à garota pelo comentário que ela fizera. Esperando que ela tivesse entendido o objetivo de seu comentário, ele retomava o assunto.

- Posso ter lhe ajudado a colocar seus pensamentos de volta no lugar, mas não posso dizer que caminho você deve seguir. Falava voltando a sentar no banco do qual havia se lavantado instantes antes. Isso é algo que você vai encontrar na hora certa.

Makkiu falava como se disses que ela não havia atrapalhado coisa alguma, que não estava atrapalhando. A própria imagem do capitão parecia lembrar aquilo que dissera no início da conversa: não precisa ter pressa.

- Nunca se esqueça que sua existência já tem sentido. As palavras soavam de forma mais leve e menos formal. E saiba que você pode mudar esse sentindo.

O jovem Watanabe mantinha-se fitando a Shinigami o que embora demonstrasse que ele estava disposto a ouvir não parecia de forma alguma parecia pedir pressa. Era como se a calma do lugar fosse aos poucos trazida por Makkiu para a conversa.

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kurayame Ukyo
Vice capitão- Tulipa
Vice capitão- Tulipa
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 01/09/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
840/1000  (840/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Qua 14 Mar - 17:40

Sentia o ódio por aquela mulher me dominando, então escutei as palavras de Makkiu-taichou. Escutei cada palavra, cada pausa e suspiro que o taichou soltava ao falar. Eu ainda apertava minhas vestes com ódio. June-san, taichou... Eu nunca aceitaria a mesma como taichou. Esperei Makkiu-kun terminar tudo o que tinha pra dizer, para então me pronunciar.


Assim que ele terminou eu balancei minha cabeça positivamente. Ainda fitando o chão eu apoiei minhas mãos no mesmo e levantei. Olhei seriamente para o taichou. Queria que ele visse as verdades em meu olhar..


- No meu esquadrão só tem um taichou.. E ele é meu Onii-san, Hikari-taichou. June-san é e sempre será uma Fukitaichou. Desculpe-me, mas... Ela traiu minha confiança... Creio que entre shinigamis deva haver confiança, ainda mais quando é do mesmo bantai... E isso... - Voltei a fitar o chão. Senti uma lágrima caindo, então olhei novamente para Makkiu-kun. - Isso é algo que June-san nunca mais terá... Não comigo...- Eu estava determinada em minhas palavras. Voltei a apertar minhas vestes, enquanto olhava com determinação para o taichou.


- Eu quero ser forte! Quero que haja motivo para minha existência.. Eu quero lutar com um proposito. Desculpe-me, mas... - Eu fiquei em dúvida se falava ou não. Fitei o chão novamente e logo em seguida voltei a olhar o taichou. - Eu nunca vi um real motivo para estar aqui... Não quero ser conhecida apenas por ser "irmã mais nova de Hikari-sama"... Eu quero fazer algo digno... Ajudar pessoas... Quero achar um motivo para viver! - Senti um exito em minha voz, então me retratei. - Desculpe por falar essas coisas Makkiu-taichou, mas.... Mesmo não sabendo qual caminho poderei seguir... Me ajude a achar um motivo... - Parei por um momento... Senti algumas lágrimas caindo, então prossegui. - Eu, Kurayame Ukyo, preciso de você! - Fitei o taichou mais seriamente. Eu poderia estar fazendo algo errado, mas não me importava com o que podiam achar. - Makkiu-taichou, deixe eu ser sua aluna? Deixe eu ser do seu bantai? - Senti meus olhos brilharem nesse momento. Logo senti uma felicidade interior, como quem estava se tornando livre e não apenas um passarinho preso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Qua 14 Mar - 23:52

A timidez dava lugar à determinação e garota se levantava fixando seus olhos nos do capitão. Em seu olhar, em seu Reiatsu, ou mesmo em suas palavras não havia mais que determinação, sinceridade e certa dose de nervosismo.

Kurayame Ukyo, apresentava-se ela mais calma, mais à vontade. Provando ser tão racional quanto o jovem Watanabe imaginara, a nobre demonstrava não aceitar ser apenas uma Shinigami, mas fora uma frase em especial que chamou a atenção de Makkiu.

"Não quero ser apenas a irmã mais nova de Hikari-sama". Aquelas palavras pareciam levá-lo para mais de cem anos no passado, para todas as ocasiões em que ele não queria ser apenas o herdeiro do clã Watanabe. Um sorriso lhe surgia com essa lembrança.

- Ukyo, não, Kurayame-kun, você não deve se desculpar por ser sincera. Dizia ainda em meio a lembranças. Sou eu que devo agradecê-la por sua sinceridade.

Makkiu agora se levantava do banco no qual estava sentado até então, ficando de frente à Kurayame. Fechando ambos os olhos ele novamente colocava as mão por dentro dos braços do Shihakusho.

- Você me lembra eu mesmo. Respondia o nobre como que dizendo que iria retribuir à sinceridade recebida. Mas quero que encontre e siga o seu próprio caminho.

Talvez aquelas palavras parecessem criar um ânimo falso, talvez desapontassem Kurayame, talvez a fizesse pensar que o jovem Watanabe estivesse lhe dizendo não. Mas era nada disso.

- Certa vez, alguém com um poder próximo do seu me pediu para entrar no Tulipa como meu aluno.Comentava o jovem Watanabe lembrando-se um pouco de qundo Tsuby havia pedido para ingressar na tropa.Pelo nível de capacida o aceitei no esquadrão, mas na época não pude o colocar em um cargo a altura nem o aceitei como aluno.

Assim como o som das folhas das árvores balançando no ar era aumentado pela brisa que percorria insistentemente o lugar, a ansiedade que aquela pergunta causaria era aumentada pela forma que o capitão escolhera para falar.

- Dessa vez será diferente. A aceitarei como minha aluna e como minha Fukutaichou.

O olhar de Makkiu fazia suas palavras soarem ao mesmo tempo como uma proposta e uma condição. O fato é que mais que aceitar umaa traferência de uma Shinigami de extremo poetencial, o capitão estava aceitando uma aluna e isso, era extremamente raro.

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kurayame Ukyo
Vice capitão- Tulipa
Vice capitão- Tulipa
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 01/09/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
840/1000  (840/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 16 Mar - 14:37

Escutei atenciosamente as palavras do taichou. Aquela voz era tão magnifica, tão sincera e verdadeira, que por um segundo eu me perdi nela. Observei cada detalhe no taichou. Por mais besta que poderia ser, eu observei.


Observei seu olhar, os gestos que fazia, os olhos em movimento, assim como a boca que estava se mexendo, enquanto sua fala saia. Com um ou dois sinais o taichou se levanta. Fiquei um pouco nervosa, um pouco envergonhada.. Fitei o chão por um instante, então soube que seria indelicadeza da minha parte não olhar para o taichou.


Com um pouco de vergonha e sentindo meu rosto mais vermelho que o normal, lentamente eu fui subindo o olhar, até chegar nos olhos do taichou. Sua voz era tão calma e serena que eu me perguntava se existia outro shinigami como ele. Makkiu-kun estava sendo o único... Continuei escutando suas palavras atentamente... - Eu..? Makkiu-kun.. Você não pode me comparar a ti.. Eu só sou apenas uma shinigami.. que por sinal muito fraca... - Pensei enquanto ele falava.


Abaixei minha cabeça por um momento e assim fiquei, até escutar suas próximas palavras. Me senti um pouco triste por aquelas palavras. Meu sonho estava indo por água abaixa... Eu teria que aprender a ser forte e quem sabe mais futuramente não poderia ser a taichou de Sakura... Makkiu-kun não iria me aceitar em seu esquadrão... Eu não iria pedir para June-san me ensinar nada... Tssk.. Eu nunca iria perdoar ela...


Eu já esperava a resposta "NÃO", era inevitável.. E por mais que minhas pernas queriam sair correndo dali eu ainda fiquei. Mesmo sabendo a resposta eu fiquei... Queria saber o motivo que faria ele escolher o "não", mesmo não podendo questionar...


Escutei, de cabeça baixa, cada palavra, cada respiração, de Makkiu-kun. Então aquilo veio como surpresa. Eu não acreditava no que acabara de escutar. Era tão real e tão enganoso ao mesmo tempo, que eu fiquei sem reação. Fitei o taichou rapidamente. Meu coração batia rápido. Senti que ele sairia pela boca ou coisa do tipo.. Senti meus olhos brilharem de emoção, e então dei conta do quão sério era aquilo.


Por mais que a excitação falasse alto eu não poderia aceitar aquilo. Fukutaichou era muito para mim. Era mais do que eu merecia. Fitei o taichou seriamente e dei uns passos para trás, como quem fosse cair. Então me segurei. Fitei o chão novamente e com coragem olhei nos olhos do taichou.


- Makkiu-kun... Isso... Isso... Isso é mais do que eu mereço.. - Eu estava tentando achar as palavras em minha cabeça e por vezes gaguejava. - Sério.. Isso... Eu acho ótimo, mas... Eu não posso. É muito mais do que eu mereço. Eu... Eu não sou boa ´para ser Fukutaichou.. Existem pessoas mais qualificadas do que eu. Pode não ser no seu bantai, mas... Em outros bantais com certeza deve haver... Makkiu-kun... Desculpe, mas... Eu não quero ser um incomodo para você.. Por mais que seja uma proposta ótima... Eu sinto que é demais para mim, quando existem pessoas que devem merecer mais que eu... - Fitei o chão novamente. Senti aquela brisa balançar meu cabelo, então volteio a fitar Makkiu-kun. Eu deveria mostrar que estava satisfeita com apenas uma mudança de bantai, ou outra coisa que ele quisera, então sorri. Um sorriso um pouco fraco, mas sorri. Tentando mostrar um "tudo bem"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Sex 16 Mar - 18:36

Da anciosidade, do nervosismo, da timidez e do medo que lhe faziam baixar a cabeça e fitar o chão à surpresa. Kurayame levantava o olhar em um movimento assustado ao terminar de ouvir a resposta de Makkiu.

Por um intante a nobre parecera nervosa até em seu Reiatsu, mas não como antes. Não havia mais aquela confusão na qual ela parecia se perder, na verdade ela sorria com o brilho que tinha nos olhos e de uma forma tal que parecia contagiante.

Logo depois, embora a animação não diminuisse nem mesmo um pouco, de surpresa a Shinigami passava a abismada. Ela chegava a andar para trás e quase cair e suas palavras explicavam porque:ela não se considerava forte o bastante.

- Não se subestime dessa forma. Intorromia o capitão enquanto o vento mais uma vez atravessava o pátio. É por achar que não merece, por achar que não está pronta que eu sei que está.

A garota parecia ainda desnorteada, sem saber exatamente o que dizer. Em contrapartida, o nobre não gaguejava, sua maneira ao mesmo tempo formal e tomada de imparcialidade fazia parecer que ele estava lendo um texto, mas a serenidade em sua figura e voz tornavam as palavras naturais demais para estarem sendo meramente recitadas.

- A meu ver você está praticamente no mesmo nível do mais qualificado Fukutaichou da atualidade. Falava com uma sinceridade que se ressaltava em seu olhar mais que o vermelho intenso de seus olhos. Na verdade, pelo seu potencial de crescimento você está em um nível até maior.

Uma nova brisa varria, dessa vez mais rapidamente, o lugar. Makkiu falava como se desse um diagnóstico, não havia sequer a menor sombra de parcialidade em sua voz.

- Acha mesmo que se fosse um incômodo eu estaria aqui conversando contigo?
Aquelas palavras diziam claramente à Kurayame que ela não era um incômodo. Confie em meu julgamento, não é demais para nem há alguém mais merecedor que você.

Provavelmente aquelas palavras pareceriam vir da irritação de alguém se não tivessem sido ditas de forma tão calma e sutil. Havia em cada uma delas mais que apenas sereninadade, havia resolução.

- Apartir de agora confio em você e irei prepará-la pessoalmente. Concluia o jovem Watanabe ao retomar sua frase. Cuidarei da sua tranferência diretamente com a Central, então posso lhe dar as boas vindas, Fukutaichou?

Era como uma troca em que um confiaria em troca da confiança do outro. O capitão nem mesmo precisava dizer que era inútil argumentar, mas ainda que isso estivesse claro, estranhamente nada parecia imposto.

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.


Última edição por Makkiu Watanabe em Ter 20 Mar - 20:52, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kurayame Ukyo
Vice capitão- Tulipa
Vice capitão- Tulipa
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 01/09/2009

Sua Ficha de Personagem
Rank: A
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
840/1000  (840/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Ter 20 Mar - 12:54

Eu ainda estava balanceada com tudo, mas após ouvir o taichou eu apenas sorri. Ainda ficava meio indecisa. Achava que o taichou estava fazendo o errado, que aquilo não era o certo.. Ouvi-lo dizer que eu estava no mesmo nível de Fukutaichou me deixou mais feliz do que antes. Mas antes que a felicidade me cegasse eu voltava à realidade.


Pensava no quão gentil o taichou estava sendo por falar tudo aquilo, então abaixei minha cabeça e escutei suas palavras. Balancei minha cabeça positivamente e voltei a olhar Makkiu. Então em uma trégua, eu sorri. Meu sorriso era largo. De ponta a ponta. Não sabia bem o que dizer, só conseguia sorrir de felicidade. Não pelo posto, mas sim por ganhar um Taichou, treinador e acima de tudo, um homem no qual eu podia confiar.


- Obrigado, Makkiu-kun... Eu ficarei honrada em ser sua aluna e serei com o maior prazer do mundo sua Fukutaichou. – Eu disse enquanto me curvava para o taichou.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makkiu Watanabe
Lendários
Lendários
avatar

Mensagens : 1473
Data de inscrição : 24/06/2010

Sua Ficha de Personagem
Rank: S
Life Life:
300/300  (300/300)
Exp: Exp::
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   Ter 20 Mar - 20:39

Novamente Kurayame se limitava a ouvir cada palavra do capitão por vezes movendo a cabeça de forma a fitar o solo. De início a resposta dela vinha em dois gestos simples: um aceno de cabeça e um sorriso, um sorriso que dessa vez não estava apenas nos olhos.

A nobre então agradecia ao jovem Watanabe, algo que ele deduzia pelo número de vezes que ela se desculpara e por sua natural gentileza, lhe ser um hábito. Agradecia com palavras, de forma polida ao citar honra e sincera ao citar prazer, mas de forma um tanto quanto desagradável ao usa se curvar.

O gesto parecia carregar um tratamento implícito de superioridade. Em resposta, Makkiu que estava próximo à Kurayame coloca suas mãos, uma em cada ombro da garota, gentilmente a levantando.

- Essa é a primeira coisa que vou lhe ensinar. Dizia o nobre em um tom que embora sereno parecia pedir atenção. Não precisa ser formal comigo.

Tão gentilmente quanto tinham levantando os ombors da garota, as mãos do capitão se afastavam. Não havia repreensão, não havia imposição, ele apenas parecia prestes a falar.

- Seja muito bem-vinda ao Tulipa e ao seu posto de Fukutaichou. Falava, provavelmente com menos formalismo e mais serenidade que o esperado. Muito bem-vinda, Kurayame-kun.

Normalmente aquilo seria uma formalidade, mas não era assim que Makkiu via. Ele sabia o quanto poderia confiar em Kurayame e sabia que era o momento de cuidar da integração dela à tropa.

- Agora é melhor que você cuide da sua mudança para os alojamentos do esquadrão. O nobre parecia dar liberdade para a garota para sair daquela já não incômoda situação.Preciso cuidar da sua promossão e logicamente da suatranferência.

Havia um tom de alerta descontraído, de despedida se aproximando e até mesmo de satisfação na voz do jovem Watanabe. Cuja postura parecia cheia tanto de segurança quanto de uma inteção de tranquilizar.

- Mas não se preocupe, como eu disse cuidarei da sua tranferência pessoal e diretamente com a Central. Começava ele a se despedir.Até o seu primeiro dia.

Fazendo ensvoaçar o Haori azul escuro de Makkiu que agora se distanciava, o vento mais uma vez percorria o lugar. O capitão por sua vez seguia para sua sala em seu passo nem lento nem rápido, apenas de forma costumeira, serena e formal.

__________________________________________


Apreciamos a beleza de uma flor no penhasco
Porque nossos pés param a beira do precipício
Ao invés de como aquela flor,
Seguir em frente em direção aos céus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Pátio de Tulipa   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Pátio de Tulipa

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Versão 3.0 - Time Break :: Cenários-